Nunca daria ciclo suficiente


6 comentários

425…

LÁ VAI ELA…

Para os crentes na RELIGIÃO DO SUSTENTÁVEL – aqueles que têm fé em tangas como a mais recente profecia “Acordo de Paris” e na “RECICLAGEM” do desnecessário – deixo a seguir uma imagem que, de forma simples, mostra que de facto ter fé em idiotices inventadas pelo animal umano (desde deuses, cristos, maomés, budas e por aí fora) não passa de desperdício de energia, recursos e ciclos…

Tal fósforo disparado em direcção ao infinito

E isto é apenas para os EUA!

E como estamos numa de ILUSÃO, temos ali a demonstração da REALIDADE quando vemos a insustentável origem “NUCLEAR” a surgir do zero e a alcançar quase 10% da mistura!

Enfim… Para os distraídos RELEMBRO que o NUCLEAR não é nem sustentável, muito menos ENERGIA VERDE!

Pronto…

Passando para coisas MAIS DIVERTIDAS!

Claramente o futuro dos RATINHOS ainda não chegou!

Anúncios


2 comentários

430…

estupidez_umanaGLÓRIA à UMANIDADE

Podem clicar na imagem para ampliar a estupidez!

De nada interessa a etiqueta que colamos aos animais umanos… “Norte Coreanos”, “Portugueses”… Naquilo que interessa realmente são todos iguais.

E desde os “tempos” idos até aos “tempos” vindos, a Umanidade continua sem evoluir.

É certo que aperfeiçoou as ferramentas incrementando assim a INSUSTENTABILIDADE.

insustentabilidade“TEMPOS” IDOS

e a gloriosa insustentabilidade dos

insustentabilidade_1“TEMPOS” VINDOS

Como não queremos regressar a “tempos” idos continuamos a fazer o que melhor sabemos fazer,

insustentabilidade_solar

Paulatinamente destruindo ecossistemas que nos sustentam a existência.

Para nos Iludirmos, achamos que vamos conseguir abandonar este calhau e ir para outro calhau… Destruí-lo!

Pode ser que tenha um SOL

planeta_desconhecidodiferente do que nos dá VIDA/MORTE!

Mas como tudo não passa de uma mera Ilusão

planeta_ollhosomos como um Ser Vivo, preso num apartamento a ser fotografado!

E assim estão os animais umanos, presos na sua degeneração.

Há instantes em que estes degenerados pensam que são seres com compaixão…

aparentemente_humanoMas a corda…

Mais valia sermos todos…

salmao


64 comentários

451…

pocahontas_tugaELECTRO-ECO-INDÍGENA!

A menina na imagem – a que tem a pena de ave espetada no cabelo – é conhecida pelo nome, Ângela Rosa.

Sei o nome da indígena apenas porque ela apareceu há uns meses atrás muito indignada relativamente há possibilidade de petróleo e gás natural começar a ser explorado junto ao seu quintal… ALLgarve!

Fiquei depois a saber que ela é fã de veículos eléctricos – até tem um!

E é sobre a ILUSÃO “Veículos eléctricos – O caminho a seguir para combater uma série de cenas!” que vos vou hoje maçar!

tesla-model-sSustentabilidade® a rodar em cima do Insustentável!

Esta é uma daquelas imagens que mata qualquer noção de ecologia!

Mas enfim…

Os amigos do sítio “Salvadores VERDES” listaram, em 2014, 11 argumentos para convencer o escravo boçal a comprar (CONSUMIR) um carro eléctrico (mesmo que não tenha necessidade de trocar o actual! Algo deveras sustentável!)…

Foram estes os argumentos:

Variedade, economia, autonomia, qualidade, preço, ambiente, marketing, desenvolvimento, investigação, descanso e  imaginação!

Vou-me centrar na parte do “AMBIENTE”, pois sempre que oiço falar sobre “alterações climáticas” oiço logo os gritos da indígena a defender o uso de carro eléctrico pois é melhor para o “ambiente” ao nível das emissões!

A indígena Ângela Rosa é contra a exploração de petróleo e gás natural nas costas do Algarve. É-o porque, em primeiro lugar, mora na zona que será afectada pelas explorações, e depois é-o porque está preocupada (acho eu) com as “Alterações Climáticas” e com os problemas de poluição!

É contra o uso do petróleo (deduzo que apenas na parte que se refere ao combustível) porque este é um dos responsáveis pelas emissões de GEE (gases efeito estufa)! E assim sendo achou que seria coerente andar de carro eléctrico!

Já relativamente ao uso do Facebook a coerência fica para depois, pois a indígena usa esta plataforma para tentar atrair mais indígenas para a sua “causa”!

Anda assim a indígena de carro eléctrico, e a promover o carro eléctrico, pois esta é, para ela, uma das importantes formas de tentar evitar as “alterações climáticas” (isto é tão ridículo que até me está a custar escrever).

Carro eléctrico… Precisa de bateria para armazenar energia!

Baterias… Nos últimos anos a indústria virou-se para as “BATERIAS DE LÍTIO”

tesla-battNa imagem podem ver o exemplar de uma bateria de lítio que é usada na marca de carros da imagem lá de cima, naquele “carro maravilha”!

Qual o impacto em termos de GEE da produção de uma bateria de lítio para o carro “maravilha” eléctrico?

“The batteries that require the most energy for their production are nickel-metal-hydride, at 90 MegaJoules (MJ) per kilogram (kg) of battery produced and lithium-ion, at 88-90 MJ per kg. This is reflected in their impact on fossil fuel depletion, with both lithium-ion and nickel-metal-hydride using around 1.6 kg of oil equivalent per kg of battery produced. These two batteries also perform the worst in terms of GHG emissions, with up to 12.5 kg of CO2 equivalent emitted for each kg of lithium-ion batteries, and 5.3 kg of CO2 equivalent for each kg of nickel-metal-hydride batteries.” tradução

Portanto as baterias de lítio são as segundas PIORES no que toca a emissões de GEE com 12,5 kg de CO2 equivalente emitido por cada quilo de bateria produzida!

E claro a parte mais divertida é que para produzir um quilo de bateria para o carro eléctrico da indígena Ângela Rosa foram consumidos 1,6 kg de petróleo por cada quilo da bateria que o carro dela usa!

E diz a indígena que é contra a exploração e uso de petróleo…

Mas nada destes dados importam! Os indígenas ECO-PERSEGUIDORES só ligam aos dados que lhes convém.

E como a indígena Ângela Rosa está tão viciada em carro eléctrico e é tão fã de tal “solução”, pode ser que tenha a sorte da vida dela e que a espectacular mega-fábrica de produção de carros eléctricos

tesla_gigafactory_2*

tesla_gigafactory_1*

tesla-gigafactoryvenha a ser construída em Portugal, e de preferência no Algarve, e de preferência bem perto do local onde a indígena mora.

Isto sim seria divertido de contemplar!

carros-electricos-ligadosE para terminar…

A ilusão afirma que havendo muitos carros eléctricos isso significará menos necessidade de consumir petróleo… e o resto da treta!

O mais recente estudo efectuado pela Agência Internacional de Energia revela que:

“Electric Cars Provide Little Threat To Oil Demand”

Neste estudo prevê-se um número de carros eléctricos em circulação no ano de 2040 a rondar os 150 milhões de viaturas. E este número de viaturas terá um impacto (insignificante) de 1.3 milhões de barris petróleo dia! Uma gota na produção diária!

Finalmente acabou a seca…

E termino com a única forma REALMENTE SUSTENTÁVEL QUE EXISTE DE DESLOCAÇÃO…

andar_e_sustentavel

Tudo o resto é conversa de indígena iludido!


Deixe um comentário

573…

futuroUM FUTURO PROMISSOR!

Pois é! Arranjar uma máscara daquelas será um feito…

O que é igualmente um feito desta nossa Gloriosa Civilização é a perpétua produção de bens (e serviços) quando não precisamos deles!

Mas o SISTEMA só se mantém “vivo” se a produção não cessar!

PRODUZIR ATÉ À MORTE

É o lema desta espécie!

A seguir imagens do ABSURDO…

excesso_18*excesso_1*excesso_2*excesso_3*excesso_4*excesso_5*excesso_6*excesso_7*excesso_8*excesso_9*excesso_10*excesso_11*excesso_12*excesso_13*excesso_14*excesso_15*excesso_16*excesso_17*

E isto é tão só e apenas com as latas sobre rodas!

Claro que para se produzir tantas e tantas latas para estarem a enferrujar ao ar temos de destruir ecossistemas, atrás de ecossistemas…

Mas pelos vistos somos incapazes de MUDAR…

E os portugueses são bem o reflexo desta incapacidade…

“As vendas de veículos novos em Portugal cresceram 33,1% no primeiro trimestre do ano, face ao ano passado, tendo sido vendidas 53.858 unidades, refere o comunicado da Associação Automóvel de Portugal (ACAP).”

Vamos lá trocar de carro, ou é melhor ir comprar uma máscara?