Nunca daria ciclo suficiente

494…

58 comentários

ERA da AREIAERA DA AREIA

Uma vaga estranha percorre nestes últimos tempos a sociedade…

É a vaga do

gordas“Deixem estar os gordos sossegados”

Desde programas televisivos a marcas de roupa, todos estão a tentar, com um empenho que considero deveras estranho, fazer passar a noção de que ser-se gordo (excesso de peso ou obesidade, as duas grandes divisões que se fazem por aí) não tem qualquer espécie de problema!

Tentam passar esta noção da forma mais estranha pois sempre que falam dos gordos falam dos maus-tratos verbais, físicos e discriminação por que passaram ou passam as pessoas que se encontram em tal situação física.

Mas estranhava ainda mais se nesta sociedade degenerada se abordasse o assunto do excesso de peso/obesidade de outra forma…

É que ser-se gordo não trás nada de bom… Muito pelo contrário!

A nível de vários tipos de cancros o excesso de peso é um dos principais factores de risco,

factores_riscoPodia referir aqui outros problemas de saúde que o excesso de peso provoca, mas nem vou perder tempo com isso, pois para quem quiser saber mais… Estudos sobre isso não faltam!

Estamos assim a assistir a uma tentativa – mais uma – de tentar normalizar o que não é normal, e para não variar voltamos a não tentar resolver o problema na sua origem.

A melhor que li nos últimos tempos foi a idiotice das aulas em pé!

Os primeiros responsáveis por existirem pessoas com excesso de peso são os progenitores.

Ainda bem que somos animais inteligentes! E como o somos daqui a nada ainda vamos ver que vão inventar um concurso televisivo onde o ganhador é aquele que conseguir ficar mais obeso!

 

Advertisements

Autor: voza0db

Louco mas Pouco!

58 thoughts on “494…

  1. Finalmente percebi qual o teu problema! Sofres de um tipo de hipermetropia intelectual (ou será presbiopia?!), uma questão de escala, portanto. Os gordos, como é difícil não os ver, consegues interiorizar a relação entre o convencionado, de forma mais ou menos aleatória, como excesso de peso e os resultados em saúde. Aquilo que precisa de um bocadinho de abstracção para perceber, como sei lá… vírus, então é porque não existe.

    A mesma ciência que não presta para provar a existência do HIV, de repente serve para provar a obesidade como epidemia. Será que usaram princípios epidemiológicos diferentes? Formulas de calculo novas com a questão dos gordos? Será que conseguiram tirar fotografias suficientemente boas para te convencer da relação entre a gordura e o cancro?

    O quê? Não?! É tudo igual! E agora já conta?! Nem precisa de fotos agora? Não posso! Converteste-te à ciência assim?! 😮

    Será que os malvados e “salafrarios” se tornaram de repente bonzinhos e merecem que os estudos sejam tidos em conta? Não haverá a hipótese de a industria farmacêutica lucrar com a padronização da beleza e do corpo?!

    Claro que há, e isso indigna-te da mesma forma, só hoje é para aqui.

    A propósito… Bom texto, esqueceste-te foi de definir o que é ser gordo, ou obeso e a partir de quanto é que é seguro. Era serviço publico. Continuação de boa conversão. 😉

    Gostar

  2. Concordo com o primeiro comentário, estás a entrar em contradição quando diz que a ”ciência oficial” não presta por exemplo para provar a existência do HIV e depois a usa quando lhe é conveniente. Existem gordinhos saudáveis sim. E existem gordos que não são.

    A epidemia moderna se dá em relação àqueles que NÃO ERAM pra estarem engordando. O fazem por razões de negligência pessoal tanto em relação à alimentação quanto em relação ao sedentarismo.

    Estes que NÃO ERAM pra estarem engordando demonstram um estado de degeneração pessoal, isto é, os organismos deles estão em estados mórbidos, sub-saudáveis. Mas sempre teve pessoas gordas, os tais ”ossos largos”.

    Não vejo razão para criticar quem quer um pouco de autoestima em um mundo onde, tu sabes bem, a moda e em especial para as fêmeas é a de ser esquelética.

    Gostar

    • Essa agora!

      Vamos lá ver se nos entendemos…

      A “ciência oficial” do dogma “O VIH é a causa da SIDA” já foi devidamente demonstrada que não tem sustentação nem científica nem sequer lógica! Depois se lesses o que já escrevi sobre o início da FRAUDE “VIH”/SIDA seja neste sítio, seja no outro (que está na mesma na rede) o próprio autor e prémio nobel da treta o menino Luc, já afirmou publicamente que nos seus trabalhos foram incapazes de isolar o eventual agente que procuravam apesar de, e passo a citar “esforços titânicos”, e tem vindo a alterar a sua retória relativamente as causas reais de existirem pessoas com sistemas imunitários deprimidos… O outro salafrário esse nem vale a pena referir pois foi acusado de fraude científica e só não foi expulso porque como é salafrário os amigos salafrários alteram as regras! Típico!

      Portanto quando uso dados que considero serem lógicos e devidamente fundamentados, não tenho qualquer espécie de problema em citar fontes e divulgá-los!

      Mas sobre esta forma recta – típica de asinus salafrário – de discutir os temas nem perco mais tempo!

      Quanto ao tema em questão…

      Para mim a degeneração é tanto para a magreza como para a obesidade! E depois se alguém se deixa influenciar por modas que por aí andam, então primeiro tem de resolver outras questões…

      “Gordinho saudável”!?!? Lá está outra tentativa de desculpabilizar o que não está equilibrado…

      Be 😎

      Gostar

      • ”Mas sobre esta forma recta – típica de asinus salafrário – de discutir os temas nem perco mais tempo!”

        Por favor, poderia falar em português*

        o que asinus salafrário significa**

        eu estou tentando entender como que as DSTs surgem, o paciente zero, o primeiro,
        se dsts não são contagiosas da mesma maneira que a gripe,
        então como que o primeiro se contaminou*

        eu acredito na possibilidade de que pessoas extremamente irresponsáveis no que tange ao seu comportamento sexual possam ser ou a se tornarem, não apenas os agentes transmissores, mas também os ”laboratórios naturais” que criam essas infecções e até já pensei em algumas ideias complementares.

        Por exemplo, faz um tempo que surgiu uma nova dst no Japão, como que isso aconteceu*

        extrema irresponsabilidade no comportamento sexual pode ser o principal agente causador de dsts, isto em seus respectivos surgimentos.

        Existem muitas possibilidades, aids mais se parece com uma sífilis aguda que qualquer outra coisa. mas aí eles dão um nome diferente.

        Isso explicaria que o primeiro portador, o paciente zero, sei lá, de um gonorreia, seria na verdade alguém que se expôs de maneira pouca precavida a outra pessoa. Também já pensei na possibilidade de incompatibilidade imunológica ou mesmo genética.

        Gostar

        • Como sempre, leste o que quis no meu comentário,
          jogou na lata do lixo aquilo que afrontou com os seus pensamentos…

          nenhuma novidade até agora…

          existem gordos saudáveis, pessoas que nascem mais cheinhas, desde que o mundo é mundo.

          e existem gordos que não são saudáveis.

          deveria ser fácil entender isso e parar de teimar, não julgo a sua crítica ao establishment que almeja lucrar com o lado insalubre da obesidade.

          mas tente apenas, se não for pedir muito, se colocar no lugar de uma pessoa que SEMPRE foi gordinha e que nunca conseguiu perder peso. o que é melhor, se penitenciar pelo resto da vida quanto a uma situação que não pediu ou viver a vida e tentando extrair o melhor disso**

          Gostar

          • Não jogo nada na lata do lixo (excepto o lixo certificado com selo ‘H’omo asinus)

            “existem gordos saudáveis, pessoas que nascem mais cheinhas, desde que o mundo é mundo.”

            Os que nascem não-saudavelmente gordos são a prole de mulheres obesas! E raros serão os bebés que nascendo gordos não nascem com problemas…

            “SEMPRE foi gordinha”… Se nunca perdeu peso foi apenas e só porque NUNCA QUIS MUDAR. Igualmente simples compreender este facto.

            E de resto voltamos ao mesmo: se nasceu gordo, foi filho de mãe gorda, logo o exemplo a seguir não é o equilibrado. De resto basta ver os inícios daqueles programas que agora estão na tal moda, de jovens gordos que querem de facto MUDAR e perder peso.

            Primeiro, conseguem perder peso. Mesmo os que já nasceram gordinhos!
            Segundo, basta observar os seus hábitos alimentares e os hábitos dos seus progenitores para nos darmos logo conta de que o problema são os pais…

            Gostar

            • “Os que nascem não-saudavelmente gordos são a prole de mulheres obesas! E raros serão os bebés que nascendo gordos não nascem com problemas…”

              Na tua basta experiência sobre o assunto, nos molhares de partos que já assististe, a partir de que peso é um bebê gordo? E que problemas são esses que os bebes gordos apresentam tão frequentemente? Problemas vários, é? Tipo, bastantes e diferenciados! Aqueles que toda a gente sabe. Diversos…

              Os teus comentários são deliciosos, típico xico esperto armado em sabe tudo! Desprezo pessoas que fazem afirmações sem sustentação só para ter o que dizer! Ou seja gentalha como tu!

              Gostar

        • Vou tentar falar português!
          ”Mas sobre esta forma recta – típica de asinus salafrário – de discutir os temas nem perco mais tempo!” traduzindo: O ‘H’omo asinus não tem um discurso coerente nem lógico, basta ler o comentário mais recente que escreveu, assim sendo perder tempo com os comentários de um asinus salafrário e inútil!

          asinus = burro
          salafrário = desonesto, rude, vil

          Muitos já sugeriram que de facto a sífilis é a candidata principal a ser a responsável pela destruição do sistema imunitário. Juntamente com a destruição da flora intestinal e danos nas paredes do intestino grosso temos um belo cenário para S.I. comprometido! E juntando à festa as drogas… Temos o cocktail perfeito!

          Eles são mudam o nome para “SIDA” se por azar o teste da treta der positivo! Se der negativo azar…

          Gostar

      • As negações de fé e os fragmentos retirados de sites manhosos que por sua vez são fragmentos de artigos que não lês na totalidade, mas que apresentas aqui como se o tivesses feito, estão muito longe de serem “provas fundamentadas”. A teorização sem conhecer a prática não tem qualquer valor. E tu estas longe de saber do que falas.

        A ignorância é como a neve a deslizar numa montanha, quanto maior a montanha, maior a bola de neve, mal de quem se deixa apanhar no caminho.

        Gostar

        • ‘H’omo asinus – Qui homo est asinus!

          “Decline in mental processes is a common complication of HIV infection”!

          Vai lá tomar as drogas HAART e reza…

          Gostar

        • Estou a ver que o Dr. Drakula anda a fazer estragos neste blog!

          Gostar

          • ‘H’omo asinus não faz estragos simplesmente porque, na realidade, ninguém o leva a sério!

            Para mim é simplesmente um salafrário disfarçado com bata-branca e autorização para prescrever drogas aos boçais que acham que ele é “médico”!

            Vem até aqui debitar as tangas do costume, dantes ainda dava para RIR, mas já nem para isso serve!

            É sem dúvida alguma um excelente exemplo de um total e absoluto desperdício de energia e matéria orgânica.

            Be 😎

            Gostar

  3. Obesidade é doença inflamatoria, logo, extremamente lucrativa pra industria farmaceutica!
    Sem falar que pra se ficar obeso precisa ingerir muito lixo industrializado disfarçado de comida! Outra fonte de lucro!

    Gostar

    • Olá Marci 😉

      Pelos vistos somos poucos a pensar assim… E muito menos a agir por forma a manter o seu organismo saudável e equilibrado!

      Be 😎

      Gostar

    • Tudo agora é doença inflamatória, dizem os desinflamáveis…

      Eu falei bem detalhado lá em cima a diferença entre nascer gordinho e de ficar gordo.

      Sim, a gordura é lucro, tudo aquilo que dá lucro é usado por estes pestilentos que estão e talvez sempre estiveram no poder.

      Gostar

  4. Santoculto, (e já agora informação para quem quiser ler) todos os adultos saudáveis, incluindo os idiotas chapados como o taawaciclos, passam grande parte da sua vida adulta com o mesmo peso ou com variações ligeiras à volta dele. Sendo que esse peso é considerado o peso padrão ou normal, para aquela pessoa.

    Existe uma tendência natural, mais uma vez em pessoas sem qualquer problema de saúde, para ganhar peso de forma consistente após o pico dos anos activos fins dos vinte até aos 30 consistente com a quebrar de actividade física, mas que volta a estabilizar num novo padrão e depois existe uma tendência para se perder peso após os 70-80 anos, à custa da massa magra, perda óssea e menos capacidade de reter água. O ganho ou a perda de peso de forma aguda é um sinal de que existe um desequilibro, fisiológico ou psicológico que é necessário ter em atenção.

    Por menos que estejam informados com os estudos científicos, com certeza já repararam que em alturas de equilíbrio físico e psíquico o peso não varia,é empírico e acontece com toda a gente. Seja para quem está nos padrões ocidentais de normalidade como quem está ligeiramente acima disso. Isto acontece simplesmente porque como tudo no nosso corpo, o peso ou a quantidade de gordura do corpo (que não é mais que energia armazenada na forma do substrato mais energético que os nossos corpos conseguem produzir) é regulada neuronal e hormonalmente. Portanto, sim existe uma larga percentagem da população que tem tendência para ter mais peso que o que os preconceitos ocidentais consideram normal, que tem grande dificuldade de perder peso, e até o tentar perder peso pode ser interpretado como o corpo como um stress/ ameaça fisiologica que leva o corpo a responder defendendo-se de forma a aumentar o limiar de normalidade de peso, podendo a curto prazo após uma dieta intensiva a pessoa não só ganhar peso que perdeu como ainda ficar mais pesado e isto pode tornar-se um ciclo.

    Portanto santoculto o conceito que leigamente falas de “gordinho de nascença” é perfeitamente adequado, mas estas a falar com uma sub-pessoa que é quadrado, que além de ter as vistas curtas é xenófobo, homofóbico completamente mal formado mal informado e mal educado. Não esperes conseguir um pedaço de compreensão daquele lado.

    Comentando só rapidamente mais uma das idiotices do taawaciclos, a noção de que filhos gordos nascem de mães gordas é ridiculo e insultuoso! (como todas as tuas afirmações para um grupo ou outro da população) Na realidade acontece precisamente o contrario. Já ouviste falar em epigenetica? Os bebes humanos durante a gestação estão a ser “programados” com as melhores ferramentas genéticas que tem ao seu dispor dentro dos limites do seu código, epigeneticamente. Isto acontece em resposta ao meio externo dos bebes que na gestaçao é as mães, a grosso modo o que acontece é que em mães magras e subnutridas, há escassez de nutrientes os bebes são programados para um ambiente hostil, estando preparados para absorver e armazenar o máximo de gordura possível, em mães sobrenutridas precisamente o contrário, bebes programados para ambientes de fartura com os limiares baixos para absorção e armazenamento. A correlação de filhos gordos com mães patologicamente gordas não se deve à genética, mas à influencia dos maus hábitos ambientais. Tiras um filho de uma mãe gorda para um ambiente com hábitos saúdaveis e ele vai ser magro com a maior das facilidades, levas um filho de uma mãe subnutrida para um ambiente de abundância e ele vai ser um balofo de primeira. Existe um estudo prospectivo feito na Holanda muito interessante sobre filhos de mães que estiveram grávidas e passaram privações durante a segunda guerra mundial que prova aquilo que acabei de falar, devias ler caso aches que preenche os teus pré requisitos apertadissimos de qualidade da ciência (ironia).

    Gostar

    • Sim, e isto pode ser visto em tribos isoladas de ameríndios aqui nas Américas ou em outros casos.

      Como eu disse,

      sim, tem muita gente que NÃO ERA PRA ESTAREM OBESAS

      e tem gente que TEM DISPOSIÇÃO PRA SE TORNAREM OBESAS MÓRBIDAS

      MAS

      existe um espectro de obesidade saudável, existe sim

      e aqueles que acusam essas pessoas de não tentarem emagrecer, de serem desleixadas, deveriam parar com isso e se colocarem no lugar delas

      elas não podem, porque é o corpo delas. Eles fazem exercícios, fazem dieta, e nada funciona, muitos até conseguem emagrecer mas depois voltam a engordar. são pessoas que já nascem gordinhas.

      Meu Deus existem tantas personagens da literatura que eram gordos, qual é o problema**

      vc tem pessoas altas e baixas

      os baixos são doentes**

      nem os anões são, ainda que necessitem de adaptações em relação à dieta e exercícios.

      vc tem magros e gordos

      magro e gordo, dentro de um espectro equilibrado,

      por que que os gordos devem ser tratados assim, de maneira verdadeiramente preconceituosa, e os magros não**

      não estou advogando por um mundo de pessoas gordas, mas de respeito a elas, especialmente as que não podem fazer nada para mudar.

      Eu acredito que tem havido uma epidemia de obesidade nas sociedades ”modernas”, sim, causadas pelos péssimos hábitos alimentares + sedentarismo.

      Gostar

    • ”Portanto santoculto o conceito que leigamente falas de “gordinho de nascença” é perfeitamente adequado, mas estas a falar com uma sub-pessoa que é quadrado, que além de ter as vistas curtas é xenófobo, homofóbico completamente mal formado mal informado e mal educado”

      Já não posso concordar com esses insultos até porque não os considero desta maneira, se a maioria das palavras abstratas precisam de contextos para que possam ser moralizadas.

      Responda-me, como que o primeiro contaminado por uma doença venérea se contaminou** ele se auto-penetrou**

      Eu sou homossexual, digamos assim, e acho os hábitos sexuais de boa parte dos homos absolutamente insalubres e perigosos, diga-se, para eles próprios. O mais correto seria de abdicarem da penetração anal e buscarem pelo prazer com o mesmo sexo via ”sexo lésbico” ou gouinage, e eu não duvidaria se a contaminação por dsts não seria reduzida dramaticamente. Apelar por um estilo de vida sexual mais monogâmico também seria de grande importância.

      Estou para concluir que o primeiro contaminado de uma DST ”o fez” com base em hábitos sexuais extremamente insalubres mais um sistema imunológico fraco para se defender de mais de uma das infecções fabricadas. Este paciente zero fabricou a dst e a partir disso se tornou também o primeiro transmissor.

      Ser ideo-diversófobo não me parece ser uma boa fobia não achas*

      Se queres convencer o seu opositor, então não deves apelar por insultos baratos. No entanto, do jeito que dizes, o mais correto seria o de convencê-lo sobre certos fatos urgentes que muitos daqueles que acusam os demais por ”fobias politicamente incorretas” negam veementemente, ao ponto da insanidade.

      Gostar

      • Santoculto não sei se acompanhas as postagens do voz0db, existe dois tipo delas. Uma o apontar do óbvio do mal geral da sociedade e era preciso ser um gajo completamente amoral para não o ver. Outro tipo de postagem é insultos gratuitos a um grupo de pessoas de cada vez, gordos, gays, pretos, profissionais de saúde, russos, americanos, tudo que seja diferente dele próprio portanto. É um gajo amargo, que só está bem atacar tudo e todos. Os insultos são para ele, o nosso “amor” é mutuo. Não dá para apelar à razão de quem não argumenta apenas tem fé em distopias.

        Essa sua questão podia aplicar-se a todos os tipos de vírus e bactérias, sejam as que causam pneumonias, ou gastoenterites, etc. O principio é o mesmo o meio de transmissão é que é diferente. Nós estamos cobertos de microorganismos, neste momento tens milhões de seres de centenas de espécies diferentes em cada cm da tua pele. É tudo um processo evolutivo, esses microorganismos apenas se foram adaptando e especializando para um ambiente muito próprio. Os agentes causadores das infecções sexualmente transmissíveis não apareceram do nada já com as características que têm hoje super especializados para aquele ambiente especifico. Puro Darwin.

        Agora o primeiro transmissor, o mais lógico é ter funcionado como dizes, é pouco provável que, seja qual for a doença, tenha aparecido em mais que um individuo ao mesmo tempo. No entanto não acredito que tivesse de existir um sistema imunitário fraco, o microorganismo terá de se ter desenvolvido em seres com a sua plena saúde, senão só seriam capazes de se transmitir para seres de igual forma imunitariamente fracos. Um ser só pode se evoluir forte se tiver de competir com adversários fortes.

        O sexo anal é propicio a provocar microabrasões que facilitam a transmissão de doenças, porque abrem buracos na mucosa que é a primeira defesa do organismo. Mas não está provado que só por si cause depressão do sistema imunitário. Álcool, drogas de abuso, stress, falta de sono isso sim pode provocar diminuição da imunidade.

        Gostar

        • Sim,

          viemos diretamente dos organismos mais simples, somos nações mutantes deles, na verdade, esta metáfora me parece absolutamente perfeita para entender a natureza de um organismo complexo.

          Sim, tanto que parei de praticar qualquer forma de sexo potencialmente perigoso.

          Gostar

          • Bem, sim é uma boa metáfora. Uma nação de clones evoluídos que convivem com milhares de outros primos afastados.

            A prevenção é sempre a melhor “terapêutica”. O essencial é que te sintas confortável com as tuas opções.

            Gostar

          • santoculto, o objetivo do Dr. H. Drakula é capturar-te emocionalmente! Ainda não percebeste isso?

            Gostar

          • santoculto, lê a intervenção do Dr. H. Drakula desde o início, e repara na tática que ele usou para te “conquistar” emocionalmente, entrando no teu cérebro sem que tu te apercebas! A velha tática dos parasitas do lado negro da força que quando querem invadir a mente do adversário para o parasitar e torná-lo em seu hospedeiro concordam com com algo que o seu opositor diz para ganhar território e confiança e assim abrir a firewall do cérebro que querem colonizar!

            Esse Drakula Mr. H. é um parasita cerebral! Cuidado!

            Gostar

            • Darkvader é mais porreiro, e em termos de cultura pop mais aproximado do que estas a falar. Compreendo a necessidade de aprovação de que falas como motivador para escrever em blogs, mas a minha atitude nunca mudou, quando discordo escrevo. Aprovação é a última coisa que procuro por aqui e tu sabes bem isso.

              Já tiveste tempo para perceber que o teu verdadeiro inimigo és tu próprio, podes personificar em mim o que quiseres mas não é assim que vais resolver o teu problema.

              Gostar

              • O que tu e lacaios como tu querem, é o fogo de Zeus! Mas sabes perfeitamente que não o vão ter! Podem julgar que o possuem mas logo vos será retirado no momento que menos esperam! Deus escreve direito por linhas tortas! O que tu procuras aqui é que determinado conhecimento relacionado com o vírus VIH, com as vacinas e com o complexo mafioso da indústria médico-farmacêutica não seja partilhado na internet! Uma das indústrias mais corruptas e criminosas à face da terra juntamente com a química e a petrolífera, e que praticamente hoje em dia alimenta toda a indústria alimentar e médica e que se alimenta do ciclo da vida e morte dos Humanos para enriquecer meia dúzia de alienígenas reptóides colon+os no topo da pirâmide!

                Gostar

                • Pois é isso mesmo, os resultados dos avanços da medicina são tão significativos que não nem há discussão. Tu não passas de um produto de uma sociedade de ócio e abundância, se tivesses de produzir o que comes para suprir as tuas necessidades básicas, a tua visão do mundo mudava radicalmente, felizmente para ti tens quem te sustente e te abra portas a tudo o resto, no entanto, a tua verborreia é apenas teórica.

                  No fundo és um cobarde e sabes disso, falas desse idílico retorno as origens mas és incapaz de abandonar o luxo a que estas habituado. Portanto, caro Pathfinder não esperes que te dê qualquer tipo de crédito.

                  Gostar

                  • A partir do momento que todos os dias morrem pessoas com doenças perfeitamente evitáveis e que já toda a gente sabe que têm cura, a medicina não passa de uma grande farsa que apenas serve para enriquecer gajos como tu, que continuam a alimentar toda essa máfia que apenas cura quando quer e quem lhe interessa curar! Se o sistema fosse saudável e humano, as pessoas seriam saudáveis e humanas! É tão simples quanto isso! Fique lá com as suas fórmulas químicas e matemáticas a filosofar quem nasceu primeiro, a doença ou a cura.

                    Os avanços da medicina avançam à medida que os problemas de saúde também são criados! É uma pescadinha de rabo na boca que a máfia a quem o Mr. Drakula serve, adoram perpetuar no mundo! O sistema encarrega-se de criar as doenças, e os bata branca criam as drogas não para curar mas para remediar! Porque eles sabem perfeitamente que a cura não existe dentro de um sistema doentio e mais tarde ou mais cedo a doença aparece novamente!

                    E mais uma vez o recurso à falácia ad hominem, atacando-me a mim para evitar discutir o assunto em questão!

                    Nós sabemos quem tu és e sabemos o que andas aqui a fazer e os cordelinhos que mexes! Tu, e os teus amiguinhos da suíça! Vocês estão TODOS sob a mira de Deus e os seus Arcanjos! Ninguém escapa da Justiça Divina e o mal que fazes a mim e aos meus, fazes a Deus! Que esta mensagem te seja bem lúcida e que se faça ecoar até ao fim dos tempos!

                    Aquilo que está a fazer é tentar obter detalhes sobre a minha vida profissional e pessoal. Mas pelo seu ataque arrogante e desesperado à minha pessoa, vejo que se deve sentir frustrado por ganhar a vida a vender droga! Ou seja, no fundo, o Dr. Drakula é um traficante de droga! Já reparou nisso?

                    O que é que o Dr. Drakula produz? Doentes? Para fidelizar clientes com as drogas que prescreve? Realmente deve ser uma frustração viver uma vida assim! E se calhar por isso é que o seu sub-consciente o manda ler este tipo de blogs, porque sabe que existe alguma verdade importante neles! Mas como a sua formatação é tão grande, o orgulho e a vaidade acabam sempre por o manter cego!

                    Gostar

                    • Onde estão localizados geograficamente a grande maioria das pessoas que morrem todos os dias de doenças curáveis? Não será em países do sudoeste asiático, onde há budistas e muçulmanos com o seu halal de haram, na China rural onde existe a medicina tradicional, na Índia com o seu induismo em África com os seus xamas do animalismo, muçulmanos. Tudo sítios onde se come pouca carne, tudo sítios onde pela sua cultura se vive em maior proximidade com a terra, até onde se anda descalço, tudo sítios pouco corrompidos pela “podridão” da sociedade ocidental. Sítios que pela tua crença deviam ser exemplos de saúde e referencias de estilo e vida, mas não o são. Em todos esses sítios morre-se muito e morre-se novo, com esperança média de vida que chega a rondar os valores da era vitoriana.

                      Portanto meu caro pathfinder, quem está a tentar disseminar tretas não sou eu és tu. Há muita coisa mal na nossa cultura ocidental, mas podes ter a certeza que gente como tu só tem espaço para existir aqui. A mensagem tem tanta credibilidade como o mensageiro não é uma falácia é um facto indissociável.

                      Gostar

                    • Todas as doenças têm cura!
                      O sudoeste asiático, nomeadamente a China, a Tailândia e a Indonésia foram colonizados pelos Colon+os, de colon! Os mesmos que entraram no Planeta pelo olho do cú, pelo Colon, daí a palavra Colonos! Os mesmos Colonos que quando descobriram o continente americano a primeira coisa que fizeram foi fazer questão que nenhum nativo sobrevivesse. Um dos seus hobbies favoritos era pendurar os nativos de cabeça para baixo e retirar-lhes o sangue!

                      Os mesmos colonos que destruíram o Continente Americano transformando as Américas num reservatório de carne Humana para usar nas suas guerras quando precisam de cometer mais uns rituais satânicos em todo o mundo para baixar a frequência planetária! E quando têm que culpar alguém culpam os Estados Unidos que foram criados para servir de bode expiatório e de mártir nas mãos do drakula que tem a sua residência entre Portugal e a Roménia!

                      Os mesmos colonos que dizimaram muitas populações nativas em todo o mundo até aos dias de hoje e que hoje querem exterminar as últimas raças nativas no Mundo, nomeadamente os Brasileiros (vírus zika), os Indianos Arianos (monsanto, herbicidas, transgénicos, construtoras, fome e vírus), a África (tentativas de colonização de 30 em 30 anos), a China (colonizada durante a guerra do ópio até aos dias de hoje para servir como a fábrica do capitalismo no mundo de mão de obra escrava e de qualidade) e a Mãe Rússia que os colonos fizeram questão de contornar as fronteiras a nível militar e económico com um dos mais ricos empresários portugueses a destruir a soberania da Polónia numa estratégia claramente militar para controlar as fronteiras com a Rússia e estrangular económicamente a Rússia afastando e dificultando as relações e trocas comerciais e políticas entre a Polónia, a Alemanha e a Rússia, ao mesmo tempo que vão contaminando a genética dos Polacos e Russos com os seus maravilhosos xenobióticos alimentares, todos eles feitos em laboratórios MILITARES, como o Dr. Drakula TÃO BEM O SABE!

                      O mesmo empresário que tenta colonizar a América Central pela COLOmbia, de Colombo, e posteriormente América do Sul, numa clara estratégia militar de Colonização Mundial! Os Colon+os a querer enrrabar todos os nativos! Até que um dia os Nativos abrem os olhos e acabam de vez com essa linhagem do diabo! Que é o que já está a acontecer na Colômbia e na Polónia, graças a Deus!

                      Estes COLON+os são os verdadeiros parasitas planetários e que têm de ser exterminados urgentemente! Ou isso, ou todos os humanos e toda a espécie de vida no Planeta Terra será colonizada pelos frutos contaminados dessa linhagem diabólica!

                      Quanto ao médio oriente e o budismo, já toda a gente sabe o que se passa no médio oriente e no Tibet. As guerras no médio oriente são actos de colonização para se apoderarem dos seus recursos e recursos humanos,. E o Tibet está a ser colonizado pelas forças comunistas chinesas, forças essas que estão a ser colonizadas pelo colonos ocidentais, reacção em cadeia. A China é um perfeito exemplo do que acontece quando os colonos ocidentais colonizam um País. Esse País torna-se num hospedeiro remotamente controlado pelo seu parasita, que o controla sem que ele se aperceba!

                      Todos os religiosos que praticam verdadeiramente os valores religiosos na pática, são claramente autênticos exemplos de saúde quer física, mental e espiritual, e evidentemente que são referências de um bom estilo de vida quer para si, quer para todos os que rodeiam essa pessoa!

                      Gostar

    • ” Tiras um filho de uma mãe gorda para um ambiente com hábitos saúdaveis e ele vai ser magro com a maior das facilidades, levas um filho de uma mãe subnutrida para um ambiente de abundância e ele vai ser um balofo de primeira.”

      Aqui está mais uma grande mentira escrita pelo imbecil formatado e letrado Dr. H. Drakula!
      Para todos vere, e reverem!

      Esta afirmação desse drakula é uma clara prova da sua má fé e que apenas está aqui com uma evidente má intenção, porque aquilo que ele afirmou é uma completa mentira que nenhum médico se atreveria afirmar! É uma falácia de falsa causa e de falsa dicotomia que pretende atribuir ao funcionamento do metabolismo de um corpo humano (engordar ou emagrecer), APENAS o seu ambiente sócio-económico, desprezando outras variáveis essenciais para uma correcta análise, como a pré-disposição genética, o estado de saúde da tiróide, a atividade cerebral (o principal causador do metabolismo), actividade física, etc, o cérebro é o órgão humano que mais energia consome quando trabalha. Se o cérebro não trabalha, ou trabalha muito pouco, essa energia acumula-se no corpo sob a forma de gordura!

      Por isso, pode-se afirmar com toda a certeza que o excesso de obesidade não é por falta de atividade física ou vidas sedentárias! Essa é a grande mentira que a sociedade anda a promover na comunicação social e que pode muito bem ter o efeito contrário, muita atividade física em pessoas obesas não traz saúde nenhuma, pelo contrário, pode provocar mazelas em todo o seu corpo que não está preparado para atividade física, provocando danos no seu sistema respiratório, cardíaco, moscular e mesmo ósseo!

      O principal agente causador do excesso de obesidade é a falta de atividade cerebral! Se a assimilação de energia sob a forma de alimentos for maior e mais rápida do que a desassimilação e a síntese das substâncias alimentares necessárias à produção de energia nos seres vivos (metabolismo), a pessoa engorda mais rapidamente do que emagrece, como é evidente!

      A sociedade desumana e alienígena de hoje tem como principal objectivo parar o cérebro das pessoas! Transformando-as em autênticos zombies que não pensam por eles próprios, não pensam, cérebro parado! Podem ler, ouvir, ver e falar, mas não pensam por elas próprias, usam ideias e padrões de pensamentos e memórias pré-concebidas de algo que já leram, ouviram ou veram nessa mesma sociedade, em revistas, televisão, jornais, livros, etc… Mas não pensam por elas próprias criando pensamentos novos e ideias únicas, individuais! É isso que faz um cérebro trabalhar, pensar por si própria, cruzar ideias e pensamentos para criar um novo pensamento!

      As pessoas já não conseguem pensar por si próprias, não conseguem sair fora da caixa, do cubo, e por isso não pensam, seguem os pensamentos de outros. Se juntarmos a este estado de hipnose colectiva, toda a porcaria que as pessoas comem, o metabolismo torna-se ainda mais lento e difícil de ser realizado no corpo humano! E agora vou usar o amigo do Dr. Drakula, o Wikipédia:

      “Todos os organismos são constantemente expostos a compostos que não podem ser utilizados no metabolismo normal e que são potencialmente tóxicos se se acumularem nas células. Tais compostos são designados xenobióticos.[87] Os xenobióticos, incluindo substâncias como drogas sintéticas, venenos e antibióticos, são desintoxicados usando um conjunto de enzimas específicas. Em humanos, estas enzimas incluem as citocromo P450 oxidases,[88] as UDP-glucuronosiltransferases[89] e as glutationo-S-transferases.[90]”

      Gostar

      • Esse excerto por onde começaste a tua exposição é o corolário de uma exposição não tem valor fora do seu contexto. Acho interessante a forma como tentas contrapor com uma enumeração de razões patológicas para a obesidade, quando se está a falar de uma tendência de engordar em indivíduos sem patologia de base. Que tipo de falácia é essa de fragmentares informação, para tentares descredibilizar o todo a partir da parte? Ou a de acrescentares assuntos não relacionados a discussão? … Na verdade não me interessa, mas é para saberes que as pessoas não são estúpidas.

        Mas gostei dessa tua dissertação, os gordos afinal têm é falta de actividade cerebral, são estúpidos portanto. Muito bom! 😀

        Gostar

        • Ah e ainda mais esta, Pathfinder diz “deturpando e fabricando os meus argumentos com essa do “wikipédia aberta o lado…”, quando não usei nem por uma única vez a wikipédia!”

          E acabas essa resposta a usares a wikipédia como referencia. Tu és hilariante. “Não usei nem por uma vez”! 😀

          Onde está a tua teoria que a wikipédia é o repositório mais fidedigno da internet? Tantas contradições meu caro, não mudaste nada… E já agora os xenobioticos que tem a ver com os gordos? É que nem sequer é relevante! Expões-te ao ridiculo e não acrescentaste nada ao assunto!

          Gostar

          • Neste último comentário usei a wikipédia, mas no anterior onde me acusou de ter usado a wikipédia, não usei!

            Já vi que tem uma fantasia qualquer com esse nome pathfinder. Não sei se já reparou mas o meu nome é: Portugal Forense.

            Gostei particularmente da sua última parte onde se faz despercebido para um dos problemas mais sérios e causadores de muitas deformações e mutações corporais, o uso de medicamentos como quem come pão! As conhecidas cestinhas recheadas de medicamentos que as donas de casa têm e guardam religiosamente!

            Eu espero que tenha noção que o Dr. Drakula ao defender este tipo de sociedade é directa ou indirectamente cúmplice de toda a criminalidade que todos os dias se comete a homens, mulheres e crianças! Mas como traficante de droga que é, não deve querer saber disso para nada, está-se nas tintas! Mas faz-se de preocupado! Para parecer bem no status e ganhar credebilidade social!

            Os xenobióticos meu caro, como bem sabe e que algumas religiões tão bem proibem, por exemplo o “monstro papão” do islão ao separar halal de haram, aquilo que pode ser ingerido e aquilo que não pode ser ingerido pois é prejudicial, são substâncias altamente nocivas responsáveis pela maior parte de deformidades e doenças! Estão presentes na maior parte da comida processada e industrializada, e que a indústria químico-farmacêutica se farta de ganhar dinheiro litaralmente contaminando a terra, os animais e as plantas e por consequências os humanos!

            Uma coisa são corpos com uma massa corporal tendencialmente para o forte, com uma estrutura óssea e muscular já geneticamente larga, outra coisa são deformações e mutações corporais ao longo da vida resultado da ingestão de xenobióticos!

            Gostar

            • De todos os médicos que conheço nenhum prescreve o que seja sem estar convicto que os beneficios superam os riscos, que é o melhor e o mais adequado para quem o procura. Mas com certeza que no teu trono a dois palmos do PC conheces a realidade melhor que eu (ironia).

              Um bocado de cultura para ti, o haram não proíbe xenobioticos, determina comida, bebida e actos que são ou não permitidos, segundo um conceitos de pureza mais ou menos aleatórios de há mais de mil anos atrás. Não é propriamente informação actualizada. Mas sim o islão não é o papão. Porque esse sou eu, e já te disse que é DarkVader!

              Gostar

              • Mais uma vez recorre a argumentos falaciosos usando a palavra xenobiótico de uma forma literal na defesa dos seus argumentos para tentar fazer crer que o haram não proíbe os xenobióticos só porque essa palavra “xenobióticos” não consta na lista dos alimentos proibidos, quando todos sabemos que os alimentos que eles proibem muitos contém xenobióticos e por isso os proibem! É o mesmo que dizer que os Indianos não têm Deus nenhum porque eles não usam nem reconhecem essa palavra!

                Todos os alimentos, naturais ou processados, são constituídos por compostos químicos, e muitos desses alimentos, naturais ou não, contêm compostos químicos estranhos ao sistema biológico do Corpo Humano, xenobióticos!

                Gostar

                • Os alimentos processados possuem muitos químicos que são prejudiciais à saúde, mas também existem em alimentos ditos naturais. Dos consumíveis que se ingere que mais possuem xenobioticos são os chás e infusões, mesmo os chamados orgânicos. Sendo os consumidores pesados de chás e outras substancias das herbanarias, uma população de risco uma condição potencialmente mortal chamada Hepatite Toxica Fulminante, em que o nome diz tudo. Portanto, nem tudo é o que parece.

                  Quanto aos muçulmanos, o seu haram foi escrito muito antes de sequer se imaginar o que eram os xenobioticos e está longe de haver uma correlação entre os alimentos proibidos e a concentração deste tipo de compostos nos alimentos. A única coisa que referem, além do impedimento de comer carne de porco, é em relação ao abate dos animais, não à forma como são criados. Sendo que este abate é feito para retirar o sangue todo do animal (que o sangue é haram), não para lhes reduzir o sofrimento ou o que seja, o único pré requisito é dar-se graças a Deus.

                  Gostar

        • Tudo tem valor e esse excerto foi escrito por si levando a crer que os aspectos mais importantes que condicionam o metabolismo são as circunstâncias sócio-económicas, e ainda por cima apresenta um estudo nazi realizado a vítimas de nazis! Infeliz exemplo mas que só demonstra a sua índole e a quem serve!

          As razões que enumerei não são patológicas! A pré-disposição genética, a atividade física e a atividade cerebral não são doenças!

          Eu não descredebilizei o todo a partir de uma parte. Eu usei essa parte do seu excerto para mostrar como esse tipo de afirmações são perigosas quando se tenta credibilizar um todo com uma parte, que foi o que tentou fazer com as falácias do apelo à autoridade (estudo científico holandês), a falácia do preto ou branco (desprezando outras variáveis para uma correcta análise), e a falácia do texas sharpshooter (em que escolheu um conjunto de dados que lhe era favorável para fazer valer os seus argumentos)!

          Quem está a chamar os gordos de estúpidos é o Dr. Drakula, não sou eu! A falta de actividade cerebral é um problema sério na sociedade transversal a todas as pessoas, gordas ou magras, com consequências na saúde muito grandes! E curiosamente, ninguém quer saber disso e este tipo de problemas não são revelados na comunicação social, porque não interessa revelar, assim as pessoas são mais facilmentr controláveis e inseridas no sistema que vocês tanto adoram defender, pudera, rico dinheirinho, trabalhem escravos, trabalhem escravos, não pensem!

          Gostar

          • O estudo não é nazi foi realizado por holandesas em 1994 através da analise durante 30 anos de dados de saúde de pessoas que nasceram durante a fome holandesa de 1944-45. Um bocadinho de cultura não te fazia mal, a ignorância é a pior das epidemias. Mas eu tenho todo o gosto em te dar acesso ao estudo para leres por ti, tem uma série de observações muito interessantes.

            https://www.academia.edu/17876575/Timing_in_Prenatal_Nutrition_A_Reprise_of_the_Dutch_Famine_Study?auto=download

            Muitas delas que só se explicam com a epigenética. Um dia ensinei-te o que eram xenobioticos, e hoje utilizas o conceito recorrentemente com este teu novo pseudónimo, vai-te informar o que é epigenética.

            A genética é muito importante, mas é o teu ambiente fetal em qual do teu património vai ser expresso após o nascimento. Penso que fui claro quando o escrevi da primeira vez, mas contigo nunca se sabe.

            Gostar

            • Só um psicopata é capaz de ler estudos realizados em vítmas! Quem gostava de fazer isso eram e são os nazis e os comunistas! Recuso-me a ler esse tipo de estudos! Eu não preciso de ler estudos efectuados a vítimas de um holocausto, muito provavelmente contra a vontade das vítimas que já não bastava terem sido usadas como carne para canhão ainda foram mais uma vez vitimizadas para servirem de cobaias em estudos científicos!

              O Dr. H. é um doente! Um Drakula, filho do diabo que apenas anda neste tipo de blogs para servir o seu mestre, o diabo a quem chama deus, e que defende o sistema do diabo, este sistema! As suas palavras neste seu último comentário emanam e imanam uma satisfação sádica, típico de um médico psicopata que adora analisar corpos de vítimas!

              Eu não preciso de ler estudos a vítimas de um holocausto para perceber quais as condicionantes do funcionamento do metabolismo num corpo! Só um doente mental precisa desses estudos e sente-se inteligente em os ler!

              Comigo é assim: Eu Sei quem vocês são, sei o que andam aqui a fazer, e sei que têm ligações com a Suíça, e fico-me por aqui, não me vou alongar mais! Vocês têm de ser expostos até ao tutano, até que todo o mundo saiba quem foram os principais causadores e financiadores de todos os holocaustos no Planeta Terra, desde o extermínio dos nativos, a inquisição e o holocausto do pobo Hebraico, foram os COLONOS! Os Povos Nativos e o Povo Hebraico foram dizimados para análise e estudos científicos por pessoas como o Dr. H. Drakula que adoravam estudar os seus cérebros e o seu sangue para estudar a sua genética!

              Agora percebo porque existem entidades extra-terrestres espiritualmente e tecnologicamente avançadas que querem destruir a internet, eu nem imagino as experiências horríveis que drakulas como o Dr. H. andam a cometer aos animais, à natureza e aos Humanos em nome da VOSSA ciência!

              Vocês têm de ser expostos como aquilo que realmente são! Vocês não são inofensivos e só aqui andam com linguagem aparentemente “inofensiva” e “inteligente” para tentar desacreditar quem anda a expor para todo o mundo conhecimento importante, principalmente para o Povo Brasileiro, esse monstro Nativo adormecido!

              Gostar

              • Estudos em vitimas do holocausto contra à sua vontade? Essa é boa, olha que já vi muita coisa estupida neste blog mas tu superas. Não são vitimas de holocausto mas sim filhos de mães grávidas durante a fome imposta na holanda durante os últimos anos de guerra. Medir o peso de um grupo de pessoas e estudar os seus registos médicos para perceber se as condições no inicio da vida intra uterina predispõe para certos tipos de doenças, fazem destas pessoas cobaias. A não ser que tenhas alguma coisa a dizer sobre os efeitos maléficos de uma balança. LOL

                Estou a ver que o tratamento não te mudou coisa nenhuma continuas o mesmo paranóico. Não te esqueças do chapéu de alumínio…

                Gostar

  5. E mais, pois acho de absoluta validade as críticas feitas pelo blogueiro, não exatamente em como que ele critica, tenho opiniões discordantes dele, mas pelo próprio ato. Está e sempre esteve tudo errado, por que não criticar** mais do que necessário, indispensável.

    Gostar

  6. O que se passa neste blog é uma hipocrisia, não passa de criticar pela critica com uma postura que ela própria é deleteria, para que escreve e para quem lê.

    O mundo está mal, mas não é com azedume que as coisas mudam. Não é a fazer acusações sem fundamento, insultar gratuitamente e a pôr em causa a integridade pessoal e profissional das pessoas que não concordam com o que aqui é escrito, que se trás bem ao mundo. Isto não é postura de um ser que se acredita decente e que se acha moralmente superior. Este sub homem que tem por aqui o seu pouso é um misantropo que não gosta de ninguém e pior nem dele gosta.

    Neste caso do HIV, e relacionados com a saúde em geral, que são os únicos que comento, o azedume deste merdas é tal que chega a ser perigoso, difunde informação repassada e enviesada, sobre um assunto em que não percebe nem a teórica nem a prática. Nem por ouvir falar ou por conhecer alguém com o problema. O HIV existe e é um problema, a melhor arma é a prevenção e quem diz o contrário só pode ser idiota. O que neste caso concreto nem é uma hipótese é mesmo um facto.

    Gostar

    • Eu acho que ele acredita que não existe tal coisa como vírus HIV, que se consistiria em um combo de hábitos muito ruins que produziria o vírus. Bem, poderíamos imaginar algo parecido para quase todas as doenças sexualmente transmissíveis, de acordo com aquele ”meu” pensamento, do ”paciente zero”. Sida e sifilis são bem parecidas, enfim…

      As nossas enamoradas elites mentem tanto e há tanto tempo, que é difícil crer em qualquer coisa que dizem e alguns seguirão outros caminhos. Eu não perco o meu sono em relação ao dogma ou não do ”hiv”, em outras palavras, não ligo se é vírus ou não, o que mais importa são os bons hábitos, é a prevenção.

      Sim, eu concordo que um excesso de azedume, pra lá de comum dentro do mundos dos outsiders, tende a não ser produtivo, mas é aquelas, vivemos em um mundo extremamente hipócrita em que se tenta calar a boca das pessoas, como se fossem adestradas (e de fato são) , é preciso ter algum espaço pra respirar e extravasar.

      No mais, uma das razões para blogues como este e o meu por exemplo, terem poucos visitantes é justamente pelo tal azedume. Mas é difícil florear algo que não tem de ser feito. Quando adentramos na hiper realidade de nossa realidade, isto é, na realidade da realidade, é difícil não se revoltar e passar a alimentar este sentimento.

      O ser humano é absolutamente falho.

      Gostar

      • A tua hipótese parte do principio de que o sexo anal (que é o que usas como exemplo é deleterio), o que não faz bem só por si. Mas para isto coloco-te uma hipótese que já coloquei neste blog, achas que dois homens ou um homem e uma mulher, completamente saúdaveis sem qualquer doença mas que apenas praticavam sexo anal, achas que só por si causava SIDA?

        Outra premissa que não tomas em consideração, é que até haver a irradiação dos derivados de sangue e o controlo (com exactamente as técnicas de diagnostico que o voz diz não servirem para nada) dos dadores de sangue, um dos maiores grupos de risco para SIDA deixou de o ser, que eram o hemodializados e os receptores de transfusões.

        Nos anos 90 aqui em Portugal, uma ministra da saúde permitiu a importação de lotes de derivados sanguíneos vindos da Suiça (se não me engano) que não foram sujeitos a este controlo, mesmo depois de se saber da existência do vírus HIV. Ela ignorou os avisos e infectou umas centenas de pessoas, muitas das quais já morreram precisamente com SIDA, infectadas por um vírus que “não existe” sendo que o único habito deleterio que tinham era insuficiência renal…

        Cada um acredita naquilo que quiser mas quando se fala do que não se conhece diz-se muita idiotice. E nest.e caso concreto esta criatura filtra muito cuidadosamente no que acreditar.

        Gostar

        • *A tua hipótese parte do principio de que o sexo anal (que é o que usas como exemplo) faz mal só por si.

          (É o que dá tentar fazer várias coisas ao mesmo tempo, depois sai destas coisas sem nexo)

          Gostar

Escreve um pensamento... E não te preocupes com nada! Tens neste espaço liberdade total para escreveres o que te apetecer e como te apetecer! Sem restrições!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s