Nunca daria ciclo suficiente

669…

17 comentários

AIDS-2014_0

Acabou um CIRCO…

Mas felizmente que outros continuam… Há que manter a MANADA entretida e distraída!

bolhas_circos

E neste caso as tendas do circo (não importa qual índice) estão a ser insufladas com potentes máquinas… Tão potentes que até já ultrapassaram os anteriores níveis de ruptura

SPX_bolhas_1995_2007_201xNesta imagem podem observar os níveis de ruptura das bolhas do índice SPX500!

A da “internet e novas-tecnologias” rebentou com espectáculo em 2000…

A do “subprime” ou do imobiliário (como for do mais agrado) rebentou em 2007… E cá na Burgo viu-se a beleza que foi, e está a ser…

A actual que denomino de “dividas soberanas afagadas por bancos centrais com tx juro zero (ou a tender para zero)) e que irá rebentar dentro em breve! Máximo dos máximos 2017 (Um ciclo de 10 anos é dose!)…

Portanto, comprem já um bilhete de camarote para assistir a este CIRCO, comparado com o do outro dia aqui referido… Bem, nem se compara!

Advertisements

Autor: voza0db

Louco mas Pouco!

17 thoughts on “669…

  1. Tu me fizestes pensar sobre uma cousa…

    Toda a doença contagiosa é causada por infecção. Como pode ser possível que as DSTS possam ser transmitidas de pessoa para pessoa se, acredita-se que elas sejam causadas por patogenia, ou seja, por infecção de bactérias e vírus**

    Porque aí aparece uma dúvida, como o primeiro indivíduo, de uma série, pegou o vírus ou uma bactéria responsável por DSTS**
    De quem ou melhor dizendo, como ele se contagiou**

    Ou será que toda a DST tem um par de contaminados nos primeiros casos***

    Está conseguindo entender o que eu estou tentando lhe dizer*

    Gostar

    • Olá!

      😆 acho que erraste o alvo! Este comentário seria na msg anterior, mas sem stress!

      Para já tens que definir o que entendes por DST?

      Para o CDC o “VIH/SIDA” não é uma STD “http://www.cdc.gov/std/hiv/default.htm”, eles são finos no que toca a isto!

      Apenas fazem referências como
      “Having an STD can make you more likely to get HIV.
      If you have an STD, make sure you get tested for HIV.
      If you have an STD and are also HIV-infected, you will be more likely to spread HIV to your sex partner(s).”

      Associam sempre o tal do “VIH” a outras STD, nunca afirmam isoladamente que o “VIH” é uma STD! Também dadas as probabilidades seria algo estranho afirmarem tal coisa!

      Quanto à questão da origem inicial do agente infeccioso, hoje em dia serão resultado das alterações do seu genoma por reacção às alterações dos meios onde tentam sobreviver…

      Até pode ser um pedaço do teu genoma que produziu um rna e o soltou no teu sistema!

      Gostar

      • Oops, desculpe-me!!

        Huuum, o que é uma STD* (sexual transmissive diseases*)

        Então, eu não entendi, vou exemplificar…

        uma criança que pega catapora por exemplo. Um agente infeccioso no ar invade o organismo dela, especialmente em períodos de suscetibilidade, como sistema imunológico mais fraco (e eu suspeito que também por predisposição genética, eu por ex, nunca peguei catapora ou sarampo, mas já peguei caxumba). Então temos o agente infeccioso, mas sem vetor, porque catapora não é como a dengue, as possíveis suscetibilidades biológicas, sistema imunológico fraco mais predisposição. Temos agente infeccioso, o vírus ou a bactéria e a criança.

        Como um indivíduo pode pegar gonorreia sem relação sexual***… se para que ocorra uma cadeia de infecções, seja necessário que um primeiro tenha adquirido a doença*

        Em outras palavras, sexo homossexual sem camisinha com dois indivíduos saudáveis pode fazer surgir uma dst**

        É o que estou tentando entender…

        Gostar

        • se o sexo homossexual não incluir penetração não há perigo para nenhuma das partes!

          Agora a questão que colocas… Se o sexo homossexual incluir em ambos os casos (McM/FcF) penetrações anais então existe o risco de a bicharada que naturalmente existe na flora intestinal (e que ajuda o nosso sistema imunitário) vazar para o sistema sanguíneo então, depois, tudo pode acontecer! E acontece!

          Se se fizer uma única vez sexo com penetração do orifício não sexual – Ânus – só para sentir algo de diferente, não acho muito plausível que tal perturbação provoque danos de maior!

          Agora se se passa a utilizar o orifício não sexual, como órgão sexual, e metes de tudo um pouco por ele adentro (na época de 1980 era moda na comunidade masculina gay do USA o uso do “fisting”+drogas potenciadoras de sensações, com vários parceiros e dezenas de vezes por semana, está devidamente relatado em várias literaturas sobre o tema) então estás mesmo esperando pelo troco!

          Se depois as bactérias/vírus que existem no meio intestinal se modificam por forma a sobreviver e se adaptam para serem facilmente transmitidas aquando do contacto sexual, é sempre uma possibilidade!

          Gostar

          • Sim. interessante, está ficando cada vez mais claro pra mim que estas tais doenças, em sua maioria, não são o resultado de patogenia clássica, ou seja, com a transmissão por um vetor como no caso da dengue ou de transmissão direta como no caso da catapora.

            Gostar

          • Mesmo com camisinha*

            Eu acredito que o condom tenha alguma serventia, inclusive para o sexo anal heterossexual.

            Gostar

            • o problema não é com/sem preservativo… O problema são os danos efectuados nas paredes intestinais do penetrado!

              Gostar

              • Bem, mas aí é que Kid Bengala né,kkkkkkkkkkkk

                Sim, interessante. Bem, tem uma prática chamada de ”boundage”. Acho que é assim que se chama.

                Eu não sei se posso concordar com vc porque sexo anal é muito comum mesmo em casais heterossexuais…

                Para que se provoque uma ferida na parede intestinal é importante que a penetração seja profunda, mas se não for, as chances disto acontecer serão bem menores.

                Gostar

                • Uma micro-fissura é suficiente para a bicharada que existe no intestino passar para o lado de dentro!

                  “Eu não sei se posso concordar com vc porque sexo anal é muito comum mesmo em casais heterossexuais…”

                  Não precisas concordar comigo… Basta olhares para os dados!

                  Gostar

                  • Eu acho que é um pouco mais complexo do que apenas isso. Tal como no caso das doenças infantis típicas, algumas pessoas estão biologicamente predispostas para contrair caxumba enquanto que a maioria estará predisposta para contrair catapora ou sarampo. Por exemplo, aqui no Brasil temos o caso do cantor Ney Matogrosso, homossexual assumido e que já passa dos seus 60 anos. Deu muito a bunda, inclusive sem camisinha. Supostamente ele tem genes que o protegem da contaminação por DSTS. Bem, eu não sei se ele tem se prevenido usando camisinha ou evitado a promiscuidade. O que eu sei é que já deu muito a bunda e nunca pegou nenhuma doença.

                    Por esta lógica, apenas um único exemplo é um contraponto substancial contra esta teoria de que a penetração poderia ferir as paredes intestinais e criar o ambiente para a SIDA. Se pensarmos desta maneira, então as mulheres também teriam muito mais chances de contrair dsts, isso sem levar em conta que a vagina é uma área de grande fluxo, inclusive sanguíneo,obviamente. Mas isso não acontece.

                    Eu sim que ferimentos no anus, podem provocar alguma coisa, mas eu acho que DEVE haver uma suscetibilidade específica pra isso.

                    Por exemplo, uma pesquisa não sei onde ou quando, mostrou que os homossexuais canhotos eram mais prováveis de contrair aids. Eu penso não só em canhotos mas também nos africanos subsaarianos… ambos com maior quantidade de mutações, a maioria delas, deletérias. Algo a se pensar.

                    Gostar

                    • Como é que sabes se o matogrosso tem ou não DST’s?!? A ficha médica dele é pública?

                      Quanto à questão dos canhotos! Bem… Na teoria “VIH/SIDA” tudo serve! Até gajos com cabelo preto foram escolhidos por motivos de aferição do nível de droga absorvida!

                      Gostar

                    • Ué, Ney foi namorado do Cazuza. Ele tem o vírus da Aids ou não tem, só sei que o seu passado foi especialmente nos anos 80, quando a promiscuidade comia solta entre os gays, ainda hoje, mas aquela época foi a primeira onda de promiscuidade já com o conhecimento público quanto às DSTs.
                      E ele concebeu uma entrevista, que eu vi inclusive, dizendo justamente que ”tem genes que o impede de contrair o vírus ou de desenvolver a doença”.

                      O canhotismo é uma marca da redução do fitness reprodutivo da espécie humana, onde aumenta a quantidade de doenças genéticas.

                      Gostar

                    • não faço ideia de nada disso! O que ele diz apenas dizendo vale o que vale!
                      Se acreditas na teoria “VIH/SIDA” nunca leste as informações dos “testes VIH” então podes assumir que o outro bacano tem anticorpos para algo designado de “VIH”, se tem o “VIH” isso já não podes saber!

                      Bem… Mas nem vou recomeçar, novamente, a falar sobre a teoria “VIH/SIDA”! Se quiseres lê os 115 comentários da msg anterior! A sorte é que nem todos são para ler pois tem apenas “bla bla bla” literalmente!

                      Gostar

                    • Sim eu percebi.

                      Se ele ”tem ou não” não importa, o que importa é que ele já deu pra burro e está intacto. Existem muitos exemplos. É elementar, algumas pessoas nascem adaptadas para determinado tipo de comportamento, outras não. Tem aqueles que bebem litros, fumam e vivem muitos anos, mas a maioria não.

                      Mas esta teoria faz sentido sim. Só acho que deves acrescentar aí a predisposição genética como fator relevante para a suscetibilidade para infecção.

                      Gostar

                    • E já agora! A conversa dele nem faz sentido pois os genes não impedem “contrair os vírus”! Podem impedir outras coisas, mas a não contrair, népia…

                      Ou então esclarece o que entendes tu por “contrair o vírus”!

                      Gostar

                    • Eu acho que me lembro dele ter dito sobre ”o vírus inativo”. Quer dizer, ele contraiu mas o vírus não se manifesta.

                      Gostar

                • Se quiseres dar uma vista de olhos por aqui

                  E neste resumo também fica patente que a diversão tem o seu preço!

                  Mas enfim! Dá para tudo e para todos os gostos!

                  Uma coisa é certa: Quem não sabe tratar do seu organismo recebe sempre a recompensa! E ainda pior estão aqueles que depositam às cegas o cuidar do seu organismo noutros indivíduos, sem questionar, ou averiguar!

                  Gostar

Escreve um pensamento... E não te preocupes com nada! Tens neste espaço liberdade total para escreveres o que te apetecer e como te apetecer! Sem restrições!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s