Nunca daria ciclo suficiente

670…

159 comentários

AIDS-2014_0

ACABOU O CIRCO

E pronto… Lá acabou mais um circo!

E como até já é deprimente assistir ao espectáculo, os Meios de Comunicação Social nem sequer relatam o triste espectáculo que é para não criarem mossa na FRAUDE!

Mas de resto, foi mais do mesmo…

AIDS-2014_1

Não podia faltar a negra costureira com o seu belo vestido de látex!

AIDS-2014_bill_clinton-1

Nem um dos Cabecilhas dos Burlões a fazer de conta que gosta de crianças!

AIDS-2014_bill_clinton

e como já é habitual neste Circo, os bacanos vestidos de indígenas!  Deu para tudo!

Claro que a euforia desta Senhora Aldrabona

AIDS-2014_Francois_Barre-Sinoussi_1

Françoise Barré-Sinoussi

já nem se compara com a euforia que debitava pela sua boca salafra em 2011

“the right time to accelerate research on an HIV cure,”

“o tempo certo para acelerar a investigação numa cura do VIH” afirmava a salafrária em 2011.

Agora, em 2014, já está mais contida!

“We have plenty of data telling us we can make progress. How many years will we need? We don’t know.”

“Temos muita informação que nos indica que podemos fazer progressos. De quantos anos precisamos? Nós não sabemos.”

BEM… TRINTA ANOS já voaram, e NÉPIA! A única coisa que têm para mostrar é a longa lista de pessoal que já intoxicaram até à morte com DROGAS que não servem para NADA!

Mas afinal que sabem os burlões sobre o tal do “VIH”?

Antes deste Circo, alguns destes burlões estiveram noutra reunião (não admira portanto que adorem o dogma “VIH=SIDA”, é só festas e viagens!) e as perguntas lá efectuadas assustam até o mais ignorante dos ignorantes!

“Which cells are targets? How do they work? Are there antibodies that can be manipulated? How? What

cells can harbor latent HIV? Can they be located and destroyed?”

Que células são alvo?

Como funcionam?

Existem anticorpos que possam ser manipulados? Como?

Que células podem abrigar o “VIH” latente?

Podem ser localizadas e destruídas?

Ó meus BURLÕES, SE AO FIM DE TRINTA ANOS e BILIÕES E BILIÕES ainda andam com estas perguntas básicas, então apenas posso concluir que vocês são mesmo UMA FRAUDE GLOBAL!

QUE DESPERDÍCIO DE DINHEIRO.

Mais valia terem gasto todo este dinheiro em vitaminas e minerais e água potável e nutrição digna do nome! E era uma vez a SIDA 😎

A única coisa que estes BURLÕES sabem é que

“PRECISAMOS DE MAIS FINANCIAMENTO E, CLARO… MAIS TEMPO!”

A parte de precisarem de mais tempo é apenas para poderem gastar o dinheiro e terem boas vidas.

Quanto à estória da tal vacina para o “VIH”… Podem esperar sentados! Como ainda não encontraram o “VIH” é impossível desenvolver uma vacina…

Resumindo…

fauci

A PALHAÇADA VAI CONTINUAR…

Anúncios

Autor: voza0db

Louco mas Pouco!

159 thoughts on “670…

  1. Qual a tua opinião sobre isso?? Recentemente eu li uma versão desta estória que diz que a SIDA é provocada pelo uso de drogas recreativas…. mas, na minha opinião, se for verdade, é mais provável que combinado com sexo promíscuo.

    Gostar

    • Não foi por acaso que a primeira sigla utilizada no século XX foi GRID (Gay-related immune deficiency) pois na altura os homossexuais americanos tinham um estilo de vida (drogas e práticas sexuais) que dava, DÁ, cabo de qualquer sistema imunitário e como tal começaram a sofrer das mais diversas maleitas e zás… Morriam! Só depois da enorme pressão dos grupos activistas gay’s é que se arranjou a desculpa do retrovirus (que nunca ninguém isolou) e logo depois a máfia começou a dar doses loucas de AZT e então aquilo é que foi mortandade!

      Mas podes sofrer de imuno-depressão apenas com a utilização de drogas (legais e ilegais), mesmo sem sexo promíscuo!

      Gostar

    • Ó viriato… A sério que essas duas mulheres viveram e depois morreram? E qual a causa da morte? Viste o relatório das autópsias?

      E os milhares e milhares que viveram e morreram durante o fantástico tratamento com AZT, e não só, viste os estudos que relatam a festa?

      Mas se queres ir por essa via então aproveita e vê esta doida, azar do caraças, ainda não morreu! O cabrão do “VIH” anda a dormir no serviço… Só pode 🙄

      E então a história da vida desta doida varrida (já teve um filho e tudo!) e seus pais adoptivos absolutamente dementes! Outra que já leva 25 anos de vida e AZAR DO CARALHO… ainda não morreu! O cabrão do “VIH” só pode andar a dormir no serviço! Já nem nele podemos confiar!

      Gostar

  2. É muito fácil negar algo que se desconhece. Ou que pelos visto se conhece virtualmente. Talvez os dados apresentados nestes artigos sejam também coincidência:

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3130543/

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21768555

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17413689

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23585736

    Azar do caraças a primeira doida que te referes que dava pelo nome de Karri Stokely, morreu eu 2011, quatro anos depois de ter parado com a medicação, com uma infeção pulmonar oportunista de P.carinni. Exatamente o mesmo agente patogénico oportunista que levou a identificação da SIDA como síndrome e do HIV como etiologia, uma grande coincidência. A outra grande maluca não consegui encontrar na net, espero que tenha tido melhor sorte que a primeira maluca que apresentaste como bandeira da não existência de HIV/não relação com SIDA e da não necessidade de tomar a medicação que existe.

    Gostar

    • Ora Ora! O H voltou com a gaita da propaganda oleada e a debitar verborreia em pleno!

      Sim, de facto a Karri morreu! E a causa da morte foi: Progressive multifocal leukoencephalopathy

      Infelizmente a desgraçada caiu nas mãos de mafiosos (como tu)! FOI INTOXICADA com as DROGAS QUE PARA NADA SERVEM DURANTE 11 ANOS, são os próprios fabricantes das drogas que o afirmam, pelo que as ligações que deixaste são fruto do DOGMA que crentes como tu adoram seguir!

      1º No parto vaginal um débil mental (tcp médico) conseguiu a proeza de lhe cortar o ânus; 2ª A desgraçada viu-se grega para conseguir recuperar da ferida, teve de ser alvo de nova operação; 3º pouco tempo depois reapareceu uma ferida que evoluiu para úlcera; 4ª Volta à faca e na análise pimba CMV; 4º solução: mais drogas para o bucho: Ganciclovir e todos os seus belos efeitos secundários (disfunção renal e hepática, e descolamento de retina, etc); 5º O mafioso debitou logo a K7 (CMV é ‘an AIDS-defining illness’ – daqui a nada até a gripe vai ser!); 6º Este último mafioso recusou a fazer a cirurgia à úlcera; 7º Começou a perder a visão num olho (efeito secundário da droga ganciclovir), e pouco depois afectou os dois olhos;

      Resumindo: 11 ONZE anos de intoxicação com drogas HAART; infecção crónica devido a úlcera rectal (provocada por mafioso incompetente) e mais drogas tóxicas Ganciclovir… E a razão da morte foi o retrovírus que nunca ninguém isolou!

      FANTÁSTICO H.

      Quando fores ao próximo circo vais disfarçado de quê?
      🙄

      Gostar

      • Por alguma razão o meu ultimo post com um link para uma lista de negacionistas que morreram por coincidência com sintomas de SIDA não apareceu, não sei se voltaste a optar por uma censura superficial ou se ocorreu mesmo alguma coisa estranha. De qualquer forma e para não me repetir digo só para pesquisares a historia de outra ativa negacionista Christine Maggiore que morreu também por coincidência e por coincidência deixou morrer uma filha de 3 anos que por coincidência foi diagnosticada HIV positiva apenas na autopsia e nunca recebeu medicação. Estranha coincidência desta criança filha de uma HIV+ que morreu com os sintomas sem nunca ter tocado nos medicamentos.

        Quanto aos motivos de morte dessa mulher que ainda esta “viva por o cabrao do HIV andar a dormir” mas afinal já não estar. É uma coincidência ter morrido de imunossupressão apos ter parado a medicação, por complicações numa condição que tinha desde que foi diagnosticada com HIV, altura do parto, mas que esteve latente os 11 anos completos em que tomava os venenosos medicamentos, mas so apareceu em resultado dessa toma durante 11 anos, apos 3 anos ter parado de os tomar. Estanho também ter uma infeção ativa de CMV, que também é um vírus de manifestação oportunista, que não exige ter SIDA é certo, mas necessita imunossupressão…

        Gostar

        • Se razão existe é a tua já manifesta tecno-brutice! Podes sempre tentar novamente colocar a tal ligação!

          Todos os vírus são de manifestação oportunista… Continua que vais bem 🙄 Curiosamente este não exige ter imunodepressão mas a causa da morte segundo a tua charlatanice (importada) foi imunodepressão! Bravo!

          É como o outro bacano da “Seronegative HIV-1 Infection”… SÓ MESMO PARA RIR!

          Continuas como é teu hábito a desconsiderar TUDO o resto, e continuas apenas a rezar ao teu DEUS “VIH”, utilizando selectivamente apenas o que te convém… “Keep Calm and Pray On”

          Quanto ao meu lapso de afirmar que a bacana ainda estava viva, apenas se deve ao facto de não saber que tinha morrido de PML, não ando a seguir o pessoal! E não graças ao teu amigo imaginário “VIH”.

          Quanto à outra… Como é lógico não “encontraste nada”… Dá jeito! Teste negativo na Roménia, voou para a América, zás teste positivo; inicio de intoxicação; surgimento de sintomas graves da intoxicação com AZT; largou as drogas (via decisão do pais); ainda está viva; teve um filho; azar do caraças o filho está a ser drogado (forçado pelo tribunal) mas ainda não morreu!

          Dá sempre jeito não encontrar o que não dá jeito para rezar!

          Gostar

  3. Primeiro, não sou crente na religião: http://sd.keepcalm-o-matic.co.uk/i/keep-calm-and-trust-me-i-m-the-doctor-28.png

    Segundo, os casos que apresentas-te em baixo são a regra ou a excepção? http://www.aidstruth.org/denialism/myths/ltnp

    Terceiro, ” E os milhares e milhares que viveram e morreram durante o fantástico tratamento com AZT, e não só, viste os estudos que relatam a festa?” Completamente de acordo, e percebo perfeitamente a decisão da Christine Maggiore’s. Sem dúvida que se tivesse tomado AZT tinha ido provavelmente mais cedo. Na altura em que foi diagnosticada imperava o Loby “AZT” mesmo sem evidências que prolongava a vida dos infectados.

    Então não confundamos as coisas, sou completamente contra os mafiosos do Loby Médico-farmacêutico, o mesmo vale para o Circo que promovem. Acredita, já tive ( e continuo a ter) uma boa dose de mafiosos à porta, mas isso é outra Guerra.

    Onde quero chegar é que a “tua” teoria de que o HIV não existe é peculiar, antes de ter entrado neste espaço já tinha lido alguma coisa da teoria que relaciona a criação do HIV com a contaminação das vacinas da Polio pelo SV40 nos anos 50 e consequentes teorias, que valem o que valem:

    http://profundaescuridao.blogspot.pt/2013/09/o-cancro-da-polio-cxvi.html

    Se queres ter leitores informados não deves esperar que quando leiam a “tua” teoria não procurem o outro lado da história, se não continuamos a ser uma data de crentes acéfalos que acreditam em qualquer teoria que Lêem à primeira.

    Não consideras mesmo a hipótese do HIV realmente existir?

    Cpts

    Gostar

    • Vamos lá oViriathus!

      Primeiro: passo!

      Segundo: Não leste a notícia do expresso 😆 ? Se não intoxicares o pessoal (com drogas que nada fazem a não ser provocarem intoxicações graves que podem levar à morte), já de si intoxicado graças à variedade de “coisas boas” que fazem ao seu próprio organismo, estas pessoas são a regra.

      Terceiro:”mesmo sem evidências que prolongava a vida dos infectados.” mas tinham evidência que era tóxico, cancerígeno e mortal e mesmo assim a foi o que se viu, e vê: continua a ser ministrado, apenas em doses mais pequenas… É para ir matando devagarinho!

      O bacano que recebeu o nobel da medicina em 2008 pela “descoberta do “VIH”” Luc Montagnier afirmou, já várias vezes que “his laboratory never isolated pure HIV”
      (Djamel Tahi, “Interview Luc Montagnier: Did Luc Montagnier discover HIV?”, Continuum, Winter 1997; Papadopulos-Eleopulos et al., “A critique of the Montagnier evidence for the HIV/AIDS hypothesis”, Medical Hypotheses, 63 (2004) 597-601; Treatment Information Group, South Africa, “A shortened commentary on Montagnier’s 1983 Science paper”, se é o próprio que o afirma…

      O outro burlão, Robert Gallo, bem… Este é típico burlão mafioso do melhor. Ele e a sua equipa de burlões receberam esta carta antes de publicarem a fraude… Mas pelos vistos já nada poderia parar a FRAUDE comercial dogmática “VIH é a causa da SIDA” e pronto, “guarda a carta na gaveta e esquece!”

      Logo, não existindo demonstração científica validade de que tal agente de facto existe… Resta-me seguir rindo! 😆

      Se porventura alguém algum dia demonstrar a sua existência, então também não há grande problema pois será um agente retroviral muito fraquinho comparando com outra bicharada que por aí anda! Vê lá tu que matará sempre menos que a tuberculose! E já nem falo na gripe… Nem nos automóveis!

      Eu estou apenas a mostrar o outro lado da estória! Pois os tais leitores não vêem/lêem nada sobre isto através dos canais habituais!

      😎

      Gostar

      • “Eu estou apenas a mostrar o outro lado da estória! Pois os tais leitores não vêem/lêem nada sobre isto através dos canais habituais! ”

        Sim, esse é o objectivo, informar. Não percebes que no único ponto que discordo contigo é o facto de rejeitares por completo a existência do VIH, o resto não passa de retórica. Sabes bem que há pessoas a morrer diagnosticadas mais saudáveis que tu e eu, coincidências? Sabes, por vezes não há problema nenhum em admitirmos que estamos errados, ou isto para ti é pessoal?

        O nosso inimigo não é a existência ou não do VIH, mas sim sempre a mesma Máfia!!!

        Gostar

        • Como é “Sabes bem que há pessoas a morrer diagnosticadas mais saudáveis que tu e eu” epá desta tens que dar as fontes para sustentar tal afirmação! Ou será que estás a falar dos atropelamentos?

          “… facto de rejeitares por completo a existência do VIH,” outra vez ó Viriathus!!! Então não leste o que ainda agora te escrevi? Leste a carta? Leste/Viste/Ouviste os depoimentos do prémio nobel?

          Como queres que aceite a existência de algo que a ciência laboratorial não consegue demonstrar? Fé é para os crentes em dogmas!

          Digo-te o mesmo que já disse ao H, se conseguirem tal feito ainda existe por reclamar um prémio de 100.000 dólares para quem demonstrar tal existência, mesmo com trabalhos de outros já publicados!

          O H já fez uma tentativa deprimente, mas falhou redondamente! Serviu para RIR, o que já não foi mau de todo! 😎

          Gostar

          • “Como é “Sabes bem que há pessoas a morrer diagnosticadas mais saudáveis que tu e eu” epá desta tens que dar as fontes para sustentar tal afirmação! Ou será que estás a falar dos atropelamentos?” Christine Maggiore e a filha, mas tudo bem não passam de coincidências, mas os teus argumentos contra também!

            Percebes que a equação má nutrição + práticas sexuais incorrectas + stress oxidativo ≠ VIH = Morte não é equivalente para todos os casos.

            “Leste/Viste/Ouviste os depoimentos do prémio nobel?” Prémio Nobel de quê? Nem pareces o mesmo que faz referências à palhaçada do prémio Nobel da paz atribuído ao Obama,

            Quanto à carta, o que prova? Talvez que haja uma máfia que como sempre põe os $$$ à frente das evidências. Concordo, mas será que isto prova que o HIV não existe?

            Quanto ao prémio é pela suposta existência ou é pela imagem molecular? Prova-me que a Gravidade existe, mostra-me a imagem desta, percebes a retórica que estás a utilizar?

            Bem, tenho pena que penses que os meus comentários sejam uma forma de ataque.

            Gostar

            • Lá vêm a retórica do “tenho pena que…” blá blá blá! Se é para desconversar então nem vale a pena o tempo!

              Dizes tu que a Christine era mais saudável que eu? PQP… Às onze na esquina! Só o facto de ter ingerido drogas daqueles coloca a bacana noutro patamar, que nem comento! Ficou com sequelas da ingestão!
              Quanto à filha! Nem sabia que tinha filhos, nem nunca li nada sobre o assunto, pelo que não comento, nem rezo!

              A carta prova que naquele trabalho que os américas dizem ser a demonstração da existência do “VIH”, não exista qualquer indício de vírus nem retrovírus, logo o trabalho que dizem ser a demonstração da existência não demonstra NADA. Logo por ali não existe!

              O trabalho dos franceses… Idem aspas! Ele próprio o afirmou… Que queres que te faça? Só vos estou a repassar informação! O resto é com cada um!

              “Prémio Nobel de quê?” Outra vez? Estás a ler a correr é? A maioria do pessoal é que atribuiu elevada importância aos prémios nobel, e como tal a referência é válida dado o universo em debate!

              Quanto à retórica, a existir é a tua! Não sou eu que defino as regras para a identificação de novos agentes! Não gostas, queixa-te aos conselhos científicos!

              Quanto à última frase… Já comentei 🙄

              A equação é igual para a teoria “VIH=SIDA”! Pois tens SIDA com e sem “VIH”; tens infecção pelo “VIH” sem seropositividade (algo fantástico); nunca conseguiram obter “VIH” de indivíduos “VIH+” nem de indivíduos etiquetados “SIDA”…

              Gostar

        • Mas como escreveste a palavra “Máfia”, a coisa lá para os lados da América já começou a desabar nos tribunais

          Vai, antes faz aquecimento aos abdominais, pois a risota é das boas…

          Pronto?

          Então lê aqui e ri-te até partir!

          Be 😎

          Gostar

  4. Tens aqui uma pequena lista, pelos visto já antiga, de vários grandes malucos que tiveram a mesma sorte que essa tua grande maluca que “continua viva e de saúde”, por pura coincidência todos HIV+, todos morreram com sintomas de SIDA. Achei a historia da Christine Maggiore especialmente interessante, foi precisamente ao tentar aprofundar a sua historia que acabei por encontrar esta lista. A forma como ela deixou morrer a própria filha de 3 anos de SIDA é de deixar cair o queixo. A criança morreu precisamente pneumonia por P.carinii, confirmado após autopsia, sem nunca ter feito testes para o HIV e sem nunca ter tomado qualquer HAART. Com certeza esta criança estava imunodeprimida por coincidência, estranha condição a desta criança, difícil é encaixar esta morte na tua teoria do sexo anal desenfreado, mas hás-de dar um jeito.

    http://www.aidstruth.org/denialism/dead_denialists

    Gostar

    • Ó H

      Até o Akismet te reconhece como burlão! Esta tua mensagem foi parar no balde do “SPAM”
      Fui lá buscá-la para não te chorares de (pseudo) censuras!

      Mas que o Akismet sabe… Lá isso sabe! 😆

      Aquilo é que é a lista?!? Bem pensava que no mínimo era maior que a lista de mortos às mãos do AZT e restantes drogas da máfia!

      Um deles morreu de PCP… Cruzes credo antes de 1984 ninguém morria de PCP… NINGUÉM…

      Outro morreu de SIDA!!! Cuidado com esta nova “doença”… Causa da morte: SIDA! BRAVO…

      Outros só dizem que morreram… 😆

      E já agora ó H, se eles decidirem incluir na lista de doenças “SIDA” a gripe, então é que a fraude ganha ânimo!

      Enfim… Era isto H?!?

      Ai rico banho… 😎

      Gostar

      • Meu caro senhor agora estas a ser só birrento, a própria lista afirma-se como incompleta e isso nem sequer é argumento. Estou a falar contigo como negacionista do HIV , apesar da tua posição variar de post para post, mas não me digas que também és negacionista da SIDA como uma síndrome. Se não o és vamos lá recapitular quais os sintomas de SIDA?

        Agora que já pensaste para ti e te lembraste quias as manifestações da SIDA não achas uma coincidência enorme todos estes negacionistas diagnosticados como HIV +, todos eles não cumpridores de terapêutica HAART, morrerem de complicações relacionadas com a síndrome SIDA? Todos eles morrerem imunosuprimidos? Todos eles morrerem de infeções oportunistas que são extremamente raras em pessoas saudáveis?

        Gostar

        • Agora já vens com o “meu caro senhor”? Não sejas hipócrita H… Ao natural és mais divertido!

          Continuas a desviar? Eu NÃO… Anda lá génio (da burla) é fácil:

          Como é que foram diagnosticados de uma infecção viral?

          Então quais são as probabilidades de uma mulher “VIH+” infectar com o teu amigo “VIH” um bacano “VIH-“?

          Gostar

          • Chamo-te meu caro senhor que é para me obrigar a lembrar que não falo com um catraio, acredita que há alturas e argumentos teus que mais parece. Já sei que escreveste sobre essas perguntas deixa de ser miúdo mimado não precisas de repetir mil vezes, tens dados apresenta-os de vez. agora não venhas acusar-me de ser dogmático quando te comportas exatamente de forma dogmática defendendo apenas uma posição oposta.

            Gostar

            • Já vi H que não queres responder… Sempre a desviar!

              E a resposta para este teu típico comportamento é simples: “Ups, olha a burla a descoberto! Tapa, tapa!”

              E pronto… Acabaste como da última vez! Vazio e apenas a debitar conversa oca!

              Gostar

  5. Vozinha, Olá querido,

    Ao minuto 20, vê o que diz este xamã sobre a SIDA:

    … e são estes os loucos!

    Gostar

    • Olá Fadinha!

      A síndrome é de facto provocada pelo próprio animal!
      1º Quando não cuida do seu organismo, tendo condições para o fazer (não o caso da maioria dos africanos, que nem sequer acesso a água potável têm nem a nutrição ideal) é natural que a imunodepressão aconteça.
      2º Quando por motivos de intoxicação oriunda de drogas produzidas no complexo mafioso farmacêutico a imunodepressão é efeito da ingestão das mesmas!

      Como escrevi na mensagem
      “Mais valia terem gasto todo este dinheiro em vitaminas e minerais e água potável e nutrição digna do nome! E era uma vez a SIDA 😎 ”

      Bjhs Fadinha

      Gostar

  6. Raio de sorte desta gente, já não bastava serem todos diagnosticados com uma infeção viral que não existe ainda morrem todos por não uma mas a combinação de varias efeitos adversos de medicação que têm a “frequências elevadíssimas” inferiores a 1%. Não me dei ao trabalho de fazer contas mas qual será a probabilidade de uma pessoa “saudável” sofrer de vários efeitos adversos independentes que aparecem com esta frequência? Mais fácil sair o totoloto, parece-me.

    Gostar

    • eheeheh Já vais nas probabilidades? BRAVO H…

      Como é que foram diagnosticados de uma infecção viral?

      Então quais são as probabilidades de uma mulher “VIH+” infectar com o teu amigo “VIH” um bacano “VIH-“?

      Gostar

  7. Ao contrario do que tu estas a fazer eu não estou a negar coisa nenhuma. Li o que escreveste sobre o assunto fiz a minha pesquisa independente, ponderei os factos e o negacioniamo não me convenceu. Tu pelo contrario estas agarrado a uma forma deturpada de fé dogmática, não acreditas por falta de provas mas negas as provas que existem, ao ponto de considerares como forjados vários trabalhos epidemiológicos independentes e não relacionados sobre o aumento da esperança de vida em pessoal infetado pelo uso de medicamentos que estão disponíveis atualmente, por mais efeitos secundários que eles inegavelmente têm. Na tua cabeça deves achar que a SIDA não mata e que negar a ligação com o HIV faz com que ela desapareça. Mas desde já te desafio a encontrares provas inegáveis de alguém negacionista que se tenha curado de SIDA seguindo uma qualquer teoria alternativa. Ou vais também negar que existe SIDA também?

    Quanto à estória de a tentativa de te mostrar fotografias de microscopia eletrónica vais pelo mesmo caminho, dizes que são forjadas e que são SIV, o que é bastante coerente da tua parte, visto aceitares a existência de SIV e aceitares que eles provocam um síndrome idêntico à SIDA em símios, mas por outro lado negas a ligação de um vírus aparentado em humanos e que a SIDA humana apesar de ter os mesmos sintomas que a causada por SIV em símios, nada tem a ver com o HIV e que este nem sequer existe. Sendo que um dos argumentos que usas foi este vírus ter sido descoberto há mais de 30 anos sem existir vacina, o que só por si tem um “grande valor argumentativo”. Por este andar também vais negar a existência de hepatite C e do ébola, pois estão na mesma situação que o HIV.

    Quanto ao link do meu post que não chwgou a ser publicado é este:
    http://www.aidstruth.org/denialism/dead_denialists

    Mas já agora desafio-te a explicares a causa de morte da filha da Christine Maggiore, com 3 anos não devia ter grandes hábitos de sexualidade anal e não tomava nenhum HAART, tanto que a mãe sempre recusou fazer-lhe o despiste. Raio de coincidência uma bebe filha de uma negacionista que morreu de sintomas ligados ao “dogma hiv/SIDA” morrer exatamente de sintomas ligados a esse dogma. Não ajuda muito a tua posição não achas? Ou vais insistir que foi efeito secundário dos antibióticos e explicações ilógicas afins? Grande azar ter mãe e filha a morrer de efeitos secundários raríssimos a medicamentos diferentes… mas de certeza que HIV não era de certeza.

    Gostar

    • Eina pá… Ó H quando em pânico dá-te para escrever é?

      Duas simples perguntas e tu, génio H, nada?!? Repito:

      Como é que foram diagnosticados de uma infecção viral?

      Então quais são as probabilidades de uma mulher “VIH+” infectar com o teu amigo “VIH” um bacano “VIH-“?

      Sempre a desviar… Sempre a desviar! Isso é sinal de algo, ó H…

      Gostar

      • “Então quais são as probabilidades de uma mulher “VIH+” infectar com o teu amigo “VIH” um bacano “VIH-“?”

        http://www.thelancet.com/journals/laninf/article/PIIS1473-3099%2809%2970021-0/fulltext

        ou

        http://otempoquehadevir.wordpress.com/2012/07/30/659/

        mas afinal há ou não há vírus para ocorrer estas taxas mesmo que baixíssimas?

        Gostar

        • Credo! Para ainda fazeres essa pergunta é mau sinal!!!

          Não há (até demonstração científica validada em contrário)! Existem apenas testes “não específicos” oriundos dos trabalhos fraudulentos que já te referi que simplesmente dão positivo… Mas como viste no vídeo dão positivo numa longitude, mas noutra já dão negativo! Graças aos miseráveis temos nós, os ricos, a benesse dos voos low-cost pelo que a positividade ou negatividade está à distância de um bilhete baratinho!

          Mas olha lá ó Viriathus… És assessor do senhor doutô H? 😆 😆 (brincadeirinha, não para levares a sério!!!)

          Bem… vou ingerir um pedaço de vácuo e depois volto 😆

          Gostar

          • Não levo…

            Mas vês como andas sempre em círculos, em que é que os testes mafiosos provam que não existe VIH?

            Tenta te abster da parte mafiosa da questão. Existe SIV certo, não poderá haver um equivalente humano? È assim tão descabida a possibilidade, principalmente quando andaram a injectar SV 40 na veia de algumas cobaias, mutação talvez?

            Gostar

            • Vai ler as informações dos testes e pode ser que lá chegues… Não ligues ao que “negacionistas” escrevem…

              Gostar

            • Existe sífilis não existe? Já existia antes de 1984 não é vero?
              Existe TB não existe? Já existia antes de 1984 não é vero?
              Até o cancro do colo do útero (que dizem eles tem o vírus que o provoca) só surge devido ao “VIH” um retrovirus!!!!
              Existe pneumonia não existe? Já existia antes de 1984 não é vero?

              Pegar nestas e noutras (27 até agora – só falta mesmo a gripe, que mata bem mais que o tal do “VIH”) condições e dizer que devido a testes faz-de-conta (a melhor comparação é o termómetro) não específicos e sem padrão ouro, que a causa do desenvolvimento destas condições é o agente nunca isolado e purificado nos termos definidos pela comunidade científica (e já afirmado pelos próprios) é no mínimo algo para levantar uma sobrancelha! Acho eu… E então como estas condições já existem há tempos imemoriais então o “VIH” é um SUPER nano retrovirus!

              Mas por mim todos somos livres de fornicar o nosso organismo da forma que entendemos. Uns/umas gostam de levar no cú, outros gostam de injectar drogas, outros de álcool até ao coma, etc, etc… Se queremos fornicá-lo com base nas drogas inúteis que são prescritas, é outra opção, e até é boa pois (ainda) são de graça!

              Depois terás a recompensa, como é lógico!

              Deixa lá os macacos sossegados que já os fodemos que chegue com outras merdas inúteis!

              Gostar

              • Então vero para ti qualquer vírus que se descubra depois de 1984 não existe!!!

                Bravooooooooo…

                E não, não defendo que o vírus foi criado em laboratório se foi isso que pensaste,então não pensaste.

                Continua lá a tua equação de má nutrição + sexo anal + stress oxidativo do Montagnier ≠ VIH/SIDA = morte, só demonstras que és um tipo Complexado e Frustrado com a vida. Só gostava de saber como é o teu dia a dia, certamente sobrevives a ingerir Sol, não fazes sexo e andas com um ânodo de sacrifício à lapela, de magnésio pois os de alumínio causam Alzheimer!

                Continua a manter o nível frustracional elevado pois só assim a próxima raça superior que chegar a o calhau te vai reconhecer como VIHriato!!!

                Gostar

                • Ainda não compreendeste a simples realidade de que NÃO É PARA MIM! Assim não te safas!

                  Ora finalmente a etiqueta do “Complexado e Frustrado”! Escusas de projectar para mim a tua frustração!

                  Este teu comentário representa o verdadeiro espírito e forma de estar de um dogmático…

                  Não te preocupes com o meu modo de vida! O teu modus vivendi é que não tem pernas para andar 😉

                  Gostar

                  • Um tipo homofóbico, que trata todos por “animais humanos” como se fosse um ser superior, que reclama da poluição dos animais e utiliza uma máquina de plástico para defender os seus ideais e que pelos vistos deve ir para a cama a pensar que se todos fossem como ele o mundo era bem melhor, sim para mim é um tipo “Complexado e Frustrado”.

                    Este teu comentário representa o verdadeiro espírito e forma de estar de um dogmático…
                    Sim aprendi com o melhor!!! Que pelo vistos adora este tipo de conversa… E não não digas que é o H era muito cliché até para ti.

                    Não te preocupes com o meu modo de vida! O teu modus vivendi é que não tem pernas para andar 😉

                    Voltas-te a entender errado, não é preocupação é curiosidade! Não percebo como é que um tipo com tais ideais ainda não foi viver para uma comunidade Amish, deve ser das diferenças de crenças!!!

                    Gostar

                    • Quando mais nada serve para argumentar entram sempre na fase do insulto pessoal! A mim não me afectas com estas verborreias para “VIH+” dormir!

                      Sou tudo e mais alguma coisa escolhe o que quiseres e bons orgasmos!

                      Tu não fazes a mais pequena ideia do que “curiosidade” significa… Basta ler os teus comentários sobre este tema!

                      Se vais continuar apenas a debitar este tipo de “pensamentos” então vais ficar a pensar sozinho!

                      A tua máxima é “Na minha falta de argumentos, desqualifico o interlocutor”

                      Se não somos animais humanos, então o que somos, ó mente iluminada? (escusas de responder 🙄 )

                      Gostar

        • O que isto prova é que é um agente infecioso e que não é devido a características e comportamentos puramente individuais. As taxas são de facto baixas, mas este é apenas um abstract e não dá para perceber os métodos usados para calcular estas taxas. Mas eu já me dei ao trabalho de procurar os métodos utilizados, e alguns destes artigos pegam em casais dissonantes HIV+ e outro HIV-, vão fazendo analises ate o companheiro ficar infetado e depois dividem pelo numero de vezes que houve sexo no período até encontrarem a sero conversão. Visto que mesmo os testes usados são incapazes de detetar infeção ate 6 semanas e neste tempo dar para ter muito sexo, dá para perceber o perigo de interpretar estes dados sem contextualizar.

          Gostar

          • Cruzes… “Prova que é um agente infeccioso” com base em que? “A person who has antibodies to HIV-1 is presumed to be infected with the virus,” sabe o significado da palavra “presumir”?

            Depois os testes, se é que alguma vez leste as informações dos fabricantes não servem para puto! Mas isto não importa!

            “Visto que mesmo os testes usados são incapazes de detetar infeção ate 6 semanas…” outra vez burlão?
            VAI LER AS BULAS DOS TESTES— os testes não detectam infecção!

            Ai os cursos tirados via ctt 🙄

            Tu que andas sempre a falar de contextos nunca usas o contexto dos fabricantes dos testes…

            Ai bem rico banho…

            Gostar

            • Com base em o contacto intimo provocar uma seroconversão numa pessoa inicialmente HIV- meu grandíssimo idiota.
              Com base de que por mais baixo que a taxa de contagio possa parecer, o contagio existe. E mais uma vez não só de anti corpos se faz a deteção de HIV. Upgrade é o que precisas já não estamos nos 80’s

              Gostar

              • tu necessitas de um downgrade, pois já nem para reciclar serves!

                Andam com um “termómetro” a ver se dá “positivo” ou “negativo” para algo que não sabem o que provoca o sinal, e depois o idiota sou eu!

                Menos drogas meu burlão, e vais ver que esse cérebro, quem sabe, será capaz de recuperar 0,01%! Algo de extraordinário dada a grandeza do vazio!

                Gostar

              • No alto dos teus profundos conhecimentos devias saber que todas as infeções virais, e todas as outras, que impliquem uma produção de anticorpos (vacinação inclusive) necessita de um período de tempo variável, entre a detecção, apresentação… seleção colonal, multiplicação linfatica e produção deap anticorpo e só depois é possível serem detetados por sorologia.
                Não é um problema exclusivo do HIV nem do teste em si, mas da imunologia humana… o problema de construir a casa pelo telhado e achares que lendo meia dúzia de tretas de sites selecionados te dá equivalência à virologia… Relvas

                Gostar

                • Só um burlão para citar outro burlão!

                  Tirando a referência ao teu amigo relvas… Nada de novo acrescentaste…

                  Mera forma de suicídio argumentativo! Agora o problema é a “imunologia humana”… BRAVO! Os testes têm problemas!?!?!?! NÃO ACREDITO…

                  Vai um banho?

                  Gostar

                  • Tens piada, onde tu vês “um burlão a citar outro burlão” eu vejo informação cientifica. Mas vê lá onde chega a tua cegueira que já chamas burlões até aqueles que não têm nada a ver com o HIV e que chegaram a conclusão que a produção de anticorpos seja qual o antigénio que o desencadeie demora tempo, semanas, e não é instantânea. Não basta seres idiota ainda és teimoso.

                    Mas olha, sendo assim, faz-me uma lista de quais não são os burlões para ti, assim fica mais fácil.

                    Gostar

                    • Lá continuas tu com a táctica gasta do desviar!

                      Tu vês informação científica! 😆 😆 Tu lês os fax’s da DGS e sabe o deus o que te custa!

                      Tudo o que a tal informação científica publica e que não bate certo com o teu dogma rejeitas automaticamente porque “está fora de contexto”

                      Um banho, já vai ou não?

                      Gostar

      • Eu é que estou a desviar? Estou a expor-te dados epidemiológicos e casos individuais. Tu estas a insistir em puxar a conversa para assuntos que já foram discutidos e que tu próprio já abordaste, para que não paras de me fazer perder tempo respondes as questões que te levantei e postas os teus próprios links onde respondes às próprias perguntas?
        Eu não tenho culpa que a tua formação de base não te permita atingir certos conceitos e que tires conclusões erradas, não é caso isolado, não é oh senhor lombrigas?!

        Gostar

        • Eu é que não estou! Perguntas tão simples que até um leigo é capaz de responder logo de letra e o génio H, foge delas como o Diabo da cruz…

          Outra vez com as lombrigas? Demonstrado ficou que o remédio para as lombrigas ajuda a reduzir a tal da “carga viral” do tal do “VIH”… Não gosta do estudo apresenta queixa a quem o validou!

          Ai o banho… 🙄

          Gostar

  8. Da para baixar em doentes co-infectados que apresentam uma carga viral à partida muito mais elevada que uma pessoa apenas com HIV na mesma fase da doença simplesmente porque as células infetadas, macrófagos e linfócitos CD4+ estão em maior quantidade neste tipo de infeção cronica por parasitas, mais células susceptíveis maior carga viral, elimina-se os parasitas diminuem as células passiveis de ser infectadas diminui a carga viral. Não há cura nem regressão da infeção HIV. Pensei que já tinhas percebido isso, mas pelos vistos… percebes agora a importância de conhecer os conceitos e os mecanismos básicos antes de se achar capaz de dissertar sobre qualquer que seja o assunto?

    Gostar

    • Queres portanto que eu responda a questões em que tu próprio já fizeste um post sobre elas e acusas-me de estar a desviar e a fugir como um ” diabo da cruz” no entanto recusaste a sequer ponderar as questões que te fui deixando.

      Mas seja, vamos contextualizar e deixar alguns preconceitos, já te vi escrever que a existência de anticorpos é sinal que o corpo esta imune a determinado agente. É falso, os anti corpos fazem parte da imunidade humoral que combatem infeções extracelulares, os vírus são parasitas intracelulares, a partir do momento que o vírus se instala dentro de uma célula pouca eficácia os anticorpos têm para a cura, a replicação dá se dentro da célula protegidos dos anticorpos, servindo estes apenas para controlar a disseminação. O facto do diagnostico do HIV ser feito usando anticorpos não é exclusivo, o mesmo acontece com as hepatites cronicas B e C, com os herpes, CMV, epstein barr… etc.

      Mas há particularidades, normalmente o diagnostico faz-se por um despiste com elisa e uma confirmação com western blot, dos anticorpos anti hiv que só se revela apos 6 semanas do inicio da infeção, e dos antigénios do envelope viral (aconselho vivamente a fazer revisão destes conceitos). A carga viral é feita comumente por RTPCR, através do RNA do vírus em amostras de sangue. Portanto temos três abordagens diferentes, antigénios, anticorpo e RNA. Mas ambos sabemos que já falaste sobre parte disto, mas preferiste fazer aquilo de que me acusas e defletir todas as questões que te fiz, mas fico a espera que com o desenvolvimento deste assunto, quando falares na diluição da amostra inicial, e nas diferenças dos western blot entre países, te dignes a responder ao que te perguntei, se fores capaz…

      Mas digo-te, que a existência do HIV seja uma farsa, mas que quem fez a farsa tenha conseguido ludibriar alguns dos maiores cérebros do planeta, mas não a ti, que tenham arranjado forma de forjar 3 abordagens diferentes para dar positivas no caso de infeção e que não só são qualitativas mas também quantitativas, ainda acho mais difícil ter sido “inventado” um diagnostico que apresenta alem disto uma variação temporal e uma correlação com o numero de linfócitos cd4+ e com a progressão da doença.

      Ainda acho mais estranho quando se contabiliza o inicio da produção de anticorpos exista uma relação com a diminuição da carga viral e uma relação directa com o abrandar da doença o chamado o período de latência ou assintomático.

      Quando a medição da carga viral é feita através do RNA do vírus, ou seja do seu material genético, o que tem de mais único no vírus. Mas deve haver um outro RNA de outra coisa qualquer, não humano, que por coincidência aumenta com a progressão da doença, mas HIV não é de certeza.

      Mas no fim isto tudo é forjado porque tu te recusas a aceitar as fotos dos vírus que existem e estão disponíveis… sim claro eu sou dogmático e recuso-me aceitar os dados… mas tu não, és elucidado e imparcial… lol

      Gostar

  9. Antes que comece novamente o ciclo do mafioso Montagnier que se contradiz conforme o dia da semana, espero que este que pelos vistos anda metido em coisas pesadas não apanhe o “bicho” e morra de negacionismo…

    http://denyingaids.blogspot.pt/2009/12/does-luc-montagnier-make-case-for-aids.html

    http://denyingaids.blogspot.pt/2010/02/killing-aids-denialists-montagnier-rant.html

    Então qual é o objectivo, salvar os NÃO INFECTADOS do não virus?

    Para isso é simples deixa de trabalhar, consumir e cumprir que assim pelo menos o Estado deixa de investir o teus $$$ descontados em Trovada e AZT, melhor mesmo é ires viver para uma caverna e ir reciclando a matéria orgânica. Mas não te esqueças que mesmo se não tiveres uma boa nutrição, fizeres sexo anal e tiveres stress oxidativo e te for detectado o “bicho” não morrerás pois a Fé negacionista te salvará!!

    Enquanto não fazes a bagagem vai criticando os acéfalos dos Humanos que pelos vistos só sabem morrer ora com VIH sem VIH, com negacionismo, sem negacionismo e afins…

    Um conselho, mete a jóia da coroa do negacionismo a rodar no cantinho: http://www.youtube.com/watch?v=BwgmzbnckII

    Só assim afastarás os acéfalos como eu e já sabes nada de Coerência!!!

    Gostar

    • 😆

      Para alguém com o modo vivendi como tu estás a disparar para todo o lado e como tal a coerência já era! Criticas e praticas… 🙄

      Então a sugestão é ir viver para uma caverna… E depois é detectado o “bicho”! Que eu saiba se for para uma caverna e por lá viver, nesses locais não há serviços de “testes grátis de “VIH””!!!

      Curiosamente mesmo negando acreditas que deficiente nutrição, sexo anal e stress oxidativo levam a que o “bicho” possa ser detectado…

      Depois vocês apelidam-me de “negacionista”, algo que só posso atribuir pelo facto da falta de capacidade de ler e interpretar as informações escritas nos testes “VIH” (não interessa se são rápidos, ELISA, WB), e nas bulas das DROGAS… Eu bem sei que dá trabalho, e trabalhar é coisa que a maioria dos tugas não aprecia, preferem outros modus Vivendi 🙄

      Vai ler esta mensagem e lê as ligações sobre as drogas! Até coloquei a indicação da página para que os preguiçosos não inventem desculpas esfarrapadas…

      Depois lanças para aqui uma data de ligações que, por mais divertidas que possam ser, não são as informações oficias do sistema médico-farmacêutico!

      Portanto, mesmo sabendo disto, o teu modo Vivendi será algo do género “Ei estou com gripe! Vou fazer quimioterapia para ver se fico melhor”! Por mim 5 estrelas, força aí!

      Limito-me a mostrar que se os próprios bacanos do sistema afirmam que os testes não servem para nada.. De facto “com VIH sem VIH” tanto faz “Detection of antibodies to HIV-1 does not constitute a diagnosis of Acquired Immune Deficiency Syndrome (AIDS). A NEGATIVE BLOT is not a guarantee that the causative agent for AIDS is not present.” CUIDADO QUE ELE ANDA POR AÍ!

      “A person who has antibodies to HIV-1 is presumed to be infected with the virus, except that a person who has participated in an HIV vaccine study may develop antibodies to the vaccine and may or may not be infected with HIV.” meu realce!!! E esta é um mimo!

      E ficava aqui horas! Mas não me apetece!

      Quanto aos tribunais americanos, já vi que nem convém tocar no assunto! E eu é que ando armado em negacionista! 😆 😆
      Mas só para rir (a transcrição total tem 107 páginas todas bem interessantes, mas o fim é divino!):
      “J-O-A-N _ D-U-W-V-E, M.D., M.P.H., having been first duly sworn to tell the truth, the whole truth and nothing but the truth relating to said matter, was examined and testified as follows:

      Q Have you ever heard the sentence, “Clinical implications of antibodies to HIV-1 in a asymptomatic person are not known?”
      A On AIDS denial sites.

      Q What about in a genetic systems HIV-1 Western blot test kit, produced by Biorad?
      A No.

      Q What about in a HIV-1 Western blot test kit produced and manufactured by Cambridge Biotech Corporation?
      A No.

      Q Would those companies qualify as what you’ve termed AIDS?
      A That would be what I would call medical disclaimer. Which we find commonly in further lab tests also.

      Q And not to be ignored? What’s the purpose of a disclaimer?
      A So that you don’t get involved in a lawsuit.”

      Proteger a fonte do LUCRO… Para um capitalis vivendi como tu sabes bem que isto é o que mais importa, e tudo vale! Outra coisa engraçada é que esta bacana nem sequer leu as indicações dos testes referidos uma vez na vida! E é ela chefe do departamento de doenças infecciosas! Fantástico!

      “keep calm and pray on” 😆

      Gostar

  10. E eu a pensar que não eras de blá blá blá… 🙄

    Pelos vistos o menino sentiu-se atacado e deu-lhe para escrever, mas a tua conversa é sempre a mesma não te consegues abster dos mafiosos ora para para provar que o VIH existe ou não existe. E como já te mandei tantos links se fizesses uma pesquisa coerente/independente reparavas que eles se contradizem conforme a zona, devem sofrer do mesmo síndrome dos testes….
    Infelizmente és tão limitados que nem consegues perceber o ponto que não é pelo facto de diferentes testes darem positivo ou negativo que o VIH existe ou deixa de existir, fazes como a serpente de Oroboros e vais mastigando sempre o mesmo loop de argumentos ad infinitum. Nunca consegues passar do ponto em que a tua equação do blá blá blá não é a resposta para todos os casos, no mínimo demonstras ser uma pessoa preconceituosa. E sim admito que a equação seja POR VEZES responsável pelos falsos positivos. Também não sabes que para qualquer grupo populacional existem em média 1% dos indivíduos que não demonstram os sintomas da infecção por QUALQUER tipo vírus? Dai os teus casos isolados que sobrevivem uma vida inteira mesmo que diagnosticados como positivos.

    Resta-me fazer o que várias pessoas já te recomendaram:
    Falas com o H e ele dá-te uma pica de um infectado para não começares já com a conversa do blá blá blá que é difícil arranjar uma parceira ideal e depois esperamos pelo resultado positivo, com um bocado de sorte vives 2 décadas e depois o Deus negacionista faz-te uma visita…

    Nahhh. tu és Louco mas pouco, não é? E claro posso adivinhar qual vai ser a resposta ” Não tenho que provar nada a ninguém” claro os crentes religiosos também não provam que os seus Deuses existem, mas tu pelo contrário consegues provar rapidamente a tua teoria é só seguires a minha experiência!!!

    Gostar

    • És tal e qual o H… Verborreia sem nexo!

      Desvias-te dos temos com recurso a tretas… Quando os meus comentários mostram algo que não te agrada… Lá vêm os adjectivos!

      Não queres ler a documentação cientifica que já te indiquei (até com o referência das páginas), ou lendo, não consegues interpretar o que leste!

      Que queres que te faça? Fazia-te um desenho… Mas não tenho nem jeito nem paciência!

      Curiosamente todos os outros é que são negacionistas, frustrados e complexados… Ora aí está!

      “Não te consegues abster dos mafiosos” só podes andar a fumar erva estragada! Então se são eles a fonte do circo querias que citasse quem? O vaticano e a sua conversa de pedófilos?

      Larga a droga… Esse modus Vivendi ainda te faz virar “VIH+”

      Gostar

    • Já lhe tinha sugerido o mesmo e ele no fundo sabe que isso ia correr mal. Mas nunca jamais irá admitir estar errado ou considerar ponderar a posição no sitio seguro dele, onde é tão bajulado pelos seus seguidores que chegam a ser ainda mais febris que este senhor.

      Gostar

  11. Epá, tocou-me forte essa do “Desvias-te dos temos com recurso a tretas…”

    Criticas e praticas… 🙄

    Ainda não reparaste que já respondeste a 3 comentários de Verborreia sem nexo e ainda te falta responder ás questões que o H te deixou no ultimo comentário??? Ou andas a pesquisar nas bulas negacionistas as respostas, vê lá se não estão no documentário favorito dos negacionistas. Ou então pergunta a este salafrário http://aidsmyth.blogspot.pt/

    A minha proposta de experiência enervou-te tanto? O melhor é ires tomar um xanax se não o stress oxidativo ainda te dá cabo do canastro, nem que seja como um,a simples imunodeficiência…

    Gostar

    • tanta preocupação com o H!!!

      O H já foi respondido há muito tempo noutras mensagens, mas como ele só sabe ler os fax’s que chegam da DGS pouco importa o que lhe escrevo! Aliás ele é como a outra – a JOAN DUWVE, M.D. – nunca leu as informações dos fabricantes, apenas os memo’s dos superiores!

      Eu… Enervar-me com isto? Bem que podem vir mais um gangue contigo! Pura diversão! 😆

      Gostar

      • Na verdade ainda estou a espera das tuas respostas a essas questões concretas, a falta dela só me fazem concluir que não tens maneira de responder porque não há resposta possível, pois a tua posição é no mínimo furada por todos os lados e só se aguenta por teimosia.

        Só um aparte aquilo que revelas quando és confrontado e alguém te contraria está muito dissonante em relação à tua idade cronológica, não passas de um puto mimado não admira que nenhuma mulher tenha aguentado aturar as tuas imaturidades… “escrever a olhar ao espelho” quem o diz é que o é… és um canalho.
        Mas também te digo fica lá com o caneco meu homenzinho pequenino mesquinho e azedo, fica com as tuas ironias e as tuas posições idiotas nenhum mal ao mundo há-de vir daí porque na verdade nunca vais passar de um douto de sofá armado ao cagados a falar de assuntos que desconheces.

        Gostar

        • então burlão… Cadé a falsa educação? o “meu caro senhor” já era?

          Pois de facto comparando com os animais humanos que tu e outros mafiosos como tu já mataram ao longo da saga “VIH/SIDA” eu não traga mal nenhum ao mundo… É UM FACTO!

          Gostar

          • Que eu matei? O que achas tu que sabes que eu faço da vida? Enfim… para ti era ignorar todas as provas cientificas e deixar morrer as pessoas de SIDA porque não acreditas no HIV? Sim, muito logico

            Gostar

  12. Bem, resta-me te dar os melhores cumprimentos e ir para outras paragens. Continua a Guerra contra o Mundo que no final hás-de bater a botas e deixar a energia acumulada como tantos outros, que só criticam mas nunca fizeram nada de útil há Humanidade , no final não passaram de Párias.

    Altera a melodia para façam o que digo não façam o que faço!!!

    E claro está, mais dia menos dia faz lá a declaração do pedestal em forma de post contra os acéfalos.

    Gostar

  13. A defletir e a insultar o voz é exímio, acho engraçado também ter ignorado o facto de a carga viral se fazer através do RNA do vírus talvez por as informações negacionistas que te baseias ainda não chegaram a era da genómica… mas sigamos para estas perolas de tua idiotice.

    “Detection of antibodies to HIV-1 does not constitute a diagnosis of Acquired Immune Deficiency Syndrome (AIDS). A NEGATIVE BLOT is not a guarantee that the causative agent for AIDS is not present.””

    “A person who has antibodies to HIV-1 is presumed to be infected with the virus, except that a person who has participated in an HIV vaccine study may develop antibodies to the vaccine and may or may not be infected with HIV.” meu realce!!! E esta é um mimo!”

    Já que estas não numa de discutir seriamente mas de insultar, vou insultar também, já tinha reparado que o teu inglês a fraco, a par da tua capacidade de interpretação. Juntar a isso uma vontade cega de marcar posição quando te apercebes que os teus argumentos são finitos e tão sólidos como um cubo de gelo numa planície alentejana, junta-se tudo e temos borrada.
    A primeira citação afirma que a deteção de anticorpos HIV não é diagnostico de SIDA, pois não é, é diagnostico de infeção com o seu agente etiológico, SIDA é o nome dado ao conjunto de sintomas que advém da fase final da progressão da dita infeção, que quantitativamente e laboratorialmente é dado quando os linfócitos CD4+ baixam um determinado limiar. Mas pensei que já tinhamos ultrapassado a questão de que SIDA e VIH não é exatamente sinónimos… mas continuemos, tu próprio fazes questão de apontar o quanto estes testes são falíveis, mas depois escandalizaste por eles se salvaguardarem a existência de falsos negativos. Por alguma razão se fazem testes serológicos em duplicado sendo que tanto a sensibilidade como a especificidade quando aplicados em conjunto são próximos do 100%. Mas como para ti sensibilidade e especificidade são conceitos ininteligíveis agarraste a teorias da conspiração.

    A segunda frase revela também uma grave falha de bases tuas, todas as vacinas sem excepção provocam no corpo a produção de um determinado anti corpo, é exatamente esse mecanismo que é explorado neste tipo de ferramenta, logo é normal que esse determinado anti corpo esteja aumentado numa analise sorológica mesmo sem infeção. Não sei se tens a vacina contra a Hepatite B, mas se tiveres não te admires acusares positivo e o medico te perguntar por essa imunização, exatamente porque o objectivo de uma vacina especifica é aumentar um determinado anticorpo particular.
    As vacinas até ao momento desenvolvidas contra o HIV provaram-se ineficazes, portanto não é preciso ir a Coimbra tirar um curso para se perceber que se não são eficazes um positivo nesse sorológico de anti corpos nada garante que não seja por infeção ativa.
    Mas uma coisa que só aparece numa sorologia de uma infeção ativa são proteínas do envelope, env, coisa que as ruas fontes também não têm em conta, pois só falam nos falsos positivos dos anti corpos. Estas são proteínas especificas do próprio vírus VIH e não de outro qualquer, também não são uma resposta do corpo a um antigénio como no caso a que te agarras de unhas e dentes. Mas se mesmo assim houver duvidas ainda se faz rtPCR para detetar RNA do vírus. Depois destas provas moleculares laboratoriais todas é um bocado difícil ainda haver duvidas. A não ser para um “pensador livre” que de tanta soberba não consegue largar uma posição idiota mesmo quando ela se mostra como tal.

    Gostar

    • “A defletir e a insultar o voz é exímio” o vosso espelho é mesmo cómico! Começam a insultar quando ficam sem argumentos e depois “eu é que sou exímio”…. Mas já que achas que sim…

      Não meu BURLÃO, médico via CTT! Lá estás tu a fugir com o cú à seringa! Também não gostas de vacinas já vi…

      Para quê desviar a atenção para as vacinas?! “A person who has antibodies to HIV-1 is presumed to be infected with the virus,” não continues a desconversar para as tretas que te interessam… Presunção é conversa de BURLÃO! Até rima, vê lá tu!

      “presumir: julgar com base em probabilidades; supor; conjecturar” (esta é de borla, analfabruto)

      Mas mesmo seguindo o teu raciocínio (nem sei se posso utilizar esta palavra contigo, raciocínio!) de burlão: Então as vacinas neste caso são o motivo causador do teste positivo, sinal de que andam a espalhar “positivos” por aí sempre que fazem testes das tretas da vacinas (30 anos e a contar), pelo que andam por aí muitos otários falsamente positivos, e quem sabe se não estão a levar com a dose HAART… Sendo mafiosos como vocês são, e como tudo o que é positivo dá LUCRO, devem de estar de certeza!

      “proteínas específicas do VIH” e mais tanga… Além de ser racista agora o “VIH” é mais o quê? Pró-capitalistas? Em quais estudos é que foram identificadas estas tais “proteínas especificas”? E não me digas que foram no do Gallo e do Luc… Já foram devidamente desmontados em peças e enviados para a reciclagem! E tudo o que vem por cima de uma burla, burla é!

      Outra BURLA… PCR… Até o inventor da técnica FUGIU com todas as forças que tinha de vocês – BURLÕES MAFIOSOS – quando vocês não foram capazes de sustentar a afirmação “VIH é a causa da SIDA”. E o próprio já afirmou que fazer cópia de um pedaço de rna de algo que não se sabe a origem vale tanto como cuspir para o ar e esperar não levar com o cuspe nas trombas!

      falsos positivos em PCR… Alto já sei… “Os métodos deste estudo não se adequam ao meu dogma, e como tal o estudo não é bom para ser referido fora do contexto…” cit. H

      “Por alguma razão se fazem testes serológicos em duplicado” Ui outra vez com a conversa do WB… ò Burlão como é que um teste tão específico e tão sensível com um WB consegue dar falsos positivos quando os ELISA deram sempre negativos? Eu é que tenho a certeza de que não fazes puto ideia do que tal significa porque a DGS nunca te mandou o fax, e os CTT perderam a carta onde vinha essa parte da teoria!

      “Persons at risk of human immunodeficiency virus 1 (HIV-1) infection, have been classified incorrectly as HIV infected because of Western blot results, but the frequency of false-positive Western blot results is unknown.” fonte … E lá se vai a tua fantástica (mas fraudulenta e paupérrima) pseudo-argumentação…

      Já sei… “Esse estudo foi feito num contexto que agora está desprovido de realidade alternativa, o universo em causa já não existe e como tal a implosão ocorreu! Resta-me a crença nos fax’s” cit H

      Nem sei porque ainda me dou ao trabalho de colocar as fontes – NÃO ORIUNDA DOS NEGACIONISTAS – pois para vocês ( H e anónimo bem disposto) mesmo estas da vossa “igreja” são simplesmente heresia!

      As tuas orações já estão a ficar enfadonhas!

      Ai meu rico banho!

      Gostar

  14. Ler a correr!!

    Racial differences in HIV antigen expression may result from differences in humoral response to HIV infection.

    E sim li o “may”

    “Não meu BURLÃO, médico via CTT! Lá estás tu a fugir com o cú à seringa! ”

    Então porque não dás tu o cu à seringa e fazemos aquela experiência?
    Era mais rápido para acabar com a fé do HIV que eu e o H temos. Até te pago os custos se for preciso afinal és o VIHriato de Portugal…

    Continua a correr o programa binário na tua chola de VIH=False / má nutrição + sexo anal + stress oxidativo do Montagnier ≠ VIH/SIDA = morte = True.

    Gostar

    • Então?!? Já voltaste? Vontade de aprender algo?

      NÃO… CLARO QUE NÃO! A bíblia “VIH/SIDA” não permite adendas ao conteúdo original, e o vosso cpu é incapaz de correr algoritmos mais avançados! Só mesmo o básico “Sim senhô doutô!”

      Queres fazer qual experiência? Faz com o teu corpo aquilo que te apetecer! Eu vivo numa caverna, ou já te esqueceste (sinal de SIDA, tem cuidado!) e por aqui não há burlões nem mafiosos!

      E já agora… Sabichão (o do jogo para distrair a ganapada!) Sabes o significado de provável?

      Gostar

  15. “Sabes o significado de provável?”

    Não, não sei, mas explica-me lá o quão provável isto é:

    In studies conducted in both developing and developed countries, death rates are markedly higher among HIV-seropositive individuals than among HIV-seronegative individuals.

    For example, NunnExternal Web Site Policy and colleagues (BMJ 1997;315:767) assessed the impact of HIV infection over five years in a rural population in the Masaka District of Uganda. Among 8,833 individuals of all ages who had an unambiguous result on testing for HIV-antibodies (either 2 or 3 different test kits were used for blood samples from each individual), HIV-seropositive people were 16 times more likely to die over 5 years than HIV-seronegative people (see tableExternal Web Site Policy). Among individuals ages 25 to 34, HIV-seropositive people were 27 times more likely to die than HIV-seronegative people.

    In another study in Uganda, 19,983 adults in the rural Rakai District were followed for 10 to 30 months (Sewankambo et al. AIDS 2000;14:2391). In this cohort, HIV-seropositive people were 20 times more likely to die than HIV-seronegative people during 31,432 person-years of observation.

    Similar findings have emerged from other studies (Boerma et al. AIDS 1998;12(suppl 1):S3); for example,

    In Tanzania, HIV-seropositive people were 12.9 time more likely to die over two years than HIV-seronegative people (Borgdorff et al. Genitourin Med 1995;71:212)
    In Malawi, mortality over three years among children who survived the first year of life was 9.5 times higher among HIV-seropositive children than among HIV-seronegative children (Taha et al. Pediatr Infect Dis J 1999;18:689)
    In Rwanda, mortality was 21 times higher for HIV-seropositive children than for HIV-seronegative children after 5 years (SpiraExternal Web Site Policy et al. Pediatrics 1999;14:e56). Among the mothers of these children, mortality was 9 times higher among HIV-seropositive women than among HIV-seronegative women in four years of follow-up (Leroy et al. J Acquir Immune Defic Syndr Hum Retrovirol 1995;9:415).
    In Cote d’Ivoire, HIV-seropositive individuals with pulmonary tuberculosis (TB) were 17 times more likely to die within six months than HIV-seronegative individuals with pulmonary TB (Ackah et al. Lancet 1995; 345:607).
    In the former Zaire (now the Democratic Republic of Congo), HIV-infected infants were 11 times more likely to die from diarrhea than uninfected infants (Thea et al. NEJM 1993;329:1696).
    In South Africa, the death rate for children hospitalized with severe lower respiratory tract infections was 6.5 times higher for HIV-infected infants than for uninfected children (Madhi et al. Clin Infect Dis 2000;31:170).
    KilmarxExternal Web Site Policy and colleagues (Lancet 2000; 356:770) recently reported data on HIV infection and mortality in a cohort of female commercial sex workers in Chiang Rai, Thailand. Among 500 women enrolled in the study between 1991 and 1994, the mortality rate through October 1998 among women who were HIV-infected at enrollment (59 deaths among 160 HIV-infected women) was 52.7 times higher than among women who remained uninfected with HIV (2 deaths among 306 uninfected women). The mortality rate among women who became infected during the study (7 deaths among 34 seroconverting women) was 22.5 higher than among persistently uninfected women. Among the HIV-infected women, only 3 of whom received antiretroviral medications, all reported causes of death were associated with immunosuppression, whereas the reported causes of death of the two uninfected women were postpartum amniotic embolism and gunshot wound.

    Excess mortality among HIV-seropositive people also has been repeatedly observed in studies in developed countries, perhaps most dramatically among hemophiliacs. For example, Darby et al. (Nature 1995;377:79) studied 6,278 hemophiliacs living in the United Kingdom during the period 1977-91. Among 2,448 individuals with severe hemophilia, the annual death rate was stable at 8 per 1,000 during 1977-84. While death rates remained stable at 8 per 1,000 from 1985-1992 among HIV-seronegative persons with severe hemophilia, deaths rose steeply among those who had become HIV-seropositive following HIV-tainted transfusions during 1979-1986, reaching 81 per 1,000 in 1991-92. Among 3,830 individuals with mild or moderate hemophilia, the pattern was similar, with an initial death rate of 4 per 1,000 in 1977-84 that remained stable among HIV-seronegative individuals but rose to 85 per 1,000 in 1991-92 among seropositive individuals.

    Similar data have emerged from the Multicenter Hemophilia Cohort Study. Among 1,028 hemophiliacs followed for a median of 10.3 years, HIV-infected individuals (n=321) were 11 times more likely to die than HIV-negative subjects (n=707), with the dose of Factor VIII having no effect on survival in either group (Goedert. Lancet 1995;346:1425).

    In the Multicenter AIDS Cohort Study (MACS), a 16-year study of 5,622 homosexual and bisexual men, 1,668 of 2,761 HIV-seropositive men have died (60 percent), 1,547 after a diagnosis of AIDS. In contrast, among 2,861 HIV-seronegative participants, only 66 men (2.3 percent) have died (A. Munoz, MACS, personal communication).

    Gostar

    • “Bem, resta-me te dar os melhores cumprimentos e ir para outras paragens.” Afinal não és sequer homem de palavra!

      Bem isto é que foi copiar/colar directo da fonte! Nem vou perder muito tempo!

      Eram 9777 bacanos! “The inhabitants are mainly peasant farmers who grow bananas as a subsistence crop and cultivate coffee for sale.”
      Ainda dizem que comer bananas faz bem à saúde! PQP! Por azar tiveram de levar com estes mafiosos em cima… Faltou-lhes a tal caverna!

      Destes 9777, 8833 deram sangue para o “termómetro”!
      Uns 303 deram sangue que – AZAR do caraças: “could not be classified serologically”… Merda de testes!

      E depois temos o bolo!

      “At the first survey 377 out of 7802 people (4.8%) were HIV-1 positive, 343 (8.2%) of 4172 adults; in all, 412 (4.8%) of 8833 people who were resident at the first survey were found to be positive for HIV-1 at some time, 388 (8.3%) of 4685 adults.”

      e a cereja…

      “Blood specimens were transported every week to the laboratory of the Uganda Virus Research Institute in Entebbe”… 120 km de viagem em plena África em finais de 1980 inícios de 1990! Um must…

      Resumindo:
      ” 9777 people in the first round of the survey, 549″ 549 mortos entre “VIH+” e “VIH-“. A morte dos “VIH-” é um mistério! Quem sabe se não foi devido à falta de bananas!

      O truque dos burlões é misturarem “No of person years” com número absoluto de mortos! E pronto…

      Conclusão: O “VIH” reduz… Como é?!? (vou copiar/colar para ficar exacto): “These data confirm that in a rural African population HIV-1 infection is associated with high death rates and a substantial reduction in life expectancy.” shit, fuck!!! Antes os africanos não morriam desta forma! O mais estranho é que ao fim de 30 anos de “epidemia” em África as populações de todos os países ditos “alvos da epidemia” aumentaram de forma a fazer inveja a portugal… Aquilo é que é fazer sexo sem preocupações! E tem lógica: “Ora se o VIH mata mais e mais rápido, apenas temos que foder mais e mais rápido para não sermos extintos, visto que os branquelas, só vêm para cá para nos drogar e observar a morrer!”

      Depois temos outra parte cómica! Estes “cientistas” verificaram que estes rurais tinha a tal da infecção mortal e fizeram o quê? Claro… NADA… Limitaram-se a vê-los morrer sabendo que a “causa” era o “VIH”… E nem uma daquelas drogas milagrosas foram capazes de lhes dar! E viva o Juramento dos hipócritas!

      É um estranho modus vivendi…

      Quanto a “estudos” cohort manda aí as ligações feitas em países desenvolvidos! Esquece os miseráveis dos pretos! Já estão negros de tantos abusos!

      Gostar

  16. É só RIR…

    Depois temos outra parte cómica! Estes “cientistas” verificaram que estes rurais tinha a tal da infecção mortal e fizeram o quê? Claro… NADA… Limitaram-se a vê-los morrer sabendo que a “causa” era o “VIH”… E nem uma daquelas drogas milagrosas foram capazes de lhes dar! E viva o Juramento dos hipócritas!

    E se lhes dessem as drogas? Gritavas aos sete ventos que eram as drogas que lhes tinham reduzido a expectativa de vida, então o que queres?

    O engraçado é verificar que na tua equação de má nutrição + sexo anal + stress oxidativo do Montagnier ≠ VIH/SIDA = morte = True:

    – Pegas num grupo de mal nutridos VIH+ e VIH- e só os VIH+ batem as botas mais rápido com ou sem drogas.

    -Pegas num grupo de gays VIH+ e VIH- e só os VIH+ batem as botas mais rápido com ou sem drogas.

    -Pegas num grupo de drogados VIH+ e VIH- e só os VIH+ batem as botas mais rápido com ou sem drogas (esta dá para rir).

    – etc…

    Queres estudos copy/paste de países desenvolvidos? Tá bem …

    In a study from Sweden, scientists followed 461 people with HIV from 1986 to 1993. More than half died by 1993. Only 27 patients (5%) showed no signs of progression to AIDS. The scientists then followed 20 of these 27 patients for another four years. The immune systems of twelve of them got worse. Another study of more than 500 men in San Francisco found that nearly 70% developed AIDS within 14 years of infection. Only 8% showed no progression to AIDS. But even this small number of people had worse CD4 counts than HIV-negative men.

    Engraçado que os testes são um lixo mas quando detectam seropositivos, estes batem as botas mais rápido que os não infectados e seronegativos,

    Certamente podes ir dormir descansado, tudo coincidências…

    Gostar

    • 😆 😆 Então?!? Para estudos fora de África recorres a copia/cola de revistas não científicas?!

      manda lá as ligações dos estudos referidos na revista para me continuar a rir!

      Aliás uma revista que em 2006 ainda escreve “People who develop AIDS are infected with HIV. People without HIV do not get AIDS.”
      é decerto pertença dos teus amigos do gangue de burlões mafiosos, pois não andam a ler o resto das publicações científicas! Já começo a não estranhar o motivo da tua crença!

      “The HIV gap in national AIDS statistics”, Biotechnology, 11 (1993) 955-6
      “Non-HIV AIDS: nature and strategies for its management”, Journal of Antimicrobial Therapy, 37 (suppl. B, 1996) 171-83.
      “Low prevalence of human T-lymphotropic virus type I (HTLV-I) in HIV-positive patients in Kenya”, Journal of Acquired Immune Deficiency Syndromes, 7 (1994) 876-7.
      “Clinically diagnosed AIDS cases without evident association with HIV type 1 and 2 infections in Ghana”, Lancet, 340 (1992) 971-2.

      Ups! Não gostas? Deixa lá… Basta não ler! E a ilusão mantém-se estável!

      Se continuas assim… Vou começar a bocejar!

      “Engraçado que os testes são um lixo mas quando detectam seropositivos, estes batem as botas mais rápido que os não infectados e seronegativos,” mas não sabes a causa da morte, ou leste os estudos todos e relatórios de autópsia de todos os mortos? Alto, espera… Assim que o termómetro indica “POSITIVO” a causa da morte será SEMPRE “VIH/SIDA”… Já me tinha esquecido deste detalhe!

      Todos os dias durmo serenamente… 😎

      Gostar

      • Se calhar tens razão e o HIV é mesmo capitalista. Tão capitalista que tem o monopólio todo da SIDA comprou as ações a todos os outros possíveis sócios minoritários.
        Inspirado por esta actitude arrojada a hepatite C, aproveita a sua posição forte e similar no mercado como vírus sem vacina tenta fazer uma OPA às ações da hepatite B no mercado das hepatites cronicas. Numa entrevista a hep. C afirma “hep B? Isso não existe nos temos o monopólio, não existe mais nada além de nós quem afirma o contrario é dogmático”.

        Haver outras causas de SIDA não prova a não existência de HIV, apenas afirma não ser o único agente etiológico desta síndrome.

        Vou ser preguiçoso, tal como tu foste ao nao disponibilizares os links, e apesar do teu bluff não me vou dar ao trabalho de ler os artigos que tu também não leste. Antes vou citar quem leu.

        http://cwgk.blogspot.pt/2011/02/aids-denialism-deadly-ignorance-part.htm

        Não faço minhas todas estas palavras mas já deu para perceber o que prova esses artigos… ou o que não prova

        Gostar

        • Ò BURLÃO…

          “Haver outras causas de SIDA” quais são elas?

          A FRAUDE é tanta que a ligação que aqui deixas dá o resultado “Sorry, the page you were looking for in this blog does not exist.”… Mas como sei que isto deriva apenas da tua crónica analfabrutice e incapacidade tecnológica… Fui lá ter de outra forma…

          Ora a tua fonte de sapiência agora é um estudante de algo que critica da seguinte forma os cientistas ” However, as a perfect example that even eminent scientists can hold completely insane beliefs, Mullis also believes in astrology, denies anthropogenic global warming, and believes he has conversed with an alien in the form of a glowing raccoon.” evidente que este teu amigo burlão nem sequer refere as fontes… Mas também para quê? Está como o teu amigo do Clube NN “Na minha falta de argumentos, desqualifico o interlocutor”

          “Vou ser preguiçoso, tal como tu foste ao nao disponibilizares os links, e apesar do teu bluff não me vou dar ao trabalho de ler os artigos que tu também não leste”
          Pois é evidente que não vais ler… Nem eu esperava tal coisa de ti! Lês fax’s e sabe o teus deus e esforço!

          Era só isto?

          O banho já vai?

          Gostar

          • Eu disse que não assinava tudo o que ele dizia. Mas deu para provar duas coisas, não leste efetivamente esses artigos que pelos vistos são muito populares entre negacionistas visto haver um blog que se deu ao trabalho de analisar esses mesmos artigos. A outra é que ignoras conscientemente as partes em que os teus próprios artigos negam a posição que supostamente deviam apoiar… por palavras tuas: “isso não interessa para nada”

            Gostar

      • “mas não sabes a causa da morte, ou leste os estudos todos e relatórios de autópsia de todos os mortos?”

        Mas é preciso ler? Basta contemplar as probabilidade de pegares em 2 grupos e ser sempre o mesmo a morrer em maior quantidade no mesmo espaço temporal!

        Gostar

  17. Lol não digas isso viriatos olha que isso é só informações de burlões, tens primeiro de submeter à revisão do perito voz0db para ver se presta essa informação ou faz parte da conspiração.
    O que é de estranhar uma pessoa tão capaz de fazer pesquisas na net, nunca se tenha lembrado de procurar trabalhos de microscopia eletrónica sobre o assunto, e teimas antes em fazer da “inexistência” de fotos do vírus um axioma.
    Estamos na era das selfies não me admira que te mantenhas nessa nova máxima filosófica “foto logo existo”. Mas olha aqui umas selfies bem bonitas para ti:

    http://www.plospathogens.org/article/info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.ppat.1003899

    http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0022283604015359

    http://emboj.embopress.org/content/26/8/2218

    http://www.plospathogens.org/article/info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.ppat.0030063

    http://www.plospathogens.org/article/info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.ppat.1001173

    http://www.pnas.org/content/107/30/13336

    http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1931312808003673

    Quando decidires que estes trabalhos também não prestam tenta ser pelo menos original. Já cansa essa treta mastigada de outros blogs da conspiração de gente com bastante tempo livre como tu que tu lês papas e vomitas meio digerido e com um toque biliar pessoal para parecer uma coisa nova. Faz uma analise critica séria uma vez que seja.

    Gostar

    • ó BURLÃO! Continuas com a estória das fotos? Olha que isto não é o teu facebook! Vai lá e tenta a tua sorte para conseguires ganhares os $100.000

      Mas com treta de “R9 proviral expression vector” e clones e oriundas de tecidos do intestino…
      Tu és tão cómico que até metes uma de “Virus-like Particles” mas as imagens disponíveis só se otários pagarem!
      Outra com “dendritic cell and T cell”

      Bem quando ganhares o prémio avisa!

      O mais curioso disto tudo… É que tanta foto, tantos dados, tantas drogas, tantas certezas e no final… NADA!
      “Which cells are targets? How do they work? Are there antibodies that can be manipulated? How? What cells can harbor latent HIV? Can they be located and destroyed?”
      e claro “precisamos de mais dinheiro e tempo pois a nossa teoria tens furos por demais!”

      Já estou a ver o próximo nobel da medicina tuga… 😆

      Gostar

      • Disponibilizei os artigos a pagantes, pois já te vieste gabar de conseguires os artigos. Mas não eram fotos que querias? Aí as tens… não gostas? Não estava à espera de outra coisa.

        Mas primeiro e antes de mais porque não me mostras onde eu posso reclamar o premio? Falas tanto disso mas um sitio onde realmente este premio seja apresentado nicles, nunca disponibilizaste. Talvez este premio é que é fictício não o HIV.

        Foram muitos os links e então utilizas argumentos vagos para os descartares a todos, de certa forma é original, não posso negar.

        http://www.plospathogens.org/article/info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.ppat.1003899

        Este não é a pagantes, as imagens são bem bonitinhas e o artigo é deste ano. Tanta trabalho tiveste a falar da importância do sexo anal e do intestino na infeção e agora a amostra vir do intestino é parvo? O intestino que falas são os GALT órgãos linfáticos que fazem parte da proteção celular dos intestinos, se não sabes o que é procura.
        Mas para alguém com a tua cultura, são como mini amígdalas que existem nos intestinos, e o que são as amígdalas/galt? São órgãos linfáticos e imunitários onde se concentram “glóbulos brancos”: linfócitos, macrófagos, etc… exatamente as células que o vírus infecta. Achas portanto que amostras de órgãos linfáticos com altas de concentração de leucócitos é estupido? Pois mas estupido és tu por não saberes do que falas.

        “células dendríticas e células T” realmente que estupidez fotografias de células dendríticas e células T com o vírus, só pode ser falso!!
        Especialmente quando não se sabe o que são células dendríticas e não se sabe que célula T é outra designação para os linfócitos T.
        Que linfócitos T muito falados no HIV conhecemos? Exatamente os linfócitos T helper CD4+. CD4 é a designação de uma proteína de ligação na superfície celular dos “glóbulos brancos” indispensáveis a capacidade do HIV infetar essas células e não outras e não todas as células do organismo, que mais células são CD4+?
        Os macrófagos e as células dendríticas. O que são células dendríticas?
        “glóbulos brancos” periféricos responsáveis por recolher e apresentar tudo o que é antigénio a células competentes, onde?
        Nos órgãos linfáticos, inclusive no GALT desse primeiro estudo.
        Portanto tudo malta que o HIV consegue infectar e a ti parece-te que isso tira validade as imagens?! Pois pelo contrário meu caro dá-lhes validade, são partículas virais fotografadas no sitio onde deveeiam estar de acordo com o “dogma”.

        Muito bem meu caro esse teu conhecimento da imunologia é um espanto. E antes que voltes a repetir a perola do burlões a citar burlões, o meu conhecimento em imunologia vai para além do HIV, existe antes e muito para lá do HIV, eu não estudei a imunologia para o HIV. Não cais no comulo de começar a negar toda a imunologia e já agira toda a medicina por causa desta birra…
        Se te faltam bases ou conhecimento é um problema teu, a informação esta disponível, se não acreditas no que escrevi confirma. Por uma questão de brio, devias era pelo menos conhecer o dogma todo antes de andares a mostrar até onde é limitado o conhecimento e a ridicularizar-te a ti próprio.

        Gostar

        • “Trabalhos a Pagantes”! Não falo por mim ó burlão!

          estes também dão dinheiro, mas menos, mas também não te custa nada, afinal os outros trabalharam por ti!

          o outro SE NÃO FOSSES O BURRO REAL QUE ÉS, DE FACTO, SEM DÚVIDA… facilmente encontravas, mas toma lá a ligação SEU BURRO BURLÃO!

          Agora o intestino já te interessa?

          Cata-vento? Sabes o que é? Não! Olha-te ao espelho…

          E para concluir que como és preguiçoso!

          Resumido a posição dos dois não-negacionistas (NN) da teoria “VIH é a causa da SIDA” que aqui aterraram:

          Os dois trabalhos suporte inicial da teoria (um americano e outro francês) não têm sustentação científica para suportar tal afirmação ( o americano é fraude comprovada, o francês já foi desacreditado pelo próprio autor) – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

          Os testes (rápidos/ELISA/WB) não são específicos nem sensíveis segundo a própria comunidade científica que suporta a teoria em causa – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

          Os testes (rápidos/ELISA/WB) não servem para diagnosticar a infecção nem a condição SIDA – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

          As drogas utilizadas apesar de segundo os fabricantes não servirem para curarem a infecção, a SIDA, nem infecções oportunistas, e de serem altamente tóxicas, cancerígenas e poderem ter como efeito secundário a morte – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

          Existem casos e casos de SIDA sem “VIH” ( o que é estranho dado a teoria ser “VIH é a causa da SIDA”) – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

          Existem casos de seronegatividade mas com infecção pelo “VIH” – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

          AS CD4+ variam em indivíduos saudáveis “VIH-” ao longo das estações do ano de forma idêntica aos “VIH+” – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

          Depois disto resta o quê?

          Continuar a acreditar na teoria “VIH é a causa da SIDA” como é lógico… E claro, ser sócio da claque NN 🙄

          Um banho vai agora?

          Gostar

          • Podes ter a certeza que já me fizeste rir bem aqui. O importante para mim não é ser no intestino seu cromo, é ser em órgãos linfáticos. Quem descartou as fotos por serem do intestino foste tu, o grande defensor da tese da SIDA como resultado de uma espanadela rectal… tu lês o que escreves? Ou pelos menos sabes no que acreditas e defendes ou é como calha? Grande LOL

            Gostar

            • Continuas sempre na mesma!

              Mas agora que sabes onde reclamar os prémios… Vai lá burlão… E BOA SORTE!

              Não podes é deixar a tua prostituição actual porque senão depois tens mesmo que dar o ânus ao manifesto!

              Não te esqueças da profilaxia HAART… Mais vale prevenir que remediar!

              Gostar

  18. OK, agora sim convenceste-me VIH≠SIDA logo VIH não existe, como é que ainda não tinha percebido (dumb)!!!

    Logo metade de 461 = 230 pessoas morreram apenas porque estavam vivas num intervalo de 7 anos, faz sentido!!!

    Agora só nos falta convencer o H, então que tal fazeres um post em forma de questionário:

    – Quantos leitores acreditam na existência do HIV.

    – Quantos leitores não acreditam na existência do HIV.

    – Quantos dos leitores que não acreditam na existência do HIV, estão dispostos a partilhar uma seringa com um seropositivo.

    Epá a última é simples 0, é que nem mesmo o autor… 😆

    Mas os mais profundos agradecimentos pelas risadas que me dás, só resta as Bolhas darem o POP e depois é só gritares aos 7 ventos que bem nos avisastes (protagonismo, oh yes). No fim é só continuares a ingerir energia solar e defender uma democracia direta!!!

    Agora sim vou para ouras paragens (mas atenção não sou de palavra)!!!

    Escusas de te despedires com birras de catraias de 5 anos:

    Escrito a olhar para o espelho!!!

    Quem o diz quem o é!!!

    vai tu!!!

    Cpts

    Gostar

    • Resumido a posição dos dois não-negacionistas (NN) da teoria “VIH é a causa da SIDA” que aqui aterraram:

      Os dois trabalhos suporte inicial da teoria (um americano e outro francês) não têm sustentação científica para suportar tal afirmação ( o americano é fraude comprovada, o francês já foi desacreditado pelo próprio autor) – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      Os testes (rápidos/ELISA/WB) não são específicos nem sensíveis segundo a própria comunidade científica que suporta a teoria em causa – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      Os testes (rápidos/ELISA/WB) não servem para diagnosticar a infecção nem a condição SIDA – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      As drogas utilizadas apesar de segundo os fabricantes não servirem para curarem a infecção, a SIDA, nem infecções oportunistas, e de serem altamente tóxicas, cancerígenas e poderem ter como efeito secundário a morte – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      Existem casos e casos de SIDA sem “VIH” ( o que é estranho dado a teoria ser “VIH é a causa da SIDA”) – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      Existem casos de seronegatividade mas com infecção pelo “VIH” – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      AS CD4+ variam em indivíduos saudáveis “VIH-” ao longo das estações do ano de forma idêntica aos “VIH+” – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      Depois disto resta o quê?

      Continuar a acreditar na teoria “VIH é a causa da SIDA” como é lógico… E claro, ser sócio da claque NN 🙄

      Gostar

    • Se o sangue da Alexandra for do mesmo tipo do meu, e depois da devida detox das drogas HAART que anda a ingerir desde que nasceu, até faço transfusão, depois de ler o processo clínico e acompanhar a detox ao vivo!

      Arranja fundos e vamos lá!

      Gostar

    • (protagonismo, oh yes)

      novamente o espelho atrapalha!

      a única coisa que retiro disto é pura diversão, de contemplar a MANADA a mugir e a dar coices porque anda distraída a pastar nos pastos do costume!

      Sugiro ires a esta paragem 😉
      E coincidência do caraças também são VIHriatos… De quê? Acho que nem eles sabem bem… 😆

      Gostar

  19. Voltei!!!, vim só dar-te 5* pelo último comentário, tá um showww…

    “já foi desacreditado pelo próprio autor” como fazes para saber se ele diz a verdade, é conforme o dia da semana?

    Já te demonstrei que o salafrário ora faz um discurso quando ganha a lata ora faz outro quando lhe apetece e que eu saiba nunca disse que o VIH não existe a penas que podia ser curado com a referida e gasta equação. Apesar deste se andar a injectar, mas não interessa os hábitos do tipo…

    Não sabes que andam também salafrários médicos a defender que o cancro pode ser curado com bicarbonato de sódio, é melhor começares a snifar!!!

    Aqui os NN já se fartaram de dedar que a SIDA não é obrigatoriamente causada pelo VIH mas isto não prova que este existe ou não existe, não passas de retórica vazia… É melhor tirares um tempo e fazeres a re-leitura dos posts ou então não sabes lêr?

    Presumo que sejas um dos salafrários que tanto criticas, então porque não abres um escritório e começas a vender placebos aos infectados, salvas estes das drogas e ainda ganhas algum$$$$.

    Já agora, alguma vez viste na vida um infectado??? E não venhas com o blá blá blá de que todos podem ser virtualmente infectados.

    Sugiro-te novamente para fazeres o questionário, para percebermos se o teu tempo gasto a teclar tem sido em vão….

    Keep run the program… da retórica vazia e falaciosa “isso não interessa para nada”

    Gostar

    • “já foi desacreditado pelo próprio autor” como fazes para saber se ele diz a verdade, é conforme o dia da semana?

      Do melhor ó Viriathus! Esse teu modo vivendi de acreditar na teoria “VIH é a causa da SIDA” assim não tem pernas para andar! Afinal de contas os teus amigos do comité nobel atribuíram-lhe o nobel da medicina 2008 pela “descoberta do vih” e se nem tu acreditas nele, como raio acreditas na teoria que tem como suporte o trabalho dele? Faz lá uma fórmula para espelhar esta tua coerência!

      “SIDA não é obrigatoriamente causada pelo VIH” já perguntei ao outro burlão, agora pergunto a ti: QUAIS SÃO ENTÃO AS OUTRAS CAUSAS DA SIDA?

      Mais um candidato a prémio nobel!

      Se seguisse sugestões de crentes burlões e que acreditam em “salafrário” autores de teoria médicas, então era o quê?

      Eu ao contrário de ti e do teu Amiguinho Burlão não procuro fontes de lucro, nem ganhar algum $$$$

      “Já agora, alguma vez viste na vida um infectado???” Já… Sempre que me olho ao espelho! 😆

      Gostar

  20. OK, desisto levei uma tareia!!!

    Podes-me fazer um favor?

    Faz só um post/questionário para saber quantos dos teus leitores acreditam ou não na existência do HIV,
    Julgo que não seja nada que te incomode e é algo que tenho especial interesse.

    Gostar

    • Faz um no teu blogue! Tens mais leitores que o meu e assim podes fazer as perguntas tua à vontade!

      Gostar

      • É claro que para um narcicista, descobrir que ninguém acredita nas suas teorias é um choque irreal! 😆

        Gostar

        • Nada disso… Assim o Universo até é maior e assim não sou acusado de manipular os resultados pois os que irão responder ao questionário feito neste espaço, seriam os que já leram as minhas mensagens!

          Assim no teu blogue o universo está virgem de interferências negacionistas e como tal a amostra que porventura responda é válida!

          Se nem isto compreendes sobre questionários então muito se explica! 😆

          Be 😎 and “Keep faith in the theory, and Pray on” 😆

          Gostar

          • Blá blá blá e mi mi mi, sinceramente não sei do que tens medo. Aliás faz lá o questionário e sejam quais forem os resultados deixo de te maçar por estes lados!!

            E menos choro, fica-te bem!!!

            Gostar

    • E já agora! Como aqui e ali deste a entender – ainda que de forma oposta – que és um verdadeiro macho latino, sugiro que vás ao médico solicitar medicação HAART como profilaxia (mesmo antes de testes “VIH”)! Depois de uns dois meses de profilaxia pedes então ao médico para fazer o teste de “VIH” (antes não, senão perde a piada), e voilá! Feliz positividade!

      Gostar

    • MAS ANTES DE DESISTIRES!

      Então quais são afinal as outras causas da SIDA?

      De certeza que tu consegues fazer uma rápida busca na WWW e na deepweb para encontrar mais uma preciosa ajuda free of charge para a Humanidade!

      Sê um fiel seguidor de Viriato e faz uma pela nação!

      O outro sócio dos NN não sabe, ou sabendo, está armado em invejoso e não partilha a sapiência! É típico de burlão! Mão de vaca… Bem neste caso, mão de boi!

      Gostar

  21. http://www.virusmyth.com/aids/award.htm
    Isto é a pagina oficial? Parece-me legitimo.

    https://sites.google.com/site/religionsciencevsfaith/a-1-000-000-reward-for-scientific-proof-of-hiv

    Religionscience vs faith. Sem duvida legitimo. Mas pronto fico descansado, a haver premio é atribuído por gente séria…

    Esta discussão não vai levar a lado nenhum, estou perfeitamente convencido que a tua posição se deve à falta de informação antes da cristalização da opinião. Sendo que agora és só casmurro para não considerares novas informações. Não te julgo, muito, essa posição é bem mais interessante dá-te um ar de missão incompreendida… tudo bem cavaleiro andante todos precisamos de uma missão. Vou só responder-te a isto e depois vou também para outras paragens que já perdi tempo que chegue, e não aprendi nada.

    “Os dois trabalhos suporte inicial da teoria (um americano e outro francês) não têm sustentação científica para suportar tal afirmação ( o americano é fraude comprovada, o francês já foi desacreditado pelo próprio autor) – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

    Nenhum dos trabalhos foi oficialmente retratado, até isso acontecer és só tu que dizes que são fraudes. Os dois trabalhos ainda estão disponíveis para consulta, se fossem considerados fraude deixariam de estar. Por isso tu dizeres que são fraude, por mais que respeitasse a rua opinião, não interessa para nada

    “Os testes (rápidos/ELISA/WB) não são específicos nem sensíveis segundo a própria comunidade científica que suporta a teoria em causa – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

    Antes de tentares aprender sobre o que seja através de sites manhosos, tenta aprender o que se faz e do que se trata realmente as coisas pelas vias credíveis e depois pondera as alternativas, não comeces a casa pelo telhado. Tenho pena de não encontrar o site que fala da especificidade e sensibilidade dos testes. Mas fechei a loja de vez…
    http://www.who.int/hiv/amds/diagnostics/en/
    http://www.info.gov.hk/aids/pdf/g190htm/03.html
    Falares de cor não interessa realmente para nada

    “Os testes (rápidos/ELISA/WB) não servem para diagnosticar a infeção nem a condição SIDA – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

    Idem

    http://www.unicef.org/supply/files/HIV_DIAGNOSIS_A_Guide_for_Selecting_RDT_Jan08.pdf

    “As drogas utilizadas apesar de segundo os fabricantes não servirem para curarem a infecção, a SIDA, nem infecções oportunistas, e de serem altamente tóxicas, cancerígenas e poderem ter como efeito secundário a morte – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

    Sim é verdade, são tudo isso, mas permitem um nível de vida próximo do normal a doentes que morreriam em meia dúzia de anos. E por mais estranho que pareça elas conseguem atuar de modo a alterar aquele gráfico que te mostrei varias vezes, são medicamentos que conseguem alterar a carga viral de um vírus que não existe, no mínimo é milagroso por esse teu prisma. Conseguem até aumentar os níveis de cd4 recuperando-os de níveis perigosos, e ao mais são isso tudo. Até se pode nao morrer da doença para se morrer da cura… mas podes crer que a morte pela cura demora bem mais tempo a chegar…

    Existem casos e casos de SIDA sem “VIH” ( o que é estranho dado a teoria ser “VIH é a causa da SIDA”) – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

    Já falamos sobre isto e já te mostrei estudos sobre o que causa isto, e mais uma vez a existência de outras etiologias que explicam exceções, não fazem dessas exceções regras. Tens aqui as explicações para os casos em que a SIDA não é provocada por HIV, http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=Idiopathic+CD4+lymphocytopenia
    Diverte-te

    Existem casos de seronegatividade mas com infecção pelo “VIH” – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

    Não percebi essa estas a falar de falsos negativos?

    AS CD4+ variam em indivíduos saudáveis “VIH-” ao longo das estações do ano de forma idêntica aos “VIH+” – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

    Sim variam dentro de um uns determinados limiares, a infeção provocada pelo HIV têm um padrão próprio que ultrapassa em muito estes limiares. Já te mostrei os gráficos se queres está aqui outra vez, outro diferente.

    Gostar

    • Realmente isto não nos leva a nada, vamos deixar o autor ficar com o protagonismo de vez…

      Segundo este:

      – Existe um senhor laureado que foi um dos responsáveis pela descoberta do HIV, numa posterior declaração disse que a infecção pelo vírus podia ser curada através de práticas profiláticas, logo se a infecção pode ser tratada é sinónimo que o HIV não existe.

      – Uma carta que prova em como no dia da declaração da existência do HIV os testes efectuados não revelavam a presença do vírus, logo este não existe.

      – A falta de uma imagem molecular como em tantos n virus.

      – O resto não comento porque teríamos que supor a existência do vírus!

      Contudo a equação:

      Individuo infectado + individuo não infectado + práticas entre os dois que potenciem a infecção por parte do individuo não infectado (ex. troca de seringas) = depois do período de incubação a individuo não infectado que passou a estar infectado. No mínimo temos que supor que algo foi transferido entre os indivíduos, talvez o estilo de vida, não sei…

      Gostar

    • Ó BURLÃO… Primeiro choraste que não encontras os sítios; Agora vens com a típica ladainha de mafioso burlão… Continua com a profilaxia HAART só te faz bem!

      Quanto ao resto 🙄 mais valia teres seguido o primeiro instinto de estares quietinho! Então são esses os argumentos e ligações brilhantes que apresentas?!? Acho que podem colocar a demência na lista das condições SIDA!

      Vamos lá então rir mais um pouco!

      Nenhum dos trabalhos foi oficialmente retratado, até isso acontecer és só tu que dizes que são fraudes. Os dois trabalhos ainda estão disponíveis para consulta, se fossem considerados fraude deixariam de estar. Por isso tu dizeres que são fraude, por mais que respeitasse a rua opinião, não interessa para nada
      Então esperas que os mafiosos burlões como tu venham ao fim de 30 anos de morte e lucro e charlatanismo declarar oficialmente que os trabalhos de Gallo e Luc são inválidos? Só mesmo um idiota como tu coloca tal hipótese.
      O trabalho do Gallo já foi desacreditado por trabalhos de revisão e pelas provas apresentadas aquando da disputa entre EUA e França sobre quem de facto “isolou” o “VIH”… Ganhou a França! Prémio Nobel e tudo! No caso do Luc vir o próprio autor do trabalho declarar que de facto nunca conseguiram tal feito, só demonstra – MAIS UMA VEZ – que a vossa pocilga está cheia de mafiosos e burlões. Pois no mínimo deviam ter feito algo! Não o fazem pois está tudo a MAMAR da teta do dogma “VIH/SIDA”, como se viu no último CIRCO de 2014!

      Antes de tentares aprender sobre o que seja através de sites manhosos, tenta aprender o que se faz e do que se trata realmente as coisas pelas vias credíveis e depois pondera as alternativas, não comeces a casa pelo telhado. Tenho pena de não encontrar o site que fala da especificidade e sensibilidade dos testes. Mas fechei a loja de vez…
      http://www.who.int/hiv/amds/diagnostics/en/
      http://www.info.gov.hk/aids/pdf/g190htm/03.html
      Falares de cor não interessa realmente para nada

      “Os testes (rápidos/ELISA/WB) não servem para diagnosticar a infeção nem a condição SIDA – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      Idem

      http://www.unicef.org/supply/files/HIV_DIAGNOSIS_A_Guide_for_Selecting_RDT_Jan08.pdf

      Então agora é assim? Eu dou os factos ESCRITOS NAS INFORMAÇÕES QUE OS FABRICANTES DOS TESTES INCLUEM JUNTO DOS MESMOS baseados nos estudos científicos que eles próprios efecturam (para ajudar à isenção!), que demonstram as LIMITAÇÕES DOS TESTES, e para o que NÃO SERVEM… E o BURLÃO do H vem com propaganda da WHO… E, de partir a RIR, um “panfleto” da UNICEF!
      Diz-me lá seu mafioso onde é que nas ligações apresentadas estão descritas as LIMITAÇÕES DOS TESTES e a declaração do que para ELES NÃO SERVEM?
      Além de HAART, estás urgentemente necessitado de uns zolof!
      Depois na ligação da WHO algumas da ligações que os mafiosos lá têm não vão dar a parte alguma, assim como a outra que aqui despejaste de .hk! Mais uma demonstração da tua charlatanice em forma de tecno-burrice!

      Sim é verdade, são tudo isso, mas permitem um nível de vida próximo do normal a doentes que morreriam em meia dúzia de anos. E por mais estranho que pareça elas conseguem atuar de modo a alterar aquele gráfico que te mostrei varias vezes, são medicamentos que conseguem alterar a carga viral de um vírus que não existe, no mínimo é milagroso por esse teu prisma. Conseguem até aumentar os níveis de cd4 recuperando-os de níveis perigosos, e ao mais são isso tudo. Até se pode nao morrer da doença para se morrer da cura… mas podes crer que a morte pela cura demora bem mais tempo a chegar…

      😆 É verdade, e continuam a intoxicar indivíduos com sistema imunitários deprimidos, com estas drogas que curiosamente provocam os mesmos efeitos secundários que depois são atribuídos à suposta “infecção pelo “VIH””… BURLÕES, MAFIOSOS, CRIMINOSOS! É o que és juntamente com o resto dos membros do teu gangue.

      Já falamos sobre isto e já te mostrei estudos sobre o que causa isto, e mais uma vez a existência de outras etiologias que explicam exceções, não fazem dessas exceções regras. Tens aqui as explicações para os casos em que a SIDA não é provocada por HIV, http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/?term=Idiopathic+CD4+lymphocytopenia
      Diverte-te

      Pois de facto já falamos sobre isto, mas falar contigo sobre algo que contrarie o teu dogma/crença é o mesmo que falar para um calhau! Quiçá pior!
      E mais uma vez a demonstração da tua tecno-burrice! Mais uma de borla! Se queres pesquisar sobre “Idiopathic CD4 lymphocytopenia”, tens que colocar aspas no início e no final da frase! Vai lá ver a diferença seu burro, a nível de resultados! E ainda te pagam um salário ao final de cada mês! Puta de desperdício!
      E pelos vistos fizeste a pesquisa “de forma defeituosa” e nem sequer foste ler e compreender a coisa! Genial…

      Mas mais uma vez ficamos deparados com um facto que não pode existir! Se a teoria é “O VIH é a causa da SIDA” e existem tantos casos de SIDA sem o “VIH” então a teoria está furada, e necessita de ser revista! Algo que nunca aconteceu até hoje! Até hoje a MÁFIA CIENTÍFICA continua a afirmar que “o VIH é a causa da SIDA” sem mais nada, nem asteriscos, nem alertas! Se o “VIH” é o único agente infeccioso que provoca a SIDA, segundo a teoria, então se existe SIDA sem o “VIH” algo mais andará a prejudicar o S.I., quem sabe não será algum primo do 9º do “VIH”!!!

      Não percebi essa estas a falar de falsos negativos?

      PQP… Se burrice pagasse imposto, andavas a pedir esmola à porta do Banco Alimentar contra a fome!
      “Seronegative HIV-1 Infection” vai pesquisar, tu que és exímio pesquisador! E vê se desta vez aprendes algo!

      AS CD4+ variam em indivíduos saudáveis “VIH-” ao longo das estações do ano de forma idêntica aos “VIH+” – resposta dos NN: “isso não interessa para nada”

      Sim variam dentro de um uns determinados limiares, a infeção provocada pelo HIV têm um padrão próprio que ultrapassa em muito estes limiares. Já te mostrei os gráficos se queres está aqui outra vez, outro diferente.
      http://uhavax.hartford.edu/bugl/images/HIV-graph.jpg

      E termina-mos em APOTEOSE! Uma imagem com um gráfico sem qualquer outra informação! GENIAL, só mesmo burlões como tu!
      As alterações das CD4+ NÃO SÃO NENHUM BIO-MARCADOR PARA A SUPOSTA INFECÇÃO PELO “VIH”… Mas a tua adoração por drogas tóxicas e letais diz muito sobre ti!
      Havendo formas não tóxicas e eficazes de aumentar os níveis de CD4+ (tirando a exposição solar!), só burlões, mafiosos e criminosos como tu continuam a preferir intoxicar e matar, A TRATAR Um exemplo entre muitos!

      Agora já ias ao banho não, SEU BURLÃO MAFIOSO?

      Gostar

  22. Para terminar, de vez…

    Já leste o ultimo comentário no viriatos? (deve-se ter enganado no blog para deixar o comentário!).
    Volto a repetir, não é isto que está em causa reduzir a carga viral através de práticas profiláticas ou medicina natural!!!

    O que está em causa é a NÃO EXISTÊNCIA do HIV!!!

    O que queres que te digas mais se não consegues ver os pontos furados na tua teoria?

    Vamos pegar na tua teoria e fazer o seguinte raciocínio:

    Pegamos numa portadora de uma simples imunodeficiência (portadora de HIV) adquirida através de má nutrição + sexo anal + stress oxidativo do Montagnier + poluição ambiental. Esta imunodeficiente entra em gestação e existe uma grande probabilidade de que o feto nasça também imunodefeciente ( portador de HIV), mas se tomar certas drogas esta probabilidade é reduzida drasticamente (devido à redução da carga viral por parte da progenitora), mesmo que as drogas afectem o sistema imunitário da progenitora.
    Então quais são as probabilidades de isto acontecer? Talvez as mesmas de um certo modelo de aeronave e de uma certa companhia ir com os passarinhos num intervalo de poucas semanas…

    Se continuas a defender a teoria alucinada de que o HIV não existe, corres o sério risco de te tornares um David Icke nacional quando poderias ter alguma credibilidade e despertar alguns elementos da manada. Isto para não referir que te podias te tornar tão esquizofrénico quanto um certo regulador que disse que o Estado não iria intervir no BES!

    Amizade não é nos remetermos ao silêncio nem andarmos a bajular outros quando não acredita-mos nas suas teorias (a carapuça serve a quem servir), por vezes é preciso denegrir, insultar e atacar para acordarem (e sim sofro de um estranho conceito de amizade 🙂 )!!! Não é o mesmo raciocínio que utilizas para a manada? E não sejas hipócrita ao ponto de repetir que só queres ver a manada a atolar na lama, até certo ponto és engraçado mas depois começas a dar sono!!!

    E volto a repetir (apesar de que quando te dão uma mão quereres logo o braço todo) a teoria HIV=SIDA têm muitos buracos mas isso não demonstra que o HIV não existe, apenas que falta fazer muita investigação. Mas a tua equação de má nutrição + sexo anal + stress oxidativo do Montagnier + poluição ambiental continua a não ser a resposta para todos os casos!

    Um pouco de Humildade para reconhecer os erros só te fica bem.

    Cpts

    Gostar

    • Comentário no viriatos 😆 😆 😆 😆

      Quanto ao resto dos teus furos!…

      O teu texto/raciocínio começa logo sem base!
      Pegamos numa portadora de uma simples imunodeficiência (portadora de HIV)” Como é que aferes que ela é portadora de “HIV”?
      A partir daqui a ilusão, digo, o texto/raciocínio disparou, e nem vou perder mais tempo! Além de que já está demonstrado que a MTCT não existe!

      Quanto ao resto do pensamento, são as tuas opiniões, pelo que sugiro igualmente que tires as remelas dos olhos e acordes!

      novamente para não esquecer!

      Para a maioria da comunidade científica a teoria é “O VIH é a causa da SIDA”. Ponto final, parágrafo. Não encontras em lado nenhum (por acaso encontrei um cientista seguidor da teoria “VIH/SIDA, que afirma no seu sítio web que o “HIV é um agente causador da SIDA”, já o questionei sobre isto, quais os outros, e a resposta foi ZERO! Mas também pode ter sido lapso de escrita visto ser japonês e ter escrito em inglês! Nada de surpreendente!) a teoria “O VIH é um, entre outros, agente infeccioso que causa a SIDA”… Como tal, ou reformulam a teoria, reavaliam os dados originais que a criaram… Ou não conseguem enganar este cromo!

      Pelo que vejo enganam, e bem, muitos não-cromos!

      De facto ando a reconhecer erros, mas não os meus, limito-me a divulgar estudos da própria máfia que contrariam-se entre si, informação dos fabricantes de drogas que declaram claramente que são boas apenas para gerar LUCRO, etc, etc, etc…

      Uma coisa é certa: Nos EUA já há dezenas de casos ganhos em tribunal sobre a fraude da teoria “VIH/SIDA”, sua transmissão sexual, etc! Espera, não acreditas na justiça americana! Pois é, aquilo é direita a mais…

      Fica bem… E não te esqueças de ir ao teu médico de saúde pedir profilaxia HAART, MAIS VALE PREVENIR 😉

      Gostar

  23. ladainha do tecno burlão que tu usas logo a seguir sobre os links que te mandei, és mesmo um cromo e dos grandes. Não sou “blogueiro” profissional não faço sequer por parecer que domino a área, já tu aprendes meia dúzia de conceitos a ler sobre um vírus e já te achas especialista de imunologia e virologia e de analises clinicas. Qual Relvas, tu és um Relvas a esteroides!

    Portanto os trabalho não são retratados mas segundo tu são fraudulentos e devemos acreditar na tua expertise na área só por si?

    Existir etiologias dispersas que explicam <1% dos casos de SIDA não prova a não existência do vírus, existe mais que um vírus da gripe, mais que uma forma de ter hepatite, e quando acontece mais que um vírus, existe cólera e rotavírus e norovirus e mais uns quantos vírus que causam diarreias, existe diversas formas de ter anemia e inclusive virais, meningites virais são vários os vírus mas também há bacterianas e toxicas pneumonias idem… etc etc etc. Mas nenhum destes casos prova a não existência do outro… só na tua cabeça.
    Sobre este assunto

    http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1574-695X.2008.00490.x/full

    "The epidemiologic data do not suggest that the condition is caused by a transmissible agent. Unlike HIV infection, the decrease in the CD4 cell counts of patients with ICL is often slow."

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/8003388

    "Furthermore, the epidemiologic, immunologic and clinical features of this syndrome differ substantially from those of HIV infection."

    Mas para ti é prova que o HIV não existe… ok.

    Depois dás-me informações do teste ELISA, se não me falha a memoria, este teste faz-te imensa confusão, é o que tem uma especificidade mais baixa de todos os outros exames. Mas tu pegas exatamente pela sensibilidade que ronda os 99,95% ou seja em 1000 testes 5 são falsos positivos, repara que falo em 1000 pessoas que falar em 100 era estupido que não existe 0,05% de pessoa. Na bula explica as condições em que esses falsos positivos podem aparecer, mas para ti isso é a prova cabal que o HIV não existe… ok maioral é como dizes. Tu como grande conhecedor dos meandros dos subterfúgios para fabricar dinheiro do "complexo medico-farmacêutico" devias pelo menos considerar que nas bulas não ia aparecer informação que pudesse por em risco esse lucro… mas interpreta essa informação como te dá mais jeito.

    O gráfico que te passei é conhecido por toda a gente que conheça minimamente, existe em todos os livros de virologia de imunologia e microbiologia decentes e estes que eu conheça. Se fizeres questão procuro o estudo original de onde veio o gráfico, se isso te deixa mais descansado.
    Mas mais uma vez a tua idiotice brota aos juros. Este gráfico não quer provar que a variação das cd4 são bio marcador. O que mostra é que a variação das cd4+ esta relacionado com o aumento da carga viral, olha lá bem para o gráfico, eu explico como se "fosses" muito burro. Quando uma linha sobe a outra desce. Grande coincidência essa linha dos HIV subir exatamente quando as CD4+ descem, chegando mesmo a primeira atingir um máximo quando a segunda atinge um mínimo. Estranha relação essa já que a carga viral é feita por exames "forjados que não detetam nada e que não são relacionados com a SIDA"…. YEP agora sim estou também convertido!

    Gostar

    • Ó BURLÃO… Continuas sempre com a mesma ladainha e forma salafrária de estar típica de mafioso criminoso.

      Vamos lá outra vez…

      Não sou “blogueiro” profissional
      A sério!?!? És um BURLÃO MAFIOSO CRIMINOSO PROFISSIONAL…

      já tu aprendes meia dúzia de conceitos
      Tu pelo contrário NADA, ZERO aprendizagem…

      devemos acreditar na tua expertise na área só por si?
      Além de BURRO, és IDIOTA, porque acreditas no que disse o Luc em 1984/5 mas não acreditas neles uns anos mais parte, simplesmente porque vai contra a tua fonte lucro e crença dogmática!
      Ele é que disse, NÃO FUI EU – burro que nem ler sabe –
      O outro tens os relatórios das investigações efectuadas (escusas de pedir ligações, já sei que a seguir vens te queixar que não são fidedignas, mesmo sendo da mesma fonte que debita a oração em que crês)

      Existir etiologias dispersas que explicam <1% dos casos de SIDA
      <1% Mais um número lançado à toa sem qualquer base de sustentação!

      "existe mais que um vírus da gripe, mais que uma forma de ter hepatite, e quando acontece mais que um vírus, existe cólera e rotavírus e norovirus e mais uns quantos vírus que causam diarreias, existe diversas formas de ter anemia e inclusive virais, meningites virais são vários os vírus mas também há bacterianas e toxicas pneumonias idem
      Curiosamente, ou nem por isso, todos os sintomas referidos por essa cabeça alucinada a trabalhar a zoloft’s também provém das DROGAS que mafiosos criminosos como tu e outros prescrevem!
      E o facto de existirem esses vírus todos não significa que o tal do “VIH” exista!
      Já para nem falar nas diarreias que acontecem sem vírus e sem drogas! Enfim…

      Mas para ti é prova que o HIV não existe… ok.
      Mais manifestação de burrice! Outra vez sem compreender nada sobre ICL 🙄 já cansas

      “Overall, 15 (41.6%) developed an opportunistic infection in follow-up, 5 (13.8%) of which were “AIDS-defining clinical conditions,” and 4 (11.1%) developed autoimmune diseases. Seven patients died, 4 from ICL-related opportunistic infections, within 42 months after diagnosis.”
      E NÃO TEM NADA A VER COM “VIH/SIDA” NADA de NADA…

      “… A review article which looked at the immunological markers and surrogate markers for predicting clinical progression from HIV infection to AIDS, was able to discuss the importance of markers such as … percentage of CD4+ T-cells, absolute CD4+ T-cell numbers, and CD4+/CD8 T-cell ratio. It is clearly seen that there have been a plethora of biomarkers which have been studied which predict the progression of an HIV infected individual to a state of active disease of AIDS.”

      O resto da verborreia resume-se a isso mesmo, verborreia!

      carga viral
      Outra vez BURRO?!? Livra que nem para varrer bosta de porcos serves!

      O PCR não pode ser utilizado pois as partes de genoma utilizados como primers, ninguém sabe a que entidade pertencem (até podem ser expressões do nosso próprio genoma) porque nunca tal entidade foi devidamente isolada! “É um vírus? É um retrovirus? É uma bactéria disfarçada? NÃO FAZEMOS A MAIS PEQUENA IDEIA! Mas que existe, lá isso existe!”

      Curiosamente quanto à questão de “Seronegative HIV-1 Infection” continuas tal BURRO que és a contemplar o vão das escadas! E como é teu hábito, nem referência! Apenas evasão… “Foge…”

      Não te preocupes com a origem da foto! 🙄 O reformado é menos idiota que tu!

      Não te esqueças de ir tomar os HAART antes de ires para a caminha! E dois zoloft já agora!

      Gostar

  24. Ó H, já chega não? Este só lá vai com um internamento compulsivo!!!

    ” Outra vez BURRO?!? Livra que nem para varrer bosta de porcos serves!”

    E eu a pensar que a moderação era para evitar faltas de respeito, lá se foi a suposta coerência do autor 🙄

    Mas é que nem ele sabe o que quer, ora salvar os imunodefecientes das drogas ora uma espécie de jihad pessoal contra todos:
    “o que realmente importa é que vão pagar, e piar baixinho!” só lhe falta o cinto de kamikaze,,,

    Também não sabe H que não existe nenhum tipo de vírus de Gripe, se qualquer canja/ iogurte com lacto-bacilos aumenta as CD4+!!!

    O autor que era ” Louco mas pouco” de pouco já não tem nada… 😆 😆 😆
    Só lhe resta o seu modo de vida frustrado e foto-sintético…

    Ps: não te esqueças de trocar o ânodo Ó VIHriato, esse já começa a ficar gasto e o stress oxidativo dá-te cabo do canastro!!! 😉

    Olé, rima e tudo 😆 😆 😆

    Gostar

  25. Numa coisa tens razão contigo não se aprende nada e já me começo a fartar de ti, tenho uma tolerância limitada para fanáticos que perderam a noção da realidade e do ridículo. Mas não precisas de te exaltar, não é por me chamares burro que isso te vai dar razão ou que se quer esse rotulo seja verdade. No que te diz respeito a minha opinião é que continuas a não passar de um idiota, estares a chamar-me burro para mim é piada.

    O <1% esta num dos artigos de revisão que deixei o link, mantive o "<" e não usei a palavra "menos" ou equivalente, mesmo por uma questão de manter a informação tal qual é apresentada no artigo.

    Não se conhece de onde vêm os primers, mas no entanto a venham de onde vierem os resultados mostram uma relação inequívoca com o concentração de CD4. Coincidências… aliens! Ou então a tal entidade desconhecida, "que não é um vírus", gosta só por recriação de subir e descer de forma oposta as CD4, por brincadeira o maroto não HIV. E repara estamos a falar de material genético, não há cá reações cruzadas com a resposta imunitária a outros agentes não há falsos positivos, ou o resultado é uma bandinha no PCR com o tamanho esperado ou então nada feito, não é como essas reações que acontecem em 0,05% das vezes, sabes aquela que se falou e está nas bulas a explicação para esses 0,05% mas que tu achas que isso significa que o facto de PODER haver reações cruzadas com anticorpos para outros agente significa que invariavelmente vai haver essa reação e que se pode diagnosticar sífilis com este teste… já estou a escrever demais tu sabes perfeitamente do que estou a falar.

    Mas olha lá explica-me lá então porque a SIDA, aquela que não é provoca por um vírus nem é transmissível, aquela que tu acreditas, porque razão a índia e quase todo o sudueste asiatico, excepto e por coincidência claro, os paraísos sexuais, não são particularmente atingidos? Estamos a falar de basicamente meio mundo. A fome, as maás condições sanitárias, a pobreza é diferente lá? Da ultima vez que vi estas zonas têm todos os pré requisitos para serem um jardim florido da tua colorida teoria… o dogma HIV/SIDA mete-te confusão apesar das milhares de abordagens diferentes que se fez ao longo deste tempo e o HIV ser provavelmente o vírus melhor estudado no mundo, mas a tua teoria nutrição + sexo anal + stress oxidativo + poluição ambiental já faz tida a logica apesar de só se aplicar a estes fatores africanos e ignorar parte dos países mais pobres e poluídos do mundo, se calhar não há sexo anal no país do kama sutra, deve ser isso… um agente não viral racista é muito mais fácil de digerir, cuidado não te de diarreia…

    Quanto aos "seronegative HIV infection", não estou a ver onde é que isso comprova a tua teoria… mas deve ser por ser burro ou então será por não perceberes puto de imunologia e seres um grandessíssimo idiota, convém lembrar que és um idiota a miude, não vás na tua idiotice esquecer-te.
    Um vírus fugir à resposta imunitária de modo a provocar a produção de anticorpos, (lembraste que sorologia mede anticorpos humanos certo?) não significa que ele não existe, pelo contrario, há-de provocar uma progressão para SIDA de forma muito mais rápida. Mas claro como só leste sobre o HIV deves achar que só é possível acontecer para este vírus e que faz parte da conspiração… para ti é inconcebível que o nosso sistema imunitário não consiga identificar todos os patogénicos e todos os antigénios, sabes sequer como é feita essa identificação? Sabes sequer o que significa os termos que estou a utilizar?… enfim deixa, não faças esforço pode não te fazer bem, a idade não é a mesma e não vás queimar aí um fusível.. ainda é a fusível essa antiguidade que tens ai em dentro da caixa em cima dos ombros certo? Mas ajuda era se pusesses o link de onde leste isso, não posso adivinhar quais os artigos a tua limitada e já lendária capacidade de interpretar (ridiculamente) informação não te permitiu perceber.

    Gostar

    • “Se se fizer uma única vez sexo com penetração do orifício não sexual – Ânus – só para sentir algo de diferente, não acho muito plausível que tal perturbação provoque danos de maior!”

      Já agora, onde será que o autor foi buscar tais dados científicos? Deixem para lá, ora critica as teorias que supostamente não tem base cientifica ora cria as suas próprias teorias sem as mesmas bases (a menos que a homofobia seja uma ciência), é de CONTEMPLAR 😆

      VIH≠SIDA = Voz0db≠Coerência

      A tua matéria orgânica cerebral sempre serve para alguma coisa, talvez para RIR 😆

      Gostar

    • não é por me chamares burro que isso te vai dar razão
      Não é por esse motivo que te adjectivo de BURRO, é porque de facto és BURRO! Infelizmente não és o real Burro, pois assim ainda terias alguma serventia, algures no interior do país!

      Vamos lá à risota… Outra vez 🙄

      O <1% esta num dos artigos de revisão” qual era mesmo?!?

      Já vi que continuam encadeado pelas CD4+, pouco importa todos os outros estudos… Aquele único gráfico é o teu “deus”!
      E novamente relativamente ao facto de as CD4+ não poderem ser utilizadas como biomarcadores para a presumida infecção pelo “VIH” a táctica mafiosa novamente em acção! NADA de falar no que te incomoda a reza!

      Mas olha lá explica-me lá então porque a SIDA, aquela que não é provoca por um vírus nem é transmissível,

      😆 Seguindo este teu raciocínio (de burro) tal explicação só pode ser porque os indianos não fazem sexo! Afinal para ti o “VIH” é transmitido por via sexual! Mas a tua burrice excede a expectativa!
      “Yet in terms of individuals infected, India is home to the third largest number of people living with HIV in the world.” PQP… Não pode ser! IMPOSSÍVEL. Ó HORRORES DOS HORRORES!
      Só para te acalmar a fonte desta declaração são os teus fidedignos amigos da UNICEF! Se servem para A… Pois é!

      o HIV ser provavelmente o vírus melhor estudado no mundo
      Pois de facto confirma-se o teu baixo nível! 30 ANOS dos tais estudos, e no final o que sabem? ““Which cells are targets? How do they work? Are there antibodies that can be manipulated? How? What cells can harbor latent HIV? Can they be located and destroyed?”” Conclusões da última feira de “cientistas”… Vai dar-lhes banho!
      Espera… Já sei! Daqui por mais uns 30 ANOS e mais uns biliões de financiamento, aí sim, já saberão algo! Além de que 30 anos a “estudar” com base em burlas e falsificação de dados, é no mínimo extravagante!

      Quanto aos “seronegative HIV infection”, não estou a ver
      Que tu não vês nada, já alguns de nós sabemos! Infelizmente para ti, isto apenas é só mais um furo na tua querida teoria “O VIH é a causa da SIDA”. Pois não dá lá muito jeito, ter uma teoria destas, tão dogmática e sem sustentação possível… Daí que pareces uma uzi rodopiante! Disparas para todo o lado…

      “Um vírus fugir à resposta imunitária de modo a provocar a produção de anticorpos”
      Explica lá esta? Então o “VIH” anda a fugir à resposta imunitária de modo a provocar a produção de anticorpos? Mais uma prova de que de facto estás contaminado pelo teu querido “VIH”! É burro como ele!

      “…Because of the 10% and usually far greater variation in HIV-1 DNAs…” Num pedaço de 9719 pares de base que a máfia afirma ser a “sequência do “VIH”” existe SEMPRE (no mínimo) 10% DE VARIAÇÃO DO DNA… 10% de alterações são algo de “insignificante”…

      Mas habitualmente a variação é SEMPRE SUPERIOR A 10%… E contudo NADA SE ALTERA! mais de 10% de alterações são ABSOLUTAMENTE ALGO PARA SE IGNORAR!

      E ainda andas tu a escrever sobre quê?

      Siga….

      há-de provocar uma progressão para SIDA de forma muito mais rápida
      É mais um furo na tua adorada teoria. O desgraçado que caiu nas mãos dos máfias e virou cobaia tinha 68 anos em Fev2010! Começaram logo a intoxicar o desgraçado do velho com tenofovir + emtricitabine + efavirenz (mais um lucro à pala do velho!) e SURPRESA “Os testes já deram positivo”, WB POSITIVO – PARABÉNS AMIGO, ACABA DE SE SAIR O EUROMILHÕES.
      É sempre bom saber que as drogas provocam positivos nos testes ultra-específicos e sensíveis e imbatíveis como o WB!

      JÁ TE DISSE QUE ESCUSAS DE ME PEDIR MAIS LIGAÇÕES… Para ti TODAS ELAS SÃO FORA DO CONTEXTO!

      Vai tentando desenvolver as tuas limitadas capacidade informáticas… E depois até podes brilhar à menina da propaganda médica e quem sabe não recebes um bónus!

      Hoje não te esqueças de tomar as drogas HAART! isso tem de ser tomado religiosamente… Senão o “VIH” foge!

      Aí vai banho…

      Gostar

  26. Realmente o anonimo tem razão és um caso perdido. Ainda tava a teimar por me dar comichão ler tanta idiotice e teimosia junta. Mas depois percebi que admitires que a tua teoria não tem logica nenhuma perdias o teu teme preferido, e já não podias postar no dia mundial da SIDA, nas conferencias da SIDA, na angariação de fundos luta mundial contra a SIDA do encontro de comes e bebes em favor seropositivos do grupo recreativo olivais e moscavide… era um vazio em ti. Portanto este será o ultimo post que faço sobre este assunto.

    Anonimo, não te preocupes que eu não me ofendo com ataques de frustração de leões da net, esses mostram muito os dentes mas não mordem ninguém, pela minha parte ainda não perdi a noção das fronteiras do real e do virtual. Quando desligo o meu tablet começa a minha vida, já o autor deste blog será mais o oposto… enfim. A única coisa que me incomoda, ou melhor o que me enoja, é saber que este senhor vai ter sonhos molhados por se ter metido em bicos de pés ao achar que por me chamar burro ganhou razão ou que ficou maior, tal é a demonstração de insuflado torácico virtual vulgo “fazer peito”. Um homem desta idade acordar de cueca molhada é sempre deprimente. Mas, e se o momento alto do dia deste senhor é ter a liberdade de insultar alguém que claramente tem uma formação mais adequada no tema em discussão e mesmo pensar que tem sequer uma sombra de razão, então que seja. 😉 se é para te sentires outra vez o galo nesta capoeira eu não me importo que só vim de passagem, chama aí nomes à vontade.

    Podia antes calar e aprender, mas há egos que não o permitem.

    Podia por exemplo aprender, que em epidemiologia não se comparam números absolutos, porque simplesmente é estupido. Podia até ter desconfiado disso quando a própria citação dele começa com um “yet”. Mas as vezes o conhecimento em inglês não chega. Deixo-te um dos muitos gráficos sobre a distribuição de HIV no mundo, só para teres uma perspetiva, este é da who como podes ver na legenda.

    Verifica-se uma Índia pais do kama sutra sem sexo anal, uma china poluída sem poluição e um sudoeste asiático pobre mas sem pobreza. Olha lá que todos estes países tem uma prevalência mais baixa que na europa, ou seja, tens maior risco de apanhar HIV na europa que nestes países (apesar dos números absolutos, daí o problema em os utilizar, capixe? B-) ). O que está totalmente de acordo com a tua teoria, NOT. A não ser que estes dados tenham sido forjados especialmente para ser apresentados nesta discussão, o que também pode ter acontecido. (ironias tu percebes espero que não seja preciso fazer ressalvas quando estou a usar de uma). Afinal de contas, a poluição, o stress e o sexo anal de africa é montes de perigoso e muito pior do que nestes países asiáticos, há-de ter a ver xom o tamanho do falo com certeza, uma desvantagem em ser uma raça avantajada. Ou então os orifícios anais asiáticos são em bico como os olhos dos chineses e o vírus não entre nessa forma geométrica, quem sabe, as opções são ilimitadas…

    Tenho contudo pena que não mostres mais links, gostava mesmo de saber onde é que se arranja o almanaque da conferencia da SIDA 2014 para totós. É que vi o programa, li os temas apresentados pelos oradores e nenhum sitio encontrei isto: “Which cells are targets? How do they work? Are there antibodies that can be manipulated? How? What cells can harbor latent HIV? Can they be located and destroyed?”. Mas com certeza e pelo teu historial, nem me passa pela cabeça que tenha sido uma informação empolada e fora de contexto. (ironia)

    Mas eu percebo porque não mostras mais links, porque a tua historinha do homem “seronegative HIV infection” veio de um desses teus sites da conspiração que até tu tens vergonha de mostrar, a medir pelo seguimento temporal e pela “dramática conclusão”, “e agora é seropositivo e aí é que está o problema”, permite que me ria aqui um bocado, rir da estupidez alheia é mau, mas esta tua nova teimosia é uma perola tao doce que não resisto.
    Vamos lá ver o quanto é estupido, mesmo com os teus (parcos) conhecimentos:
    se a infeção é detetada apenas com anticorpos (não é), como detetaram a infeção? Não me digas que foi com proteínas do envelope do vírus ou do RNA de quem? Do vírus, pois claro, são as alternativas que existem aos anticorpos. E afianl de contas há uma infecçao diagnosticada… Mas então não era suposto essa situação mostrar que o vírus não existe?
    Esta a ficar estranho não achas? Apresentas uma situação em que o que se prova é que é possível o corpo humano não reconhecer o antigénio (presumo que saibas o que é), e não responde com a produção de anticorpos específicos (espero que conheças a diferença anticorpo/antigénio), logo estes anticorpos (que são produzidos pelo corpo, e isto é importante) não estão presentes no sangue e não podem ser detetados pelos métodos mais comuns usados na deteção do vírus.
    Mas a infeção viral foi detetada, como teimas em não mostrar o link, presumo que se foi detetada, foi pelos métodos alternativos. Ou seja, Proteínas do envelope do próprio vírus ou RNA do próprio vírus. Estou a repetir-me porque assim também se aprende, e contigo é só mesmo à marrada.
    Portanto e para finalizar, como a infeção foi detetada pela presença de elementos do próprio vírus, e não como normalmente pela deteção dos anticorpos produzidos pelo corpo em resposta a esse vírus, então o vírus não existe!! Uma boa lógica. Depois como diz o outro com pronuncia brasileira”e o burro sou eu?!”

    PS +/-: já tinha reparado no seguinte lapso, mas não tenho ferramentas que me permitam editar depois de publicado, mas parti do principio que ias perceber que tinha faltado aí um NÃO nessa frase, sobrestimei-te, mas eu repito com um essa palavra em maiúscula: ““Um vírus fugir à resposta imunitária de modo a NÃO provocar a produção de anticorpos”

    Já escrevi um bocado demais mas só quero comentar mais uma coisa. “Já vi que continuam encadeado pelas CD4+, pouco importa todos os outros estudos… Aquele único gráfico é o teu “deus”!”
    É triste quando nem sequer atinas com aquilo que acreditas e tão pouco com aquilo que queres refutar mas que pelos vistos também conheces pouco. Ainda mais triste é ter de te relembrar aquilo que acreditas e ter de te chamar atenção para uma coisa tão básica sobre aquilo que tentas refutar, mas aqui vai.

    Paradigma que tu refutas: a SIDA é uma síndrome da imunodepressão adquirida (importante lembrar o que significa a sigla não te tenhas esquecido), imunodepressão causada pela perigosamente baixa concentração de uns linfócitos muito especiais os T CD4+. Esta baixa contagem é provocada pelo os efeitos líticos da multiplicação e libertação de um retrovírus ao qual se conhece atualmente por HIV, que se multiplica nessas células e as destrói.

    Paradigma que tu aceitas: a SIDA é uma síndrome da imunodepressão adquirida, imunodepressão causada pela perigosamente baixa concentração de uns linfócitos muito especiais os T CD4+. Esta baixa contagem é explicada pela má nutrição, poluição, stress, e enrabadela sem piedade, deste que seja mais que uma vez porque segundo alguém muito culto “Se se fizer uma única vez sexo com penetração do orifício não sexual – Ânus – só para sentir algo de diferente, não acho muito plausível que tal perturbação provoque danos de maior!” (muahaha rebolei com esta, és muito educativo).

    Portanto estas a afirmar que estou “encadeado com as CD4+”? Epa sim estou, porque embora elas não sirvam para calcular a carga viral do HIV, e não sejam, como tu dizes, só por si biomarcadores, é a sua concentração que determina a SIDA, e caso não te lembres é o HIV que dizes que não existe, não a SIDA! Pelo menos era isso ontem…
    Portanto, se tens estudos que provam uma relação, de um exame laboratorial, que detete e determine a carga viral do HIV e que esta tem uma relação inequívoca com a concentração de linfócitos T CD4+ que determinam a manifestação da SIDA, sim vou ter esta informação muito em conta! Porque detete o que detetar este exame seja HIV ou outra coisa, é inegável a sua relação com a SIDA, se não queres chamar a este elemento HIV, e quiseres continuar com esta posição casmurra a chamar-lhe outra coisa, tipo fator da enrabadela bruta (FEB), estas à vontade mas que este teu FEB tem uma relação inegável com a SIDA, isso tem.

    Gostar

    • Olá Burro! Pelo que li continuas a saga!

      Agora não tenho tempo para responder! Amanhã responderei a mais esta manifestação de burrice (em várias línguas!). Evidente que relativamente à parte do namorico com o anónimo, não vou tecer comentários!

      Não te esqueças de tomar as drogas HAART! Só te farão BEM…

      Gostar

    • Olá… ‘H’omo asinus! Tudo fino desde ontem? Vamos lá então cumprir com o prometido 😎

      Podia até ter desconfiado disso quando a própria citação dele começa com um “yet”. Mas as vezes o conhecimento em inglês não chega.

      Citação dele quem?
      Minha não é, meu cromo iliterato (se tens tantas dificuldades em leitura aproveita que agora existem uns cursos de formação de adultos à noite!), como já tinha escrito FOI A UNICEF A AUTORA DA AFIRMAÇÃO que começa com ‘yet’! Como o teu nível de inglês é 1-1-1-1 é natural que fiques assim!
      Não me digas que só porque a UNICEF agora afirmou algo que vai contra a tua “zerada” argumentação que já vale nada? Serve para distribuir “panfletos” de propaganda barata dos “testes da treta”, para isto já não serve! Sempre o mesmo 🙄
      Não gostas de como a UNICEF apresenta dados? FAZ QUEIXA!

      O gráfico é muito LINDO! Cheio de cores e tal! Pena que são tudo estimativas, e sempre inflacionadas (como convém para manter a torneira do financiamento aberta), e todas elas baseadas e formuladas em AR e em DOGMA! Pelo que vale pelas cores!

      Tenho contudo pena que não mostres mais links

      Outra vez?!? Já te disse. ‘H’omo asinus que daqui (nos comentários) não levas puto! Aprende! Olha os cursos para adultos!

      É que vi o programa, li os temas apresentados pelos oradores e nenhum sitio encontrei isto: “Which cells are targets? How do they work? Are there antibodies that can be manipulated? How? What cells can harbor latent HIV? Can they be located and destroyed?”

      Ó ‘H’omo asinus… Depois não queres que te chame de BURRO! Igual a ti na WWW ainda não encontrei! Começo mesmo a ficar com a certeza de que estás infectado pelo “VIH” e que ele te está a dar cabo do cérebro! Tu sabes ler? A memória ainda funciona? Escrevi na mensagem o seguinte:

      “Antes deste Circo, alguns destes burlões estiveram noutra reunião (não admira portanto que adorem o dogma “VIH=SIDA”, é só festas e viagens!) e as perguntas lá efectuadas assustam até o mais ignorante dos ignorantes!
      “Which cells are targets? How do they work? Are there antibodies that can be manipulated? How? What cells can harbor latent HIV? Can they be located and destroyed?””

      Compreendes ou precisas de algo mais? Outra reunião? Escusas de me perguntar pela ligação! Busca…

      Mas eu percebo porque não mostras mais links, porque a tua historinha do homem “seronegative HIV infection” veio de um desses teus sites da conspiração que até tu tens vergonha de mostrar

      Pois é! És de facto um extraordinário representante da tua espécie (Homo asinus)!
      Achas que é com essa táctica que te vou dar ligações? Continua a tentar… Se soubesses a fonte do estudo, cortavas logo o pescoço! 😆 😆 Digo-te já que é dos teus Amigos… Nada a ver com os “negacionistas”! Busca…

      Vamos lá RIR um pouco mais com este velhote! Mais um fodido por criminosos como tu!

      Começo a RIR-ME de ti, porque a tua burrice é assombrosa!
      “e agora é seropositivo e aí é que está o problema”, permite que me ria aqui um bocado, rir da estupidez alheia é mau, mas esta tua nova teimosia é uma perola tao doce que não resisto.”

      O texto por mim realçado é de quem? TEU? É que eu não escrevi tal frase! Eu escrevi
      “Começaram logo a intoxicar o desgraçado do velho com tenofovir + emtricitabine + efavirenz (mais um lucro à pala do velho!) e SURPRESA “Os testes já deram positivo”, WB POSITIVO”
      Como seria suposto saberes, mas não sabes, as drogas HAART provocam elas próprias falsos-positivos em todos os testes existentes! Daí que para mim não é nem surpresa nem motivo de riso estúpido!

      Mas a infeção viral foi detetada, como teimas em não mostrar o link, presumo que se foi detetada, foi pelos métodos alternativos. Ou seja, Proteínas do envelope do próprio vírus ou RNA do próprio vírus. Estou a repetir-me porque assim também se aprende, e contigo é só mesmo à marrada.

      Não sabia que a tua espécie tinha cornos! Estás a evoluir…

      O ‘H’omo asinus continua a saga de ler a oração, recebida via fax, e depois não te queixes que és nabo!

      De facto os teus amigos detectaram uma proteína – A FAMOSA p24 – oriunda da região gag, que segundo os teus amigos é uma “core structural protein”, característica única do “VIH”!!!

      AZAR dos azares! Infelizmente a p24 não é característica única do teu amigo invisível “VIH”

      ““We did western blot tests for HIV-1…on serum samples from 77 patients with primary biliary cirrhosis, 126 patients with chronic liver disease, 48 patients with systemic lupus erythematosus, and 25 healthy volunteers. HIV-1 p24 gag seroreactivity was found in 27 (35%) of 77 patients with primary biliary cirrhosis, 14 (29%) of 48 patients with systemic lupus erythematosus, 14 (50%) of 28 patients with chronic viral hepatitis, and nine (39%) of 23 patients with either primary sclerosing cholangitis or biliary atresia, compared with only one (4%) of 24 patients with alcohol-related liver disease or alpha1-antitrypsin-deficiency liver disease, and only one (4%) of 25 healthy volunteers…The HIV-1…antibody reactivity found in patients with primary biliary cirrhosis and other biliary disorders may be attributable either to an autoimmune response to antigenically related cellular proteins or to an immune response to uncharacterised viral proteins that share antigenic determinants with these retroviruses.” Resumindo (p24 não é característica única)

      E neste estudo até no grupo dos SAUDÁVEIS existiu um POSITIVO! E estamos a falar do WB, que segundo o ‘H’omo asinus é “altamente específico e sensível”, o teste dos testes, o tira-teimas! 😆 NADA BATE O WB… NADA!

      “HIV-1 p24 antigen is present only transiently prior to seroconversion and later can be complexed by specific antibodies. HIV-1 p24 antigen testing should not be used in lieu of HIV-1 antibody testing as a screen for HIV-1 infection.” – Abbott Laboratories

      “p24 antigen was detected in 6 patients of group P [positive] and 2 patients of group N [HIV-negative].”

      “In 81 (72%) of [HIV-]positive subjects p24 antigenaemia was found in subsequent checks for a median duration of 20 months. p24 antigenaemia was not associated with any clinical pattern.”

      E continua, mas já chega!
      Mas nada disto importa para burlões criminosos como tu! O lema é “INTOXICAR ATÉ MORRER! A CULPA SERÁ SEMPRE DO VIH, NOSSA NUNCA!”

      Logo só porque detectaram a p24 os burlões crentes no dogma assumiram infecção pelo ainda não isolado e purificado “VIH”! BRAVO… MEUS CAROS LEITORES DE FAX’S!

      Até hoje que saiba não proferi nenhuma teoria nem paradigma, limito-me a mostrar para quem quer ler que a teoria “O VIH é a causa da SIDA” simplesmente não é cientificamente válida, nem tem bases fundamentais!

      Quanto ao resto do comentário… Mais tretas que continuas sem compreender, pois apenas saber rezar as orações que lês nos fax’s!

      CD4+…
      “Conclusions: Presenting HIV RNA level predicts the rate of CD4 cell decline only minimally in untreated persons. Other factors, as yet undefined, likely drive CD4 cell losses in HIV infection. These findings have implications for treatment decisions in HIV infection and for understanding the pathogenesis of progressive immune deficiency.”
      Que sono!

      Continuas fixado nos PCR apesar de já estar demonstrado que os PCR em relação ao “VIH” VALEM ZERO

      “Comparison of the estimated mean number of RNA copies per milliliter of plasma with the mean titer of virus in plasma and the p24 antigen level in symptomatic and asymptomatic patients [for symptomatic, HIV-positive patients 100% had detectable RNA ‘viral load’ but only 34/41 of these had positive virus cultures and only 22/35 had p24 antigen detectable] [for asymptomatic HIV-positive patients 29/39 had ‘viral load’ detectable at low levels but only 5/39 had positive virus cultures and 5/38 detectable p24 antigen]

      “PCR results were positive for HIV virus in 3 neonates. These infants on follow up were asymptomatic and 4 have been tested at 18 months using HIV ELISA with two different antigen tests and one rapid test to confirm the diagnosis. Surprisingly, all 3 PCR positive neonates were nonreactive to ELISA.”

      SURPRESA… Afirmam eles!

      Bom… Acho que por hoje chega 🙄
      Não te esqueças ‘H’omo asinus de tomar as drogas HAART religiosamente… PROFILAXIA SALVA VIDAS!!!
      😎

      Gostar

  27. LOL

    Portanto nada de novo? Desculpas esfarrapadas, apresentas uma serie de questões neste mesmo post como fazendo parte da conferencia, mas agora foi “em outra reunião”, sinceramente… e ainda te deste ao trabalho de editar o que tinhas escrito ahahah
    Que maioral… muito boa

    Depois citações sem ligações e fora do contexto… epa deita-te ao rio, eu é que não te dou mais corda.

    Fica lá com a tua estupidez casmurra. arre há mesmo gente limitada neste mundo

    Gostar

    • 😆 😆 😆 😆 😆 😆 😆 😆 😆 😆 😆 😆 😆

      Ó ‘H’omo asinus

      “desculpas esfarrapadas”?!? A TUA BURRICE É QUE É INFINITA… Não lês as mensagens com a atenção devida e depois a culpa é do autor!?

      Quanto à tua típica conversa de BURLÃO “e ainda te deste ao trabalho de editar o que tinhas escrito ahahah” só mesmo um prostituto médico como tu, que não percebe NADA de informática é que afirma tal estupidez, ainda por cima num blogue escrito em WORDPRESS, que têm “revisão de artigos” e podemos facilmente demonstrar que tal NUNCA FOI FEITO!

      Só para me satisfazer de imaginar a tua cara de BURRO, MAFIOSO, BURLÃO, CRIMINOSO!

      Burro-1
      Burro-2
      Burro-3

      E isto (datas/horas/html-edit browse) não posso editar directamente na bd pois não tenho permissões de admin para tal…
      Alto, que isto já foi frase técnica demais para o ‘H’omo asinus

      Só por isto se vê a bosta de frouxo que realmente és!

      MAS JÁ VI QUE ACERTEI NO ALVO!

      Incapacidade de sair do círculo criado pelo dogma dá nisto! Manifestação de frustração! Se não sabes utilizares os motores de busca dos jornais científicos o problema é teu! Tudo é facilmente encontrado na WWW com o que escrevi!

      A tua querida crença”O VIH é a causa da SIDA” vale tanto como TU… NADA, ZERO!

      E aqui o demonstrei… NOVAMENTE!

      Bye Bye ‘H’omo asinus… Não te esqueças NUNCA de tomar as drogas HAART – TODOS OS DIAS – Só a profilaxia salvará a tua inútil existência!
      😎

      Gostar

  28. LOL

    Tanta frustraçãozinha a vir ao de cima. Coisa patética a tua personagem, já te tinha dito que não ia discutir mais o assunto contigo, e já é a segunda resposta de bónus.
    Ainda tens muito conceito básico para aprenderes antes de seres sequer capaz de perceber o que estas a ler, quanto mais argumentar sobre o assunto. Discutir contigo é como tentar explicar cores a um cego. Nunca as viu, nem nunca as vai perceber. Tu também nunca viste nenhum caso, nem tens as ferramentas intelectuais para perceber o assunto, a culpa no fundo não é tua, é orgânico, não tens culpa de ser retardado.
    Mas uma coisa é certa muito me fizeste rir, ver-te ai a estrebuchar a tentar esconder as tuas próprias limitações e a defender idiotice atras de idiotice para segurar a amálgama de merda que essa tua teoria, que nem tu próprio a sabes definir.

    Há idiotas que se acham espertos e tu és o rei do género.

    Continuação de boa diarreia cerebral, cá estarei para ler a próxima perola que vai sair dessa cabecinha sobre este assunto, já que é o teu tema preferido. Continua só a tomar nu cu uma vez de onde a onde, já que assim ficas protegido do mal ruim… 😉

    Já é teu o galinheiro outra vez, podes continuar a entreter o teu leitor típico, no meio deles és um rock star 8)

    Gostar

    • Ó ‘H’omo asinus

      Frustração por aqui, só se for a tua! Incapaz que és de atingir algo de tão básico e simples, deve mesmo doer fundo!

      Infelizmente a tua inutilidade é gritante! Incapaz de fazer simples buscas nas bases de dados de trabalhos científicos. Incapaz de compreender o mais básico dos estudos que se apresenta! Incapaz de ler e interpretar a língua portuguesa! A inglesa então… De fugir!
      Enfim… Incapaz a todos os níveis!

      Tudo o resto é mero teatro de prostituto a soldo!

      E desde quando é que deixei de ter este espaço na minha posse? És mesmo um débil mental!

      De resto a tua frouxidão, própria de um incapaz absoluto, é demonstrada por insultares não apenas a mim (que serve-me apenas de entretenimento) mas igualmente a todos os leitores deste espaço!

      És mesmo um brilhante exemplar da tua espécie!

      Vai lá ‘H’omo asinus… Pastar, zurrar e marrar para o pasto do costume! Lá, estás entre iguais.

      Não te esqueças de tomar religiosamente as drogas HAART todos os dias… Se te esqueceres um dia que for, estás condenado!

      Gostar

  29. Fazeres copy past do site rethinkaids.com, não faz de ti um génio, apenas faz de ti, além de tudo o que já disse, um individuo preguiçoso, um autómato debitador de artigos alheios já por si falhos de raciocínio. Um gajo que já deu mil provas de não dominar o assunto, ao ponto de ter de recorrer ao argumento fast food, já embalado por terceiros. O que faz de ti muito previsível, diga-se, tal como já referi anteriormente, andas mesmo a pesquisar sites manhosos que te envergonhas de disponibilizar o link.
    A única coisa original em ti é a desonestidade intelectual, e mesmo disto é impossível provar a parte do intelecto.

    Não insultei terceiros, constatei um facto. Quem leva a serio o senhor lombrigas a afirmar que se for para levar no cu que seja uma vez só vez à procura de prazeres diferentes, pois é plausível que nada de mal venha daí. Mais que isso é que já não se garante, pode vir Sida, não é? Depende do grau da abanadela da flora intestinal. (hahahah)
    Quem lê esta tua primeira brilhante tirada, acompanha o teu raciocino, a tua posição sobre este assunto e continua a dar-te credito, está só por si apresentado. Rock star dos mentecaptos.

    Básicas e simples são as tuas capacidades argumentativas, senhor “escreves a olhar para o espelho”. Mas volto a repetir, vai-te cultivar, deixa de apresentar defeções alheias como tuas e depois quando tiveres as ferramentas necessárias para perceber o que estas a ler, voltamos a falar. Ou então podes só ficar a ver se consegues tapar a tua estupidez com insultos elaborados como tens feito ao longo destes dias, é-me indiferente. Até aprecio ver-te a espernear a ver se me ofendes, já que é só o que te resta…

    Gostar

    • Ó ‘H’omo asinus… Como é?

      Acabaram os fax’s? Como tal já só te resta o conforto de vieres aqui continuar a insultar e denegrir todos os leitores! Também, a realidade é que não dás para muito mais…

      um autómato debitador de artigos alheios” Nem podia ser de outra forma! Afinal não escrevi nenhum daqueles estudos! Querias que fizesse referência a que estudos? Continuas igual a ti próprio, BURRO, e sem qualquer capacidade argumentativa! E pelos vistos sempre que tu debitas por aqui referências de artigos, eles devem ser todos teus! Por isso… 😆 😆 😆 Seu burlão de vão de escada, sempre a bater com a cabeça na parede!

      A fonte dos artigos, só por acaso, não foi essa! Foi mesmo os motores de busca de artigos científicos! Nestes, se souberes fazeres pesquisas encontras todos os que referi, E MAIS AINDA!

      Mas mesmo que tivesse sido desse sítio, que até é uma boa ajuda pois agrupa muito dos estudos feitos pelos teus Amigos, que demonstram a improbabilidade da tua querida teoria, não vejo qual o problema! Lá estão as referências dos artigos citados pelo que só um mafioso burlão como tu é que argumenta tal estupidez!

      Quem leva a serio o senhor lombrigas a afirmar que se for para levar no cu que seja uma vez só vez à procura de prazeres diferentes, pois é plausível que nada de mal venha daí. Mais que isso é que já não se garante, pode vir Sida, não é?

      Efeitos secundários das HAART… Perda de capacidade de escrever a língua primária de forma correcta e perceptível!

      Adorei o facto de teres ficado fascinado com o trabalho dos teus Amigos sobre o efeito das drogas para lombrigas na redução da “carga viral do “VIH””! Tão engraçado que és!

      deixa de apresentar defeções alheias como tuas

      Nunca as apresentei como minhas! É natural que um ‘H’omo asinus fique atordoado quando a informação transmitida não é em zurros!

      quando tiveres as ferramentas necessárias para perceber o que estas a ler, voltamos a falar.

      Não me digas que já te foste inscrever no curso nocturno para adultos? Fazes bem, adquirir a capacidade de leitura e interpretação faz-te muita falta. E depois a parte do “voltamos a falar” passou-me ao lado! Tu é que andas sempre a dizer que “já fostes”, mas voltas sempre!
      Bem sei que a vontade de aprender para os membros da tua espécie é quase imparável!

      Em todas as respostas que te dei, levaste merecidamente com insultos, pois o Burro é que começou a insultar, quando há tempos atrás perdeu capacidade argumentativa! Por isso agora levas sempre com o tratamento que mereces! E depois as respostas têm sempre a demonstração científica elaborada pelos teus Amigos que contradiz as orações que andas por aqui a pregar!

      Se não gostas do que estes estudos todos que referi mostram, então… Só te resta uma solução!!!

      Vai lá pastar mais um pouco ‘H’omo asinus… A falta de erva fresca está a provocar-te delírios!

      Drogas HAART – todos os dias – religiosamente – profilaxia salva a tua inútil existência!
      😆 😆
      😎

      Gostar

  30. Continuas a ser ridículo. Lê as coisas que referes como deve ser, e talvez, se por milagre perceberes o que diz, vais ver que não é o que queres à força que digam. E quanto as tuas citações um delas é da publicação de uma conferencia não esta disponível online. Nem para mentiroso dás. Enfim, continuação de bom desperdício de espaço, já que não serves para mais nada.

    Gostar

    • Então ‘H’omo asinus… Já de volta?

      Ainda não aprendeste nada no curso da noite?

      Pelos vistos o ridículo que existe é que continuas sempre a debitar a mesma treta sem qualquer nexo nem fundamentação!

      Pois claro! Todos os outros não sabem ser! Só o ‘H’omo asinus que de facto nem ler sabe, e escrever de forma perceptível é uma miragem, é que é capaz de tudo e mais alguma coisa!

      A conferência não está disponível online? E depois seu ‘H’omo asinus? Só porque não está online (afirmação exclusivamente tua!), isso significa o quê exactamente, para essa caixa craniana absolutamente vazia?

      Continua a pastar ‘H’omo asinus

      Não esquecer a profilaxia HAART – todos os dias – religiosamente – Só ela salvará a tua inútil existência.

      Gostar

  31. Se não esta disponível online quer dizer que é impossível teres lá chegado por pesquisas independentes… mas enfim quando se quer parecer mais do que se é… mas estas no bom caminho, além de idiota és uma fraude. Mas muito me fazes rir, que continue o circo!

    Gostar

    • Ó ‘H’omo asinus…

      E eu é que te faço rir?!?

      A tua estupidez é infindável! Essa tua “ideia” de impossibilidade resulta apenas do fraco potencial que o estrume dentro dessa caixa craniana tem!

      Já nem me apetece mais brincar contigo! É mesmo desmotivador saber que existem burros como tu disfarçados de médicos! PQP a miséria!

      Mas agora, e para servires – MAIS UMA VEZ – de palhaço aqui deste espaço, deixo a seguir a imagem do livro de resumos do tal simpósio que não está online, mas cujos conteúdos já os tenho todos no meu disco – para mais tarde recordar!!!

      CONTEMPLA O IMPOSSÍVEL ‘H’omo asinus

      Como é evidente É LÓGICO QUE ESTÁ ONLINE! Tu sendo o VERDADEIRO E ÚLTIMO (espero eu) representante da espécie ‘H’omo asinus é que não encontras NADA! És uma autêntica nulidade… Vales menos que a bosta que o teu amigo imaginário “VIH” defeca quando come uma CD4+ ao almoço!

      Desconfio que se na realidade o “VIH” existisse, TU NÃO ERAS CAPAZ DE O ENCONTRAR, nem que ele passasse um dia inteiro a dar-te bofetadas nesse focinho!

      Agora fora de brincadeiras!

      VAI PASTAR… Mas a um daqueles pastos um pouco mais longe, para ver se as drogas HAART começam a produzir os efeitos secundários necessários para que te transformes em algo de mais útil para o Planeta!

      😎

      Gostar

  32. LOL
    Mas tu achas que toda a gente é o teu leitos típico e tem o teu nível intelectual? Tu apesentas esta citação como “prova” que o PCR não vale nada vinda do artigo que nunca leste.

    “Comparison of the estimated mean number of RNA copies per milliliter of plasma with the mean titer of virus in plasma and the p24 antigen level in symptomatic and asymptomatic patients [for symptomatic, HIV-positive patients 100% had detectable RNA ‘viral load’ but only 34/41 of these had positive virus cultures and only 22/35 had p24 antigen detectable] [for asymptomatic HIV-positive patients 29/39 had ‘viral load’ detectable at low levels but only 5/39 had positive virus cultures and 5/38 detectable p24 antigen]”

    Aqui esta o artigo, como podes ver no site onde foste buscar a papinha feita “HIV isolation may not correlate with clinical state or immunological function of respective HIV infected patients.Int Conf AIDS. 1994.

    Chapado do rethinkaids um aftifo da conferencia de 1994 e agora estas a dizer que tens no teu disco informações de 2014?!
    Ahahah estas só 20 anos atrasado mas de resto está tudo bem.

    Olha continua a ser uma fraude, nem por ti pensas, mas pode ser que o teu leitor típico se deixe levar, se repetires as idiotices muitas vezes e continuares a defletir as questões que te foram colocando. Ainda continuo a espera que respondas as que te coloquei, 130 respostas, meia dúzia de insultos brejeiros, mas responderes e defenderes o quê acreditas, NADA! Lool que grande cromo que me saíste. Ainda nem sequer me dei ao trabalho de escrever a analise do que aí diz, mas lê tu com atenção a ver se é realmente a prova que o PCR não vale nada? Pois não tens capacidade para isso não é? Continua com a tua idiotice pode ser que convenças algum mentecapto do teu nível.

    Gostar

    • ó ‘H’omo asinus…

      Mas já nem capacidade de ler e ver simples imagens tens?!?

      Vẽ lá outra vez! CONTEMPLA O IMPOSSÍVEL ‘H’omo asinus

      Só porque continuas a vir manifestar aqui, todos os dias, a tua infinita BURRICE, com argumentos absolutamente idiotas, como datas de artigos, tal não desvia nem apaga o REAL FACTO DE QUE ÉS INCAPAZ DE COMPREENDER SEJA O QUE FOR!

      Depois não consigo ver o problema que tens com datas! Bem… Até consigo ‘H’omo asinus sabe pastar e olha lá!

      Qual o problema dos trabalhos de 1994? Até parece que agora têm validade!?!? Se assim for então a tua crença também já era! Pois os trabalhos origem do dogma são de 1984/5… E eu é que ando atrasado!

      Olha continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  33. Vou esperar que respondas à anterior e depois conto-te um segredo. Não percebo é porque não admites que andas a ir buscar artigos ao rethinkaids quando está claro que o fazes. Tens medo que as pessoas descubram que és uma fraude? Não te preocupes que há muito que só nós os dois estamos a ler o que se escreve por aqui. Mas já que é só entre nós os dois, é tramado quando te vêem a careca não é?

    Gostar

    • Ó ‘H’omo asinus

      Preocupado?!? Eu?!? Meu Burro, até agora não escreveste uma para a caixa, sempre a desviar, como é hábito! Sempre a debitar os dogmas que recebes via fax, ou que leste à pressa nos sítios emissores da propaganda rasca!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  34. Tu és um tipo engraçado, não tem problema nenhum, só prova que nunca leste o artigo e que foste mesmo pesca-lo à rethinkaids, mas já lá vamos que ainda temos o segredo. Antes eu digo-te uma coisa para o bem da seriedade do próximo post sobre este tema, que há-de vir, lê o artigo completo não te contentes só por ler excertos, depois e se entenderes o que lá diz na integra, e só depois disso, utiliza-os para basear o que dizes. Até lá não te exponhas ao ridículo.

    Agora o segredo, nem sequer te dei a referencia certa, oara ver até onde chegavas, tu em vez de contestar, como pesquisador independente dessa informação (LOL), meteste-te a disparatar sobre a data do artigo.
    Queres um mais um segredo só nosso? A tua citação, que eu reproduzi, não passa do titulo de uma tabela, e de uma interpretação autorecreativa dos gajos da rethinkaids, ou seja, nem sequer te deste ao trabalho de disfarçar uma citação que nunca esteve num trabalho cientifico… Engraçado como um mentiroso se apanha rápido, não achas? mentiroso e básico.. LOL muito gozo me deste agora, ao apanhar-te na tua própria falsidade. Mas não te preocupes eu não conto a ninguém, senhor lombrigas, fica só entre nos os dois. LOL ainda me estou a rir, muito te agradeço pelo belo momento de humor 😉

    Gostar

    • Ó ‘H’omo asinus…

      É só isso? Achas que desperdiço tempo a ver as coisas que por aqui colas?!?!

      No dia em que sequer considerasse aceitar sugestões de animais da tua espécie, simplesmente deixava de escrever no blogue!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  35. 😀
    Pois claro, o problema é que não fui eu que colou, foste tu, do rethinkaids. Com os parenteses retos e tudo, acrescentados por eles para sinalizarem que era parte que eles adaptaram da tabela original. És mesmo muito engraçado, se te tiram os insultos ficas nu e não sabes o que dizer. És um limitado e uma fraude mas não te preocupes que o teu segredo está seguro comigo.

    E já agora, esse artigo apresentado pela rethinkaids é mais prova da dificuldade de fazer culturas virais do que sobre a invalidade do PCR, mas cada um lê aquilo que quer, ou melhor cada um faz copy past daquilo que quer, mesmo que sejam fragmentos cozinhados de um site manhoso. 😉

    Continuação de boa ensaboadela dos fracos de espirito, que mais ninguém te descubra a careca

    Gostar

    • ‘H’omo asinus… Continuas com as tretas?

      Vamos lá então!

      Aqui podem ler o estudo que o ‘H’omo asinus NÃO COMPREENDE porque infelizmente para ele este estudo vai contra a crença dele!

      Como podem ver a fonte não é a tal que o ‘H’omo asinus agora parece ser fã! É mesmo um jornal de ciência e neste caso o ‘JOURNAL OF CLINICAL MICROBIOLOGY”… AZAR DO CARAÇAS Ó ‘H’omo asinus… Nada resulta contigo!

      O facto de as pessoas nesse sítio que referes, terem escrito com “os parenteses retos e tudo,” é porque estão a transpor os dados da tabela visto não terem optado por replicar a tabela! Não vejo qualquer problema neste tipo de apresentação… Bem sei que para ti é hiper-confuso, mas enfim são as tuas naturais limitações!

      Mas a tabela se quiserem ler e ver podem fazê-lo aqui

      Novamente as tuas burras conclusões nem são de surpreender! É evidente que para ti este estudo “é mais prova da dificuldade de fazer culturas virais do que sobre a invalidade do PCR,“, e nem poderia ser outra coisa qualquer, não é ó ‘H’omo asinus?!? E referires a AUSÊNCIA DA p24 como é ‘H’omo asinus? Onde anda ela?

      POIS É! SEMPRE A MESMA TÁCTICA DE BURLÃO! SEMPRE A FUGIR! MAS OLHA QUE TODOS POR AQUI JÁ SABEM O QUE TU ÉS!

      Mas a realidade é que este estudo demonstra que o PCR é de facto uma TRETA, e não serve neste caso para puto, excepto LUCRO, claro!

      Pois afinal de contas nos indivíduos sintomáticos o tal PCR diz que nos 44 testados 44 têm “carga viral”, mas depois na “cultura viral” nos já só 41 (44 já eras, sempre engraçadas estas tácticas!) apenas em 34 são sucedidos… E mais incrível de TUDO a proteína ESPECÍFICA DO “VIH” –p24 – afinal de contas nem SINAL dela em 13 dos (ainda menos) 35!

      Temos então que nas mesmas amostras 13 não têm a proteína específica p24 do teu amigo “vih” e no entanto o PCR diz que sim o “VIH” anda por aqui!
      Deve de andar a brincar às escondidas com a máquina do PCR!

      Nos assintomáticos então É DE FUGIR… NEM PCR, NEM CULTURA VIRAL, NEM p24 ANTIGEN… É o que se chama “tiros às cegas”…

      Sendo assim infelizmente para ti, o estudo DEMONSTRA CLARAMENTE que o PCR anda a tirar fotocópias de algo que nada tem a ver com o suposto “VIH”!

      TEM POR ISSO UTILIDADE IDÊNTICA À TUA… NENHUMA.

      Vai-te coçar e lavar por baixo…

      De resto, é só isto que tens para oferecer?!?!?

      CUIDADO ‘H’omo asinus: “Decline in mental processes is a common complication of HIV infection”! E tu já apresentas sintomas claros!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  36. Já valeu de alguma coisa que ao menos foste, finalmente, à procura do artigo 🙂 Eu percebi muito bem o porquê da utilização dos parenteses retos, foram eles que te denunciaram, isso e o facto de não fazeres puto ideia qual era o arrigo original, o que é estranho para quem utilizou os “motores de busca de artigos científicos” epa LOL .
    Ao menos viste agora a tabela original.
    Mas afinal já admites que foste lá papar o argumento fast food? 😀 És mesmo o maior! LOL Depois disto era difícil negar realmente. Mas ainda acreditei que ias manter a estória, até fiquei decepcionado.
    Mas por outro lado é tão fácil apanhar um mentiroso. Não resisto vou citar-te, é delicioso, assim escreve uma fraude:

    “A fonte dos artigos, só por acaso, não foi essa! Foi mesmo os motores de busca de artigos científicos!” ahahahhaha

    Mas a sério ahahhaah. É mesmo difícil para ti lidares com alguém mais capaz que tu não é? Não estas habituado, é uma chatice. É tramado seres desmascarado é tramado alguém conseguir perceber que és artificial, não é?
    Estas mal habituado, senhor lombrigas, nem todos são acéfalos, nem todos estão a dormir e a abanar a cabeça em aprovação a toda a merda que escreves.

    Mas vamos fazer uma coisa diferente, em vez de explicar o que diz o artigo, (sim esse próprio que tu pensas que é feito apenas de uma tabela e te autorrecrias em uma serie de conclusões numa espécie de punheta intelectual), e vou apenas citar esse próprio artigo sem comentários. Assim é um duplo treino, exercitas o teu inglês e a tua interpretação, pode ser como bónus percebas como é importante ler o artigo todo.

    “The RNA PCR, based on endpoint dilutions of cDNA, was a more sensitive method and yielded less divergent results among the consecutive samples from individual patients than virus culture from plasma or p24 antigen assay. All samples positive in one of the latter two techniques were also positive in the RNA PCR. Symptomatic patients, who all had CD4-‘ counts of <200/,l, were more likely to have detectable RNA than asymptomatic patients, having over 500 CD4+ lymphocytes per [l. This finding confirms observations by other researchers (8, 14)"

    The association we found between low CD4+ cell number on one hand and positive plasma viremia and high RNA copy number on the other is of interest since the CD4+ cell count is a good predictive marker of progression towards AIDS (10)."

    "Direct detection of cell-free HIV-1 RNA by PCR is more sensitive than p24 antigen detection and more sensitive and rapid than quantitative virus culture."

    "All samples positive by viral culture or p24 antigen assay were also positive by RNA PCR.A clear difference was found between the number of RNA copies in symptomatic patients with CD4+ counts of 500/pLA, and the consecutive samples from one patient gave less divergent results in the RNA PCR than in the two other techniques. Therefore, plasma RNA PCR, as an indicator of HIV replication, may be a useful additional marker of disease progression”

    O artigo não é só aquele quadro, nem tu podes achar que conheces o artigo todo só por ler um paragrafo do rethinkaids.com. Não é assim que se cria uma opinião, mas para aquilo que é, de quem é e para quem é serve perfeitamente.

    Espero é que exista alguma coisa de original em ti, se todas as vertentes da tua personalidade e tudo o que escreves forem subprodutos reciclados desse tipo de sites então estamos mal.

    Gostar

    • ‘H’omo asinus – Qui homo est asinus!

      Pronto agora resta-te apenas fazer copiar colar do artigo!

      De resto, é só isto que tens para oferecer?!?!?

      CUIDADO ‘H’omo asinus: “Decline in mental processes is a common complication of HIV infection”! E tu já apresentas sintomas claros!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  37. Sim, estou a colar o artigo, do original. Não é preciso mais nada que a informação está lá explicita e não são excertos isolados cuidadosamente escolhidos por um site manhoso. Consegues perceber a diferença?
    Pois claro que não consegues. Mas já estava a espera de que pusesses a disparatar contra as tuas próprias citações. Pelos vistos fazes o teu habitual, meio insulto duas de defleção e uma posiçao de miúdo mimado quando é apanhado em falta. E pronto temos o teu retrato. 😉

    Gostar

    • ‘H’omo asinus – Qui homo est asinus!

      Sempre a mesma treta!!!

      Adoro estas tiradas
      não são excertos isolados cuidadosamente escolhidos por um site manhoso.

      POIS É EXACTAMENTE ISTO QUE TU – ‘H’omo asinus – FAZES a cada comentário que aqui despejas! Escolhes só o que se adequa ao teu dogma e tudo o resto nem referes, e em substituição, usas o trolóló do costume!

      Mas explicação porque motivo –

      “Pois afinal de contas nos indivíduos sintomáticos o tal PCR diz que nos 44 testados 44 têm “carga viral”, mas depois na “cultura viral” nos já só 41 (44 já eras, sempre engraçadas estas tácticas!) apenas em 34 são sucedidos… E mais incrível de TUDO a proteína ESPECÍFICA DO “VIH” -p24 – afinal de contas nem SINAL dela em 13 dos (ainda menos) 35!

      Temos então que nas mesmas amostras 13 não têm a proteína específica p24 do teu amigo “vih” e no entanto o PCR diz que sim o “VIH” anda por aqui!
      Deve de andar a brincar às escondidas com a máquina do PCR!”

      – a máquina de fotocópias afirma que o “”VIH” existe em grandes quantidades” mas depois a proteína característica do tal “VIH” só aparece em algumas das amostras testadas… NÉPIA, NICLES, ZERADA!

      Melhor de tudo estes cromos até chegam a afirmar que afinal

      “no close correlation was found between PCR virus titers and p24 antigen levels”

      O que tem lógica visto que o objecto deste estudo era promover o teste PCR a escolha 1ª relegando os outros dois, porque eram mais caros e mais consumidores de tempo e recursos!

      Tudo o que não interessava focar, eles fizerem o mesmo que tu és perito em fazer – DESVIARAM O OLHAR, e só referiram o que lhes interessava!

      A realidade no entanto não se altera – amostras que não continham a p24 (“core structural protein”, característica única do “VIH”) no entanto no PCR deram como tendo “carga viral” – “EXISTE O VÍRUS MAS A p24 FOI PASSEAR”!

      Algo simplesmente engraçado! Mais engraçado ainda foi o fugir deste facto!

      De resto, é só isto que tens para oferecer?!?!?

      CUIDADO ‘H’omo asinus: “Decline in mental processes is a common complication of HIV infection”! E tu já apresentas sintomas claros!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  38. Ora e cá está o refutar da própria referencia. LOL Contigo é tipo bailinho é sempre as voltas e uma animação. 😀
    Apesar da previsibilidade que eu tanto gosto em ti, continuas com a mesma postura, a mesma ignorância e os mesmos chavões, o que na verdade acaba por ser um bocado enfadonho mas é-te tão característico.

    Já tinha dito que não ia comentar mais coisa nenhuma sobre este assunto, considera esta um bónus.

    Antes de mais vou-te lembrar para o bem da coerência que usaste este artigo exatamente para “provar” que o PCR era inútil, mas agora já percebeste que afinal o artigo afirma que o PCR é o melhor do que os outros dois métodos comparados. Mais um LOL pela tua “espertice”…

    Começo com o obvio para todos os que percebem um bocado disto: isto são os resultados esperados!

    Vou começar devagarinho e pelo principio, de modo que no alto dessa ignorância consigas lá chegar. Todos os indivíduos analisados são positivos para os anticorpos contra o vírus!
    Logo todos já passaram aquela janela em que o sistema imunitário ainda não esta capaz de produzir anticorpos, cerca de 6 semanas, período que já falamos, mas volto a lembrar não é exclusivo do HIV.
    Lembra-te destas premissas!

    Onde é que a proteína p24 é detetada mais eficazmente? Exatamente nestas 6 semanas já faladas, onde a carga viral é elevada e os anticorpos baixos/inexistentes. Porquê?
    Depois desta “janela” sem anticorpos, estes começam a ser produzidos, e surpresa das surpresas o antigénio p24 é extremamente imunorreativo, porquê? Porque tal como disseste e muito bem é uma “core structural protein” e a parte de ser proteína e ser estrutural é muito importante, o sistema imunitário adora proteínas estruturais para produzir anticorpos contra elas, e mais uma vez isto não é só no HIV.

    Vê lá se apanhas esta, quanto maior a concentração de anticorpos menor a concentração do antigénio p24 a circular livre no sangue. “heresia!!!”
    Calma idiota não consegues percebe isto?! Já explico.
    Se existe anticorpos para o p24, este vai complexar com o anticorpo respetivo e complexos antigénio/anticorpo não são detectados pelo teste do p24 que usa o mesmo principio antigénio/anticorpo respectivo, mas desta feita num suporte solido extracorporal. Ok está bem são conceitos que te ultrapassam e estar a escrever isto para ti é uma perda de tempo, não vais perceber vais repetir a ladainha do costume.

    Mas mais uma vez, por fé na humanidade, querendo crer que és só lento mas no fundo sabendo que és estupido até ao mais profundo do teu “ser”
    Quanto mais p24 está complexado com os anticorpos produzidos pelo corpo, menos vão estar disponíveis para se ligar aos anticorpos usados nos métodos de deteção do p24. Portanto não quer dizer que o p24 não esteja presente, apenas não esta disponível em concentrações mínimas na forma livre e passível de ser detetado.
    Voltando a repetir a frase inicial: Todos os indivíduos analisados são positivos para os anticorpos contra o vírus. Nenhum esta na fase pre anticorpo. Sendo que os anticorpos existem para se ligar a algo e não apenas para serem detetados por terceiros ou para serem ininteligíveis por certos idiotas blogueiros… por isso é bom que a existir anticorpos conta o p24, este antigénio se torne mais difícil de detetar. Pelo bem do sistema imunitário, não dos cientistas.

    Agora digo-te o que pelos vistos para ti é uma novidade, mesmo achando tu que és uma autoridade do HIV, mestre das lombrigas atestado pela universidade rethinkaids: o teste p24 é usado de forma complementar, imagina qual outro teste que ele complementa?
    Com os anticorpos é claro! Agora uma novidade para ti, o grande objetivo deste teste é uma deteção precoce da infeção, dentro daquela janela de 6 semanas, em que não há anticorpos para ser detetado.

    Admiraste portanto que haja casos em que não se detete o p24 quando há anticorpos presentes?! se tivesses vergonha devias tocar-te e ir informar-te mas como não tens vais dizer na resposta seguinte :

    H’omo asinus – Qui homo est asinus!

    Sempre a mesma treta!!!

    Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

    Mas a ignorância e a idiotice continuam a ser tuas.

    Se fosses sequer um bocadinho mais esperto ainda podias dizer “ah e tal mas o RNA é detetado”, pois claro que é, o RNA e DNA não estimulam o sistema imunitário a produzir anticorpos logo a existência de anticorpos não interfere neste exame. Também por causa disto se faz analise por técnicas de biologia molecular e não de imunologia.

    “ah e tal mas se anticorpos complexam também não se devia detectar no ELISA, porque complexos antigénio/anticorpo também não são detetados.” Certo meu caro idiota, mas os anticorpos são produzidos em excesso e é mais fácil para os anticorpos livres passar o limiar da deteção dos testes e serem detetados na ausência de p24 do que o p24 ser detetado na ausência de anticorpos após passada a janela de aproximadamente 6 semanas em que estes não são produzidos de todo (isto não esta neste artigo mas podes pesquisar se queres).

    Quanto as culturas celulares, não vou perder tempo com isso, isso são metodologias arcaicas que raramente se usam em virologia seja qual for o vírus, nunca foram muito fiáveis, caso não saibas os vírus não se “cultivam” só por si o que é uma grande chatice. Desde sempre que uma cultura positiva confirmava diagnostico, mas uma negativa não excluía diagnostico, para todos os vírus em que sequer é possível fazer cultura, o que também deve ser novidade para ti não é possível em todos os vírus. Tem tantas condicionantes que caíram em desuso, mais uma vez para TODOS os vírus.

    Agora digo-te eu: só isso?
    É esta demostração de ignorância, tudo o que tens para dar?

    Ah pois o rethinkaids não ensina a pensar e tu és uma fraude 😀

    Gostar

    • H’omo asinus – Qui homo est asinus!

      Dispensava bem as tuas borlas – São sempre a mesma idiotice chapada! Pareces um PCR! Pegas na estupidez própria da tua espécie e amplificas até ao infinito!

      Vamos lá então RIR 😆 😆 😆 😆 😆 OUTRA VEZ GRAÇAS AO H’omo asinus – Qui homo est asinus!

      mas agora já percebeste que afinal o artigo afirma que o PCR é o melhor do que os outros dois métodos comparados. Mais um LOL pela tua “espertice”…

      E mais uma vez fica espelhada a tua perfeita incapacidade para interpretar a língua escrita… Tu é mais zurros!

      Repito
      “O que tem lógica visto que o objecto deste estudo era promover o teste PCR a escolha 1ª relegando os outros dois, porque eram mais caros e mais consumidores de tempo e recursos!”

      Se não compreendes isto nem com esta nova repetição… Vai pastar!

      TU ÉS UM BURRO ABSOLUTO!

      Toda aquela parte do teu vómito relativo às seis semanas e à p24 e aos anticorpos e o resto da verborreia,

      PURA E SIMPLESMENTE SÃO MAIS UMA MANIFESTAÇÃO DA TUA ABSOLUTA BURRICE

      E porquê, ó H’omo asinus – Qui homo est asinus?

      porque

      TODAS AS COBAIAS SÃO SINTOMÁTICAS DE SIDA, LOGO ISSO QUER DIZER QUE O TEU DELÍRIO DAS 6 SEMANAS JÁ PASSOU FAZ MUITO E MUITO E MUITO TEMPO!

      Bom… VAI PASTAR H’omo asinus – Qui homo est asinus! Mas pasta pouco porque só serves para desperdício! Outros animais bem mais úteis ao Planeta dão melhor uso ao pasto.

      Desde sempre que uma cultura positiva confirmava diagnostico, mas uma negativa não excluía diagnostico

      Quase o mesmo para testes rápidos, ELISA, WB, PCR… E depois?

      Bem, mais valia teres ficado no pasto!

      De resto, é só isto que tens para oferecer?!?!?

      CUIDADO ‘H’omo asinus: “Decline in mental processes is a common complication of HIV infection”! E tu já apresentas sintomas claros!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  39. 😀

    Estas num novo nível de estupidez. Primeiro vais buscar uma citação de artigo para provar que o PCR, faço-te ler um artigo, e concluis que afinal é um artigo que prova que o PCR rem vantagens em relações a outros métodos e agora.

    “O que tem lógica visto que o objecto deste estudo era promover o teste PCR a escolha 1ª relegando os outros dois, porque eram mais caros e mais consumidores de tempo e recursos!”

    Ahahah

    És mesmo um palhaço!

    Quanto ao resto só posso concluir que a minha opinião sobre ti estava certa. De resto estou farto de aturar um reformado que tem a maturidade de um puto da primaria.

    Gostar

    • ‘H’omo asinus – Qui homo est asinus!

      Já vi que voltei a acertar na muche!

      Acabou-se a oração, foi!?!?

      Sem capacidade de argumentar, voltaste ao mesmo do costume! Bravo ‘H’omo asinus – Qui homo est asinus!

      E graças a estar a desfrutar da “liberdade” da reforma, tenho tempo livre suficiente para descobrir uma série de preciosidades nos jornais científicos, que são dignos do dogma!

      De resto, é só isto que tens para oferecer?!?!?

      CUIDADO ‘H’omo asinus: “Decline in mental processes is a common complication of HIV infection”! E tu já apresentas sintomas claros!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  40. Continuas um comediante, que argumentos é que queres mais?

    Deves sofrer algum tipo de demência, só isso explica a tuas limitações, associadas à tua falta de memoria seletiva. Mas eu relembro-te o quanto és estupido:

    Primeiro usas de forma acéfala e acrítica as preciosidades de sites como o rethinkaids, usas o que lá vem como argumento fast food para defender uma determinada posição, sem sequer te questionares da qualidade do site.

    Depois quando te convences da necessidade de explorar as citações e realmente lês o artigo que tu próprio citaste, chegas à conclusão, por ti próprio, que ele diz exatamente o oposto do que aquilo que o apresentaste à partida.

    Então qual é a brilhante conclusão que tiras daí?
    Não é que os sites que tens usado são tendenciosos e pouco sérios, nem é que tens de ter cuidado especial na informação que é lá apresentada. Nem da necessidade de verificar fontes para a tomada de posição informada.
    És tão original, que a conclusão que tu chegas é que o artigo que TU próprio citaste à partida, é afinal um artigo da propaganda pró PCR (lol).

    Portanto era bom, e uma prova irrefutável, quando leste um excerto dele no rethinkaids, passa a lixo de propaganda quando o lês na integra, por ti.
    Mas a fonte que te apresenta o excerto de forma errada à partida e o teu dogma deturpado continuam imaculados. Lindo! Até onde a estupidez pode chegar!

    No fim de tudo ainda te achas “esperto”, e essa é a maior piada. LOL
    Capacita-te uma coisa, não percebes puto do que estas a falar e os sites que tu confias cegamente só te fazem parecer mais estupido.

    Mas continua, que não há nada como acompanhar um gajo adulto que não completou com sucesso todas as fases de crescimento psicológico.

    É muito engraçado ver-te a fazer respostas com 80% da mensagem repetida, um autentico auto SPAM, só para teres que dizer e seres o ultimo a responder (muito maduro) e ainda achares que é a mim que falta argumentos.

    É muito engraçado ver-te a refutar as tuas próprias fontes e continuares achar que tens razão, ou sequer que percebes do que falas, apenas por birra e não admitires que aquilo que tens de tempo livre falta-te em capacidades e qualidades.

    É muito engraçado ver-te atrapalhado a meter os pés pelas mãos e ter de recorrer a insultos brejeiros e à repetição de chavões para esconder as tuas limitações e teres uma ilusão de que não és estupido como uma porta.

    É muito engraçado comportares-te como um palhaço a achares que por te ter chamado precisamente palhaço tocaste em algum tipo de ferida, quando te chamei palhaço porque és tão previsível que fizeste exatamente aquilo que eu disse que ias fazer no minha anterior resposta e mesmo assim achas que escreveste um argumento irrefutável, quando aquilo que escreveste nem argumentos tem.

    É muito engraçado ver esse puto adulto mostrar-se um gajo patético, solitário e deprimente. De tal forma que perde a noção da realidade e do ridículo.

    Gostar

    • ‘H’omo asinus – Qui homo est asinus!

      Pois é! De volta novamente só para trolóló 🙄

      E depois eu é que sou “um gajo patético, solitário e deprimente” what a 😯

      De resto, é só isto que tens para oferecer?!?!?

      CUIDADO ‘H’omo asinus: “Decline in mental processes is a common complication of HIV infection”! E tu já apresentas sintomas claros!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

  41. LOL
    Tenho mais que fazer que aturar putos grandes.

    Repete lá a lengalenga mais uma vez para ficares de bem com o teu disturbiosinho

    Gostar

    • ‘H’omo asinus – Qui homo est asinus!

      Pois é! De volta novamente só para trolóló 🙄

      E depois eu é que sou “um gajo patético, solitário e deprimente” what a 😯

      De resto, é só isto que tens para oferecer?!?!?

      CUIDADO ‘H’omo asinus: “Decline in mental processes is a common complication of HIV infection”! E tu já apresentas sintomas claros!

      Continua a PASTAR, a TOMAR as drogas HAART, e a rezar “O VIH é a causa da SIDA”

      Gostar

Escreve um pensamento... E não te preocupes com nada! Tens neste espaço liberdade total para escreveres o que te apetecer e como te apetecer! Sem restrições!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s